Home » Áudio e vídeo » Vimeo e Looking Glass lançam canal de vídeo só com hologramas

Vimeo e Looking Glass lançam canal de vídeo só com hologramas

O Vimeo fez uma parceria com a Looking Glass Factory pra lançar um canal de vídeos inteiramente dedicado a hologramas.

07/11/2018 às 17:00

O Vimeo fez uma parceria com a Looking Glass Factory para criar um canal de vídeos só com hologramas, que podem ser vistos na tela holográfica lançada por eles alguns meses atrás, e que mais parece um tijolo transparente, a The Looking Glass. O Imperador Palpatine ficaria orgulhoso.

Muitos nos comentários no meu post acharam a Looking Glass algo bem inútil, e ela realmente não tem utilidade prática nenhuma, mas acho que podemos concordar que é algo muito, muito legal pra deixar em cima da mesa do escritório. A questão é que sem ter conteúdo volumétrico, o Looking Glass era apenas um peso de papel, então a parceria com o Vimeo faz todo o sentido, já que a Looking Glass Factory precisa de conteúdo feito para a sua plataforma.

Canal de vídeos holográficos do Vimeo é uma parceria com Looking Glass Factory.

Com o novo canal, os usuários também poderão compartilhar seus próprios vídeos holográficos usando o SDK da Looking Glass ou o plugin do Vimeo para Unity. O projeto é uma co-realização do Creator Labs, um grupo que cuida da parte criativa do Vimeo.

Eles sempre tentam marcar território não só como o site de vídeos preferido pra videomakers que queiram mostrar o seu trabalho, mas também como um canal para vídeos experimentais. O novo canal de vídeos volumétricos é só o próximo passo natural nesta direção.

Não duvido que a parceria possa trazer alguns frutos para o Vimeo, mas a verdade é que eles fizeram o canal mais pela diversão mesmo. De qualquer maneira, o novo canal é ainda melhor para a Looking Glass Factory, já que consegue preencher uma lacuna essencial do Looking Glass, o conteúdo.

Com ele, o aparelho passa a ser bem mais interessante, e deve vender ainda mais do que em sua campanha, quando superou todas as expectativas dos seus criadores. Dinheiro em caixa definitivamente não é um problema para a Looking Glass Factory, é só lembrar que, quando escrevi meu post sobre o Looking Glass, eles tinham levantado US$ 95 mil no Kickstarter, mas no final das contas, foram arrecadados quase US$ 845 mil.

Shawn Frayne, que é co-fundador da Looking Glass Factory, conta nesse post como começou a parceria entre as duas empresas, depois de uma visita de Casey Pugh e Or Fleisher, ambos do Creator Labs, no final da qual eles levaram um Looking Glass com eles pra fazer uns testes com o Vimeo.

Alguns dias depois, Shawn Frayne recebeu o seguinte email: “a gente queria compartilhar um app pro Vimeo com você, e ver o que você e seu time acham… Ele carrega vídeos gravados para o Looking Glass de um canal com curadoria do Vimeo. Vai ser ótimo encher esse canal com horas e horas de conteúdo.”

Moose é uma das estrelas do canal de hologramas do Vimeo e Looking Glass Factory.

O primeiro vídeo produzido pelo Vimeo para o Looking Glass foi Moose, que mostra um simpático cão, capturado de forma volumétrica pela equipe da Depthkit. Para Frayne, Moose pode vir a ser lembrado como o Rover do novo formato de hologramas, citando o Resgate de Rover, filme inglês mudo que fez imenso sucesso em 1905 e ajudou a popularizar o cinema.

Não sei se é pra tanto, afinal a maioria das pessoas que lembrava de Rover possivelmente já morreu também, mas de qualquer forma, existem outros candidatos no canal, como um hipopótamo dourado. Este é o vídeo do Moose, mas quem não tiver um Looking Glass, vai ver um vídeo com 48 janelas de diferentes ângulos do cão.

Mais um exemplo do canal do Looking Glass no Vimeo.

Por enquanto os “quilts”, que é como são chamados os pequenos vídeos, duram apenas alguns segundos. Eles são feitos com 32 ou 45 visões de uma cena em 3D. Shawn Frayne no entanto acredita que o potencial do Vimeo no Looking Glass é maior do que parece ser, e tem metas mais ambiciosas, como curtas volumétricos da Pixar sendo exibidos no Looking Glass.

Nas palavras de Frayne: “mesmo que a primeira geração do Looking Glass seja focada em criadores 3D e não seja um aparelho para o consumidor em geral, eu acredito que esse app do Vimeo vai nos trazer mais perto de poder compartilhar experiências holográficas que qualquer um pode fazer parte.”

Eu admito a vocês que adoro hologramas, e queria muito ter um tijolo destes do Looking Glass pra testar todos estes vídeos, mas acho que vai ficar para uma próxima versão, pois seu preço é bem salgado. Para os mais abastados que quiserem comprar um Looking Glass, a versão de 8,9 polegadas custa US$ 499, e a versão de 15,6″, US$ 3000, saiba mais no site da Looking Glass Factory.

Quem tiver uma tela holográfica e quiser conhecer o novo canal de hologramas, é só clicar aqui.

Clique abaixo para ver o vídeo de apresentação do canal.


Leia mais sobre: , , , , .


relacionados


Comentários