Home » Entretenimento » Star Trek: Seção 31 – Michelle Yeoh pode ganhar spin-off como Agente Georgiou

Star Trek: Seção 31 – Michelle Yeoh pode ganhar spin-off como Agente Georgiou

O próximo spin-off de Star Trek pode trazer a personagem de Michelle Yeoh como uma agente da Seção 31, a agência secreta da Federação.

44 semanas atrás

A próxima série Star Trek a ser anunciada pode ser a da personagem Philippa Giorgiou, vivida pela ótima atriz Michelle Yeoh, em uma sequência dos eventos da segunda temporada de Star Trek Discovery, na qual a personagem deve ser recrutada para trabalhar na Seção 31, a agência secreta da Federação, que foi apresentada originalmente na quarta temporada de Star Trek: Deep Space Nine, 25 anos atrás.

Série da personagem de Michelle Yeoh pode ser a próxima da franquia Star Trek a ser anunciada.
De acordo com informações do Deadline, assim como Star Trek Discovery, a série do Capitão Picard e a recém-anunciada animação Lower Decks, que já foram anunciadas oficialmente, a série da Capitã Georgiou na Seção 31 seria exibida no CBS All Access nos Estados Unidos, e na Netflix no resto do mundo. O curioso é que o próprio Deadline tinha sugerido um spin-off com Philippa Giorgiou alguns meses atrás. A CBS foi procurada por eles, mas não quis comentar a possibilidade da nova série.

Série da personagem de Michelle Yeoh pode ser a próxima da franquia Star Trek a ser anunciada.

Quem viu a primeira temporada de Discovery sabe que a personagem da nova série não seria a nobre e honrada Capitã Georgiou, mentora de Michael Burnham que morre no piloto da primeira temporada, e sim a sua equivalente no Universo Espelho, a Imperatriz Georgiou, que termina o primeiro arco da série mais viva do que nunca. Como Michelle Yeoh mostrou o look oficial na Seção 31 em seu perfil no Instagram, mesmo que a série não saia do papel, sua personagem certamente será recrutada na próxima temporada.

Caso a nova série seja realmente confirmada, e pessoalmente acredito existem boas possibilidades, posso dizer que fico com boas esperanças de que seja uma trama realmente boa. A implacável Imperatriz Georgiou me parece uma boa escolha para a Seção 31, talvez até melhor do que o Dr. Bashir de DS9, que achava que era o próprio 007.

Pra mim a Seção 31 rendeu alguns dos melhores episódios de Deep Space Nine, o que não é pouca coisa, já que estamos falando da minha série favorita entre todas as séries Star Trek, então uma série da Agente Georgiou definitivamente teria minha atenção e audiência.

Vai ser interessante ver o que Alex Kurzman e sua turma estão planejando para esta nova série, caso ela realmente se confirme. O showrunner foi um dos roteiristas de Star Trek: Into Darkness, no qual a Seção 31 tem um papel tão importante quanto controverso, mas é sempre bom lembrar que o universo de Star Trek na TV não é o mesmo do criado por J.J. Abrams no cinema para justificar seu filme Star Trek em 2009.

Recentemente, o showrunner e produtor fechou um contrato de 5 anos com a CBS para a criação de conteúdo Star Trek, para a alegria de nós, os fãs da franquia, que por muito tempo ficamos sem uma única série Star Trek no ar. Os tempos definitivamente são outros, e muito em breve pelo visto bateremos o recorde de duas séries simultâneas no ar, algo que só aconteceu uma vez duas vezes nos 52 anos de Star Trek, com TNG e Deep Space Nine, e depois com DS9 e Voyager.

relacionados


Comentários