Home » Games » Contra a COVID-19, Razer fabricará e doará máscaras

Contra a COVID-19, Razer fabricará e doará máscaras

Conhecida pelos seus teclados e mouses, a Razer mudou suas fábricas para passar a produzir máscaras cirúrgicas que serão usadas no combate a COVID-19

20/03/2020 às 7:57

Talvez seja exagero dizer que o mundo parou, mas com centenas de milhares de pessoas tendo contraído a COVID-19, o fato é que vivemos um momento um tanto quanto surreal. Comércios fechados, milhões de crianças afastadas das escolas, transporte público deixando de funcionar, o sistema de saúde entrando em colapso em alguns países…

A última vez que vimos algo parecido foi na Segunda Guerra Mundial e assim como naquela época, algumas empresas já começam a aproveitar suas instalações para ajudar a combater o inimigo — que dessa vez é invisível. Uma delas é a Razer.

COVID-19

Conhecida pelos periféricos que produz para os apaixonados por games, a empresa que foi fundada em San Diego há 22 anos anunciou a intenção de passar a fabricar máscaras cirúrgicas. Mas melhor do que isso, eles doarão o equipamento de proteção individual para países que estejam sofrendo com a sua falta.

Quem anunciou o plano foi o CEO Min-Liang Tan, que através da sua conta no Twitter deu a seguinte declaração:

Embora tenha havido uma incrível demanda pelos nossos produtos durante este período, com muitos permanecendo em casa para evitar as multidões (e para jogar videogame), a equipe da Razer entende que todos nós temos um papel na luta para combater o vírus — não importando de qual indústria viemos.

Nos últimos dias os nossos designers e engenheiros estiveram trabalhando em turnos de 24 horas para adaptar algumas das nossas linhas de fabricação existentes para produzirem máscaras cirúrgicas, para então podermos doá-las para países ao redor do mundo.

Pretendemos doar um milhão de máscaras para autoridades de saúde de diferentes países. Para começar, estivemos em contato com autoridades de Singapura (onde a sede da Razer SEA está localizada) para doar algumas das remessas iniciais, para que eles possam combater a COVID-19.

Tan ainda afirmou que os escritórios da empresa em todo o mundo estão entrando em contato com as autoridades locais para saber quais países precisam de mais ajuda. Segundo ele, produzir as máscaras será apenas o primeiro passo da Razer no sentido de combater a COVID-19.

Algumas pessoas poderão ver a iniciativa como uma mera tentativa de passar uma boa imagem, algo que poderá ser revertido em propaganda gratuita para a empresa, mas particularmente isso é algo que não me incomoda. Desde que a fabricação dessas máscaras e suas posteriores doações sirvam para ajudar a população, que a Razer receba todos os elogios que merece.

Da nossa parte, ouça as recomendações que estão sendo feitas pelos profissionais de saúde e evite o máximo possível sair de casa. O momento é de evitarmos aglomerações, de cuidarmos dos que estão próximos e apertarmos o cinto enquanto a pandemia não perde força.

Ao todo, mais de 248 mil pessoas já foram infectadas com o coronavírus, com o número de mortos tendo ultrapassado a casa de 10 mil.

Fonte: Forbes.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários