Home » Hardware » Samsung Style S51 Pro (2019): O canivete suíço — Review

Samsung Style S51 Pro (2019): O canivete suíço — Review

O Samsung Style S51 Pro (2019) é um notebook que oferece potência para quem quer trabalhar e jogar, mas versatilidade tem um preço

15 semanas atrás

O Samsung Style S51 Pro (2019), a versão brasileira do Notebook 9 Pro, é um notebook "pau para toda obra": mesmo sendo voltado inicialmente para profissionais, graças ao design sóbrio, ele conta com especificações de ponta, com direito à GPU GeForce GTX 1650 da nVidia, o que acaba fazendo dele um produto também para o consumidor gamer.

Sasmung Style S51 Pro (2019)

Quer saber se ele entrega o que promete? Eu o testei por duas semanas e conto minhas impressões no review a seguir.

Design

A linha Samsung Style tem como foco o cliente corporativo, o que se percebe na total ausência de firulas no design. O design quadradão, com linhas retas e corpo de alumínio em peça única na cor preta passa a correta ideia de sobriedade esperada em um escritório, ou repartição pública. No geral este é um produto bem elegante, que combina com qualquer ambiente.

O S51 Pro (2019) não é tão compacto. Embora bastante fino (apenas 1,8 cm de espessura), ele pesa 1,85 kg e pode incomodar quem não gosta de carregar peso na mochila, até porque a tela é maior desta vez.

Portas do Sasmung Style S51 Pro (2019)

Na parte das portas, temos o suficiente para quase todos os casos de uso: duas USB-A 3.0, uma USB-C, uma saída HDMI, um leitor de cartões microSD, uma porta P2 mista para microfone e fone de ouvido, junto de uma porta Ethernet Gigabit - lembrando que a Samsung também quer agradar o usuário gamer.

Tela

O display é um LCD de 15,6 polegadas, com resolução Full HD (1.920 x 1.080 pixels) e revestimento antirreflexo, sendo suficientemente confortável ao ar livre ou em dias muito claros. O brilho é bastante forte e a qualidade na reprodução das cores é excelente, o mínimo esperado da Samsung. Afinal de contas, de telas os coreanos entendem.

Pergunte à Apple, um de seus principais clientes.

Tela do Sasmung Style S51 Pro (2019)

Em reprodução de vídeo, trabalho ou jogos, a tela do S51 Pro (2019) se mostrou muito competente, com boa definição e ótimo ângulo de visão. O app Samsung Settings, nativo da companhia oferece ajustes extras, como um modo HDR que exibe cores mais vivas, mas nada muito mirabolante; em situações normais, a tela não decepciona.

Teclado e touchpad

Temos aqui um teclado ABNT, que segue nosso padrão de teclas em partes: provavelmente para acomodar o leitor de impressões digitais, a Samsung removeu a tecla de barra inversa, algo que pode incomodar muita gente.

Pondo isso de lado, o teclado em si é bem confortável, com teclas chiclete bem finas e com retroiluminação na cor branca. Discreta, mas perfeitamente visível mesmo em ambientes iluminados. Para digitação e trabalho em geral as teclas são muito boas, mas talvez sejam delicadas demais para jogar.

O leitor de impressões digitais funcionou em todas as vezes que foi utilizado, se integrando muito bem ao Windows Hello, o sistema de reconhecimento de usuários da Microsoft para o Windows 10.

Teclado do Sasmung Style S51 Pro (2019)

Por fim temos o touchpad, bem grande e amplo, com uma resistência adequada e sensibilidade na medida certa, sendo suficiente para boa parte dos usuários. Apenas quem faz questão de usar um mouse físico pode achar o componente menos do que o ideal, mas com exceção de jogos, ele não deve nada aos periféricos dedicados.

Software, desempenho e bateria

Com um processador Intel Core i7-8565U, 16 GB de RAM DDR4 e SSD de 256 GB, o Samsung Style S51 Pro (2019) já não faz feio, mas a presença da GeForce GTX 1650, com 4 GB de RAM GDDR5 muda todo o cenário. Pela primeira vez, um dispositivo da linha Style foi posicionado pela fabricante como um produto tanto profissional como gamer, e acredite, ele até que faz bonito.

Em meus testes, rodei jogos dos mais variados, desde menos exigentes como River City Girls a alguns mais pesados, como Forza Horizon 4, Metro Exodus e Battlefield 1. Ele rodou tudo com boa performance, ainda que os comilões tenham sido ajustados em configurações medianas, indo até o High no máximo.

Geekbench 4 / Sasmung Style S51 Pro (2019)

Pontuação do S51 Pro (2019) no Geekbench 4.4.2

É preciso levar em conta que este não é um notebook gamer per se, e sim um produto para o mercado corporativo com uma GPU potente. Mesmo assim, os resultados são satisfatórios e devem agradar quem procura um produto potente para trabalhar e jogar, sem ter que se preocupar com upgrades por um bom tempo.

Falando nisso, o S51 Pro (2019) suporta a adição de um HD ou SSD SATA, e/ou um SSD M.2 facilmente, já que os 256 GB de memória Flash integrada podem não ser suficientes. Claro que Samsung sendo Samsung, ambas as baias estão vazias.

A novidade é a possibilidade de incrementar a RAM, graças a um slot SO-DIMM acessível; com os 8 GB DDR4 integrados, você pode expandir a memória a até 24 GB.

Metro Exodus / Sasmung Style S51 Pro (2019)

Na parte do som, temos dois alto-falantes de 1,5 W na parte inferior compatíveis com Dolby Atmos, com boa altura e graves razoáveis, com alguma distorção no volume máximo. A câmera de 720p é apenas suficiente para o básico, enquanto o microfone embutido é bem fraquinho, logo, prefira um dedicado.

E temos a autonomia, que em comparação ao modelo de 2018, piorou. É preciso manter em mente que este Style é na verdade um produto da linha Notebook 9 Pro, e a GTX 1650 e a tela maior têm boa parte na culpa do consumo de energia. Dito isso, vamos aos resultados.

Em meus testes, após duas horas de Netflix e duas horas de navegação com Chrome, com o Spotify em execução ao fundo, a bateria desceu de 100% para 18%, sempre com o brilho no máximo. Já rodando Metro Exodus, foi preciso apenas 30 minutos para a energia ir de 100% a 10%. Considerando que a GPU, que faz uso da tecnologia Max-Q para eficiência energética não tornou o notebook uma sucursal do inferno, são números até que decentes.

No fim, a bateria de 90 W permitiu carregar o notebook de 0 a 100% em cerca de 90 minutos, o que é muito bom.

Conclusão

O Samsung Style S51 Pro (2019) é um notebook bem mais potente quando comparado ao modelo de 2018, principalmente por conta da GTX 1650, o que faz dele um notebook versátil para trabalho e lazer, sendo capaz até de rodar jogos mais exigentes.

Essa mudança obviamente cobrou seu preço e a autonomia despencou. Se seu antecessor resistia fácil a um dia de operação sem carregar, este não aguenta mais do que duas ou três horas, se você for econômico. Jogos, como sempre, só na tomada.

Sasmung Style S51 Pro (2019)

O preço também subiu em relação a 2018: o valor sugerido de R$ 9.599 era alto, mas esperado para um produto voltado para consumidores corporativos, que querem um notebook compacto e potente, que lhes permita trabalhar e fazer algo a mais nos horários de folga.

Hoje, o Samsung Style S51 Pro (2019) pode ser encontrado na rede varejista por a partir de R$ 7 mil no boleto a vista, o que faz dele uma opção bem mais interessante que seu "irmão" Style S51 Pen (2019), que mesmo custando atualmente em torno de R$ 6,1 mil, fica bem atrás graças à ausência de uma GPU dedicada.

Este não é um produto para um membro da Glorious PC Gamer Master Race, mas para alguém que quer um notebook para trabalhar, jogar e que dure pelo menos uns cinco anos sem upgrades. Nesse sentido, e considerando o atual valor do dólar, o preço não está tão ruim.

Samsung Style S51 Pro (2019) — Ficha técnica

  • Processador: Intel Core i7-8565U, quad-core Whiskey Lake com clock de 1,8 GHz, TurboBoost de até 4,6 GHz e 8 MB de memória cache;
  • Placa de vídeo: nVidia GeForce GTX 1650, com 4 GB de RAM GDDR5;
  • Memória: 16 GB de RAM DDR4, expansível até 24 GB (8 GB integrados + 1 slot SO-DIMM);
  • Armazenamento: Memória Flash não removível de 256 GB, expansível via slots SATA e M.2;
  • Tela: LED LCD retroiluminada de 15,6 polegadas, com antirreflexo;
  • Resolução: 1.920 x 1.080 pixels;
  • Teclado: Padrão ABNT, com retroiluminação na cor branca;
  • Câmera: 720p;
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 ac e Bluetooth 5.0;
  • Portas: HDMI, duas USB-A 3.0, uma USB-C, Ethernet Gigabit, P2 para fone de ouvido/microfone e leitor de cartões microSD;
  • Bateria: 43 Wh, acompanha carregador de 90 W;
  • Dimensões: 37,6 x 25,5 x 1,8 cm;
  • Peso: 1,85 kg;
  • Sistema operacional: Windows 10 Home.

Pontos fortes:

  • Bom equilíbrio entre leveza e desempenho;
  • GTX 1650 o torna um notebook gamer adequado.

Pontos fracos:

  • Uma bateria mais potente faz falta;
  • Cadê a tecla de barra inversa?

relacionados


Comentários