YouTube não se emenda: anúncios continuam sendo anexados em vídeos controversos

YouTube não se emenda: anúncios continuam sendo anexados em vídeos controversos

Um ano depois, anúncios do YouTube continuam sendo vinculados a vídeos com conteúdos controversos, desde apologia ao nazismo a pedofilia; anunciantes prometem nova debandada.

PornHub estuda viabilidade de um serviço de vídeo livre para concorrer com o YouTube

PornHub estuda viabilidade de um serviço de vídeo livre para concorrer com o YouTube

O PornHub estuda a sério se é viável lançar um serviço livre de pr0n para acolher os criadores que estão saindo do YouTube, no entanto reconhece que tal empreitada não seria nada simples.

YouTube está enfim cortando a grana de todo mundo, inclusive por comentários problemáticos

YouTube está enfim cortando a grana de todo mundo, inclusive por comentários problemáticos

YouTube está cortando a monetização de todos os canais, mesmo os gigantescos sem dar explicações; responsabilidade pela moderação dos comentários passa a ser do criador e em caso de mensagens problemáticas, a grana também será cortada.

Quase dois anos e US$ 25 milhões depois, parceria entre CNN e Casey Neistat chega ao fim

Quase dois anos e US$ 25 milhões depois, parceria entre CNN e Casey Neistat chega ao fim

É, não deu: CNN encerra a Beme, companhia criada pelo YouTuber Casey Neistat adquirida pela emissora por US$ 25 milhões, como forma de criar conteúdo para jovens.

YouTube endurece ainda mais as regras para a monetização de vídeos

YouTube endurece ainda mais as regras para a monetização de vídeos

Acabou a mamata: o YouTube passa a exigir mínimo de 10 mil horas visualizadas em 12 meses e 1.000 inscritos no canal, além dos 10.000 views únicos para habilitar a monetização de vídeos; quem não se adequar até 20/02 será chutado do Programa de Parcerias.

YouTube e Google perdem mais anunciantes por vincular anúncios a vídeos impróprios

YouTube e Google perdem mais anunciantes por vincular anúncios a vídeos impróprios

Grandes anunciantes removem campanhas do YouTube e Google após terem seus produtos ligados a vídeos de menores com pouca roupa, onde a quase totalidade dos comentários vinham de pedófilos.

YouTube restringe links externos em vídeos ao programa de parceiros

YouTube restringe links externos em vídeos ao programa de parceiros

YouTube muda as regras para links externos: agora apenas membros do Programa de Parcerias poderão inserir cartões no final de seus vídeos, o que muitos usam para divulgar campanhas de patronato e/ou os sites oficiais.

YouTube vai jogar vídeos controversos que não infrinjam suas regras no Limbo

YouTube vai jogar vídeos controversos que não infrinjam suas regras no Limbo

Tolerância Zero: YouTube vai esconder vídeos que não infrinjam suas regras mas contêm conteúdos controversos; eles perderão monetização, não serão recomendados e nem suportarão comentários.

YouTube imita sites pr0n e introduz previews animados nos thumbnails

YouTube imita sites pr0n e introduz previews animados nos thumbnails

Pr0n sempre na vanguarda: o YouTube incorpora recurso de thumbnails animados em seus vídeos, funcionalidade que sites como o PornHub já utilizam há anos; medida pode ajudar a combater golpes nas capas dos vídeos.

See You Again ultrapassa Gangnam Style, mas aposto em outro cavalo pros 3 bilhões do YT…

See You Again ultrapassa Gangnam Style, mas aposto em outro cavalo pros 3 bilhões do YT…

O videoclipe See You Again ultrapassa Gangnam Style como o vídeo mais visto do YouTube, agora com 2,9 bilhões de visualizações.
Só que há outro competidor que pode chegar aos 3 bilhões de views antes dos dois. ¡Despacito!

Página 1 de 3123