Home » Mobile » Motorola One Hyper traz câmera selfie Pop-up por R$ 2.499

Motorola One Hyper traz câmera selfie Pop-up por R$ 2.499

Motorola One Hyper conta com câmera frontal Pop-up de 32 MP e principal de 64 MP; celular roda Android 10, mas não conta com Android One

04/12/2019 às 10:00

O Motorola One Hyper é o mais novo membro da (grande) família de celulares da linha Motorola One: apresentado à imprensa nesta terça-feira (03), ele é mais um dispositivo intermediário com foco nas câmeras, trazendo desta vez uma selfie Pop-up e uma principal de 64 megapixels.

Motorola One Hyper

O Motorola One Hyper segue a proposta que a Motorola abraçou para a linha, de oferecer experiências diferentes para usuários que gostam de fotografar e filmar, e buscam bons resultados nas câmeras em primeiro lugar no momento da compra. Aqui, a empresa adotou uma das soluções propostas pela indústria em 2018 para o problema no notch, que ocupa espaço da tela em celulares com bordas mínimas.

Assim, a câmera selfie de 32 MP e abertura f/2,0 é retrátil (Pop-up), ficando escondida a maior parte do tempo e só dando as caras quando precisa ser usada. Isso permitiu eliminar o entalhe superior, mas Motorola sendo a Motorola, o One Hyper ainda traz um "queixinho", uma borda levemente mais espessa na parte inferior, mas não muito mais, o que é bom.

Motorola One Hyper

O movimento clássico de girar o pulso duas vezes faz a câmera selfie pular para fora

Já a câmera principal é uma wide com 64 MP, abertura f/1,8 e autofoco com detecção de fase, que suporta a gravação de vídeos em 4K a 60 fps.

A tela é um LCD IPS de 6,5 polegadas e resolução Full HD+, que é beneficiada pela inexistência do notch e ocupa quase toda a área frontal do celular, enquanto por dentro temos o mesmo kit do One Zoom: processador Snapdragon 675, 4 GB de RAM e 128 GB de espaço interno, expansível vida microSD.

Na parte da autonomia, o Motorola One Hyper conta com uma bateria de 4.000 mAh que suporta carregamento ultrarrápido de 45 W, com uma carga de 1 minuto garantindo energia por 12 horas e indo de 0 a 75% em apenas 30 minutos, segundo a Motorola.

No controle de tudo, temos o Android 10 com customizações mais profundas, e mais uma vez o Android One não foi incluído. Segundo a Motorola, o One Hyper será atualizado para o Android 11 e receberá correções de segurança por dois anos.

Motorola One Hyper

Motorola One Hyper

Motorola One Hyper — Ficha Técnica

  • Processador: SoC Qualcomm Snapdragon 675, octa-core Kryo 460 com dois núcleos Gold de 2 GHz e dois Silver de 1,7 GHz;
  • GPU: Adreno 612;
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB;
  • Armazenamento externo: Suporta cartões microSD de até 512 GB;
  • Tela: LCD IPS de 6,5 polegadas, proporção 19,5:9 e resolução de 2.340 x 1.080 pixels (403 ppi);
  • Câmera traseira: Conjunto duplo, com:
    • Principal wide de 1/1,7" com 64 megapixels, abertura f/1,8, Flash LED e autofoco laser com detecção de fase;
    • Secundária ultra-wide (118°) de 8 megapixels e sensor de profundidade;
    • Captura vídeos em 4K a 30 fps;
  • Câmera selfie: Pop-up com 32 megapixels, abertura f/2,0, captura vídeos em 1080p a 30 fps;
  • Sensores: proximidade, acelerômetro, bússola e leitor de impressões digitais;
  • Conectividade: 4G/LTE Dual-SIM (bandeja híbrida), Wi-Fi 802.11a/b/g/n/ac, Bluetooth 5.0, AD2P, BLE, EDR, A-GPS, GLONASS, BDS;
  • Bateria: 4.000 mAh, com suporte a carregamento ultrarrápido de 45 W;
  • Portas: USB 2.0 Type-C 2.0 e P2 para fone de ouvido;
  • Sistema operacional: Android 10.

Quando e quanto?

O Motorola One Hyper está disponível na rede varejista a partir desta quarta-feira (04), na cor Azul Oceano, por R$ 2.499, o exato mesmo preço de lançamento do One Zoom. Sim, eu sei que é um pouco puxado para um aparelho intermediário premium, mas a câmera Pop-up é fator novidade e como sabemos muito bem, novidades custam caro.

Os modelos nas cores Vermelho Âmbar e Rosa Boreal chegam às lojas em janeiro.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários