Home » Hardware » Microsoft renova linha Surface e apresenta o Windows 10X

Microsoft renova linha Surface e apresenta o Windows 10X

Microsoft Surface Neo traz duas telas e Windows 10X, Pro X tem processador ARM, Pro 7 e Laptop 3 atualizam linhas e Earbuds possuem design curioso

03/10/2019 às 10:00

A linha Microsoft Surface recebeu uma série de novidades: além do Surface Duo, a companhia de Redmond apresentou o Surface Neo, um laptop com duas telas e o novo sistema operacional Windows 10X, o Surface Pro X, equipado com processador ARM, os mais normais Surface Pro 7 e Surface Laptop 3 e os fones de ouvido Surface Earbuds, com som true wireless.

Microsoft / linha Surface 2019

Vamos dar uma pincelada rápida em cada uma das novidades da Microsoft:

Surface Neo e Windows 10X

Começando pelo mais diferentão, o Surface Neo é um laptop com duas telas que se comporta de formas curiosas: ele pode ser usado como um tablet duplo, de forma similar ao Surface Duo ou como um notebook, usando o teclado físico que pode ser destacado, habilitando o modo desktop com o produto em pé, habilitando o recurso de dois "monitores" verticais, ou usado como capa.

Microsoft / Surface Neo

O uso de um teclado em modo laptop deixa parte da segunda tela descoberta, que assume a função ou de trackpad, ou de Touch Bar assim como nos MacBooks Pro, exibindo menus de contexto, teclados de emoji, miniaturas de foto e etc. Você pode deixa-lo em posição tenda para ver vídeos, dobra-lo para fora e usar uma tela como tablet ou estender a área de trabalho para ambas.

O Windows 10X é uma versão customizada do sistema operacional, desenvolvida para lidar com duas telas conjuntas, com um novo Menu Inciar e Barra de Tarefas contextuais para o formato. De resto é o bom e velho Windows de sempre, rodando apps UWP, da Microsoft Store e os tradicionais Win32.

Pro dentro temos um processador Intel Lakefield customizado, enquanto a Surface Pen pode ser fixada magneticamente no case. As telas LCD são extremamente finas, com o conjunto total tendo apenas 5,6 mm de espessura. Demais especificações não foram reveladas.

O Surface Neo só deverá ser lançado em 2020; a previsão é que ele seja devidamente introduzido (e mais detalhes sejam apresentados) na próxima conferência BUILD, entre os dias 19 e 21 de maio.

Surface Pro X

O Surface Pro X ("eqs" ou "xis", e não "10") é um 2 em 1 como o Surface Pro tradicional, com uma "pequena" diferença: o processador Surface SQ1, um Snapdragon 8cx da Qualcomm customizado utiliza arquitetura ARM, sendo mais um produto distante da Intel e o primeiro do tipo da Microsoft desde 2013.

Microsoft / Surface Pro X

De acordo com a Microsoft, o Surface Pro X possui um poder de processamento bruto de 9 Tflop/s, enquanto o chip gráfico alcança até 2 Tflop/s, superando até mesmo o Xbox One S (1,4 Tflop/s; o Xbox One X atinge 6 Tflop/s). Segundo a Microsoft, este 2 em 1 é três vezes mais potente que o Surface Pro 6, sendo dotado de um motor de IA desenvolvido em conjunto com a Qualcomm.

Na parte dos aplicativos, a Microsoft se aproximou de empresas grandes para oferecerem apps compatíveis com ARM, e desde o lançamento haverão ferramentas da Adobe, que apresentou o novo Fresco, compatível com a caneta Surface Slim, que pode ser guardada em um sulco no teclado e recarregada ali. Google, Mozilla e Symantec, entre outros também fornecerão aplicativos compatíveis, além da Microsoft, obviamente.

O Surface Pro X chega ao mercado norte-americano no dia 05 de novembro, com os preços começando em US$ 999.

Surface Pro 7 e Surface Laptop 3

A Microsoft também apresentou atualizações para produtos tradicionais.

O Surface Pro 7, por exemplo conta agora com uma porta USB-C no lugar da Mini DisplayPort, enquanto que por dentro, temos processadores Intel Core i3, i5 ou i7 de 10ª geração, de 4 GB e 16 GB de memória RAM e de 128 GB a 1 TB de armazenamento em memória Flash. A tela touch continua com 12,3 polegadas.

Ele chega às lojas dia 22 de outubro, com preços sugeridos a partir de US$ 749.

Já o Surface Laptop 3 é a nova versão do bem sucedido ultrabook da Microsoft, que também passa a trazer uma porta USB-C e uma nova versão com tela de 15 polegadas, para acompanhar a de 13,5". Por dentro, processadores Intel Core de 10ª geração, alto-falantes OmniSonic e dois microfones, para uma maior qualidade de reprodução e captação de som em... videoconferências. Como sempre, Microsoft focando no mercado corporativo.

O Surface Laptop 3 também será lançado nos EUA dia 22 de outubro, com preços iniciais de US$ 999 (13,5 polegadas) e US$ 1.199 (15 polegadas).

Fones de ouvido Surface Earbuds

Na parte de acessórios, a Microsoft apresentou o Surface Earbuds, um fone de ouvido wireless de formato um tanto curioso: sua superfície circular plana permite controle de gestos de forma mais amigável, embora seja um tanto estranho andar por aí com dois tampões nas orelhas.

De qualquer forma, ele já é preparado para reconhecer gestos no Spotify para Android (de preferência no Surface Duo), habilitando execução com "alguns toques" simples, seja lá o que Redmond entenda por "simples".

Cada fone conta com dois microfones e um sistema de som avançado o bastante para uma maior qualidade de reprodução na hora de ouvir música, mas também para permitir clareza no entendimento e captação em chamadas e claro, conferências de áudio e ditados no Office.

A carga dura oito horas e o estojo fornece mais duas completas, ou seja, você pode usa-lo por um dia inteiro sem precisar carregar o conjunto.

O Surface Earbuds chega ao mercado nos EUA até o fim do ano, por um preço sugerido de US$ 249, consideravelmente mais caro que os AirPods (US$ 159), embora o fone da maçã não seja tão amigável com qualquer coisa que não um dispositivo Apple.

Como de praxe, as chances de qualquer um desses novos produtos da linha Surface chegar ao Brasil, bem como o Surface Duo, tendem a zero.

Com informações: Microsoft.

relacionados


Comentários