Home » Games » Nintendo » Os espíritos de Yo-kai Watch 4 derrotam Yakuza 5 (no Japão)

Os espíritos de Yo-kai Watch 4 derrotam Yakuza 5 (no Japão)

Famitsu anuncia os números de vendas de games no Japão: com Yo-kai Watch 4, o Nintendo Switch liderou a 25ª semana de 2019, vendendo mais de 29 mil consoles. O exclusivo do Switch, estreou como líder no arquipélago, desbancando o remaster de Yakuza 5.

24 semanas atrás

O público japonês não está nem aí para a E3 2019 e, mesmo assim, parece copiar o comportamento do consumidor de games norte-americano: o mês de junho foi fraco, assim como o de maio. Até o novo Yo-kai Watch vendeu relativamente pouco.

Laguna_Yo-kai_Watch_4_cutscene

Antes de partir para o software, confiramos abaixo os dados detalhados das vendas de hardware na vigésima-quinta semana do ano (que foi de 17 a 23 de junho de 2019), no Japão, segundo a Famitsu.

VENDAS DE HARDWARE NO JAPÃO (FAMITSU)
Plataforma24ª semanaesta semanaem 2019desde o lançamento
Nintendo Switch34.321 unid29.058 unid1.424.714 unid8.314.260 unid
família PS428.762 unid15.711 unid628.432 unid8.180.522 unid
linha 3DS2.768 unid2.362 unid127.632 unid24.432.596 unid
plataforma Xbox One341 unid313 unid3.634 unid106.565 unid
PlayStation Vita139 unid128 unid35.593 unid5.860.947 unid

·
A campanha de marketing de Days Gone acabou no Japão. Isso significa que a família PlayStation 4 está voltando à tendência de queda nas vendas de seus consoles.

Por outro lado, o Nintendo Switch se manteve relativamente estável contra a campanha do concorrente e, com o grande lançamento exclusivo da 25ª semana, o tio Laguna crê que continuará o ritmo de crescimento da base instalada no arquipélago. Nos dois últimos meses, o console híbrido tem mantido essa média de 30 a 35 mil consoles vendidos por semana no Japão. Até novembro: com a chegada de Pokémon Sword / Shield, com certeza irá explodir nas vendas por lá.

Sobre a venda das cópias dos jogos temos abaixo o Top 10 japonês da vigésima-quinta semana do ano. Entre colchetes está a plataforma; entre parênteses ao final, a venda acumulada do título desde o lançamento japonês.

Ranking dos jogos mais vendidos do Japão na 25ª semana de 2019

(17 a 23 de junho de 2019, Famitsu)

  1. [NSW] Yo-kai Watch 4: We’re Looking Up at the Same Sky (Level-5, 20/06/19) — 150.721 (lançamento);
  2. [PS4] Yakuza 5 (SEGA, 20/06/19) — 21.047 (lançamento);
  3. [NSW] Doraemon Story of Seasons (Bandai Namco, 13/06/19) — 14.565 (56.795);
  4. [NSW] Super Smash Bros. Ultimate (Nintendo, 07/12/18) — 8.342 (3.130.339);
  5. [NSW] Minecraft (bundle incluso) (Microsoft, 21/06/18) — 7.071 (822.890);
  6. [NSW] Mario Kart 8 Deluxe (Nintendo, 28/04/17) — 6.758 (2.340.681);
  7. [NSW] Zelda no Densetsu: Breath of the Wild (edição limitada inclusa) (Nintendo, 03/03/17) — 4.795 (1.342.962);
  8. [NSW] Pokémon Let’s Go Pikachu / Let’s Go Eevee (bundle incluso) (Nintendo, 16/11/18) — 4.702 (1.558.174);
  9. [NSW] Splatoon 2 (bundle incluso) (Nintendo, 21/07/17) — 4.479 (3.093.638);
  10. [NSW] New Super Mario Bros. U Deluxe (Nintendo, 11/01/19) — 4.044 (638.709).

Em comparação com os games anteriores da franquia Yo-kai Watch, anteriormente lançados no Nintendo 3DS, o quarto jogo e estreia no Switch vendeu bem menos em sua semana de estreia. Yo-kai Watch 4: We’re Looking Up at the Same Sky conseguiu vender apenas 150 mil cópias, contra as 333 mil de Yo-kai Watch 3: Sukiyaki no final de 2016 ou mesmo as 216 mil cópias vendidas na semana de estreia do Yo-kai Watch 2 lá em julho de 2014.

A culpa desta vez foi do Yakuza 5, o outro grande lançamento da vigésima-quinta semana no Japão… embora tal remaster exclusivo do PS4 tenha vendido apenas 21 mil cópias. Prefiro culpar Days Gone mesmo.

Interessante ver que Super Smash Bros. Ultimate e Splatoon 2 já ultrapassaram a marca dos três milhões de cópias cada. Basicamente o dobro do recente Pokémon Let’s Go Pikachu / Eevee. Os monstrinhos de bolso perderam a força na transição para o Switch?

Fico a imaginar como será o desempenho do Yo-kai Watch 4 no ocidente.

Fonte: Famitsu (ranking), via Gematsu e ResetEra.

Leia também:

relacionados


Comentários