Home » Hardware » NVIDIA Tegra 3, codinome Kal-El, mostra o seu poder de fogo em vídeo oficial

NVIDIA Tegra 3, codinome Kal-El, mostra o seu poder de fogo em vídeo oficial

nVidia divulga vídeo de um demo onde o Tegra 3, nome código Kal-El, é demonstrado revelando interessantes aspectos de sua capacidade para processamento gráfico.

8 anos e meio atrás

tegra-3-phoneA NVIDIA tem investido pesado para se manter na vanguarda do desenvolvimento de hardware para smartphones e tablets. Mal vimos os dispositivos equipados com Tegra 2 chegarem às lojas e as novidades referentes à próxima geração, codinome Kal-El, já apontam pra algo bastante amadurecido. Tudo indica que as coisas correrão como previstas e que, ainda em 2011, veremos telefones com processadores quad-core chegarem ao mercado.

O novo SoC da NVIDIA, além dos quatro núcleos da CPU, trará 12 núcleos destinados ao processamento gráfico, capacitando as máquinas com ele equipadas para a realização de trabalho ainda mais pesado em games e conteúdo multimídia. Será possível, por exemplo, acelerar via GPU o processamento de vídeo em 1440p, resolução acima da disponível nas HDTVs de hoje.

Tudo bem, das especificações técnicas e da parte teórica da coisa todos já estão a par. A novidade do dia é que a empresa soltou um vídeo que exibe uma parte impressionante do potencial do Tegra 3. Trata-se de uma demonstração com um belo cenário 3D onde se emprega iluminação dinâmica, o que não era possível com as soluções de GPU existentes até então.

A demonstração é realmente impressionante. O grande potencial do Tegra 3 está ali, didaticamente demonstrado, incluindo o poderio para processamento de iluminação dinâmica e para a simulação de física, vista na interação entre objetivos. É possível ver os quatro núcleos da CPU sendo utilizados e a drástica queda de desempenho ocorrida quando dois deles são desativados.

Enquanto a NVIDIA está na dianteira e ditando o ritmo da corrida pelo desenvolvimento de hardware para smartphones e tablets, o software disponível até o momento não parece estar acompanhando esse ritmo. Para a promoção do Tegra 2, a empresa criou uma Tegra Zone dentro do Android Market com jogos exclusivos para a sua plataforma. São títulos que, teoricamente, por fazerem uso de um SoC muito à frente dos concorrentes, não poderiam rodar em dispositivos não-Tegra. Pois bem, recentemente, após a descoberta do Chainfire 3D, tenho rodado alguns títulos, escolhendo os aparentemente mais pesados, usando meu Galaxy S. Todos os jogos se apresentam perfeitamente jogáveis, salientando-se que meu smartphone está cuidando, também, de emular instruções específicas do Tegra 2, além de rodar o game em si.

De qualquer maneira, com o Tegra 3 chegando às lojas para o próximo natal e com Qualcomm, Texas Instruments e outras companhias investindo esforços nessa disputa, tudo indica que, em se tratando de hardware, 2012 será um ano bastante movimentado no mercado de smartphones e tablets. É esperar para ver se o desenvolvimento de software ganha um pique para seguir essa corrida.

Fonte:

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários