Home » Meio Bit » Internet » Você já reservou seu username no Connect.me?

Você já reservou seu username no Connect.me?

Site connect.me lança página com formulário para cadastro e viraliza. Ninguém sabe para que serve, mas o sucesso continua...

8 anos atrás

A estratégia de colocar no ar uma página sem informações, apenas com um formulário para que interessados insiram seus emails e, dali a algum tempo, recebam informações em primeira mão sobre o próprio site é lugar comum. Diversas startups fazem isso para gerar buzz. Poucas, porém, conseguem ser tão bem sucedidas como o Connect.me.

Em vez de pedir o email, o Connect.me é mais invasivo e pede para se conectar a redes sociais importantes, como Facebook, Twitter e LinekedIn. Depois, não sei se compulsoriamente ou por opção dos usuários (não sou louco de testar), o sistema ainda manda convites e recados sobre a própria página para as timelines das respectivas redes. Eis a fórmula da viralização.

Connect.me: scam ou site legítimo?

Connect.me: scam ou site legítimo?

Drummond Reed, um dos criadores do Connect.me, conta ao Mashable que após criar o sistema de cadastro, o noivo de uma das co-fundadoras do serviço comentou sobre o mesmo no Facebook. Em menos de um dia, 20 mil pessoas se cadastraram nele, sem ao menos saber do que se trata. Sentiu a contradição na coisa? Como correm... digo, as pessoas correm riscos à toa?

Ironicamente, de acordo com Reed o Connect.me tem a proposta de tornar essas conexões entre redes sociais mais transparente. Não está muito claro, ainda, como isso funcionará, mas em tese ele pretende combater sites e aplicativos que confundem os usuários nos sistemas de permissões e privacidade de redes estabelecidas — em outras palavras, combater exatamente o que o próprio Connect.me está fazendo.

A viralização do site foi tão forte que chamou a atenção de consultorias de segurança, como a Sophos. Segundo ela, a falta de informações sobre o que o Connect.me é e, principalmente, a ausência de dados para contato, em regra são fortes indícios de páginas de scam, feitas apenas para capturar informações e/ou obter acesso a áreas seguras de usuários incautos e/ou curiosos. Do blog Naked Security, da Sophos, numa mensagem direcionada aos criadores do Connect.me:

"O ponto é que se você realmente se importa com a privacidade, não deveria pedir às pessoas para entrar em qualquer tipo de contrato social online sem explicar quem você é, quais as suas intenções e quais mecanismos você tem (agora e para o futuro) para proteger a privacidade."

E eu diria mais. Aos usuários, toda cautela é pouca. Muitos mais experientes chegam a tirar sarro de quem cai em golpes de páginas falsas de bancos, mas não resistem a um visual hipster com um ar de mistério/convite. O que, se me permitem dizer, é mais ingênuo do que ser enganado por uma representação fiel de um site que de fato existe...

O Connect.me deve ser lançado durante o SXSW, em Austin, nos EUA. Felizmente, não se trata de uma página maliciosa; apesar do lançamento meio desastroso, a coisa aparenta ser séria.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários