Home » Meio Bit » Vídeo » Adobe apresenta mais uma feitiçaria braba pra edição de vídeo

Adobe apresenta mais uma feitiçaria braba pra edição de vídeo

A Adobe demonstrou uma ferramenta que faz algo tão difícil que normalmente é feito manualmente: isolar um elemento de um vídeo, em movimento. Entendeu? Não? Clique que o texto explica melhor.

18/10/2018 às 13:39

Em toda a história do cinema não existe maior trabalho de corno do que rotoscopia. Basicamente boa parte dos filmes que a gente assiste não existiriam sem esse recurso, que até pouco tempo era feito manualmente. Cada cena de um Jedi empunhando um sabre de luz significa que um infeliz recortou aquela área da tela, quadro a quadro, por semanas, às vezes meses a fio.

original

A rotoscopia é um processo bem antigo, basicamente o filme era projetado frame a frame em uma tela de vidro, e um corno desenhava os contornos da imagem que se desejava isolar. É o oposto da tela azul (que hoje é quase sempre verde) onde o fundo é removido.

us_patent_1242674_figure_3

O processo da rotoscopia para o cinema foi criado e patenteado em 1915 por Max Fleisher, um dos pioneiros da animação. Ele desenvolveu a técnica para poder usar filmes com atores como referência, produzindo animações muito mais realistas e fluídas. Nos anos 40 Fleisher produziu uma série de desenhos animados do Super-Homem usando rotoscopia, e são impressionantes, melhores que muita coisa que o Cartoon passa hoje em dia.

Neste aqui temos o destaque pra Lois Lane empoderada. Você sabe, aquele tipo de personagem que juram só passou a existir depois do filme da Mulher-Maravilha de 2017.


Superman – Billion Dollar Limited (1942)

A automatização do processo é sempre bem-vinda, e a Adobe deu um belo passo para esse objetivo.

Durante uma Adobe MAX, aquela série de eventos que a Adobe faz para dar um gostinho das novidades que seus pesquisadores estão desenvolvendo foi apresentado o Projeto Fast Mask, uma série de algoritmos condensados em uma ferramenta que permite isolar um objeto de cena com meia-dúzia de 4 ou 5 cliques. Uma mega-power rotoscopia instantânea!

ÓBVIO que é uma prova de conceito e não uma solução finalizada, e sequer foi dito se seria implementado num Premiere da vida, mas seria burrice não fazê-lo.

De cara já dá pra pensar em aplicações específicas até fora da produção cinematográfica. Filme tempo suficiente de um local e o algoritmo terá material suficiente pra remover todos os outros turistas chatos poluindo sua foto ou filme.

Aqui o bicho em ação. Ignore as piadas do japa e a apresentadora chata falando no meio da apresentação.


#ProjectFastmask: Adobe MAX 2018 (Sneak Peek) | Adobe Creative Cloud

Fonte: The Next Web.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários