Home » Meio Bit » Miscelâneas » Alex Jones: ascensão e queda de uma Criatura Nefasta

Alex Jones: ascensão e queda de uma Criatura Nefasta

Alex Jones, o Alborgheti do Mal está sendo expulso de quase todos os sites de redes sociais. Alguns dizem que é censura e ataque à Liberdade de Expressão. Outros dizem que estão apenas botando o lixo pra fora.

18 semanas atrás

maxresdefault-1

O pequeno Noah Pozner não teve a menor chance. O maníaco Adam Lanza apontava para ele um fuzil Bushmaster XM-15, que com sua munição 5.56 padrão OTAN era capaz de atingir alvos de forma efetiva a mais de 600 metros, e com sorte, a mais de 3 km. À queima-roupa o efeito dos tiros em um garotinho de 6 anos foi brutal. Noah teve a mandíbula arrancada com um tiro, outro explodiu sua mão. No total foram entre 3 e 11 tiros. A imagem era terrível e foi assim que os pais de Noah fizeram questão que ele fosse visto em seu funeral, uma forma de fazer com que ninguém se esquecesse do ataque a Sandy Hook,em 2012.

Infelizmente o pesadelo não acabou. Antes mesmo que a última das 20 crianças terminasse de morrer, já havia gente na internet acusando o ataque de ser forjado. A turma das teorias conspiratórias sempre acha que esses ataques são obra de interesses escusos que querem criar terror e tirar as armas dos “cidadãos de bem”, mas algumas teorias vão além. Eles negam que os próprios ataques tenham acontecido, e Veronique Pozner, mãe de Noah pagou um preço bem alto. Ela sofreu incessantes ataques, junto com o marido. Foram denunciados anonimamente ao Juizado de Menores, foi xingada de vagabunda e ameaçada de morte por “promover uma mentira”. James Tracy, um professor universitário da Flórida chegou a mandar cartas para os Pozners, exigindo provas de que Noah existiu e era filho deles.

7cfc1065-267c-47dc-8567-777d9b934e02-lg

Outros chegaram a exigir que Leonard Pozner exumasse o corpo do filho para provar que a conspiração não existia.

Alex Jones foi um dos principais responsáveis por promover essa conspiração, e por isso, entre muitas outras coisas ele é uma enorme pilha de excremento humano estragado. Sim, pior que excremento fresco.

Esse ser abjeto tem um programa de rádio veiculado em 90 estações AM e FM nos EUA, com média semanal de 2 milhões de ouvintes. Seu site principal, o Infowars acumula 10 milhões de visitantes mensais, passando programas de quatro horas de duração onde Jones promove todo tipo de teoria conspiratória, incluindo o projeto de feminização da população com hormônios na água e nos alimentos, o que como efeito colateral está tornando os sapos gays (juro que não estou inventando).

Uma das teorias promovidas por Alex Jones era o Pizzagate, também obra do WikiLeaks. A acusação era que mensagens em código nos emails vazados apontavam para um grupo secreto formado por Hillary Clinton e outros democratas de alto escalão que se encontravam no porão da Comet Ping Pong, uma pizzaria de Washington. Lá eles promoveriam atos inimagináveis de sadismo seviciando e abusando de crianças em rituais satânicos.

Alex Jones bateu tanto nessa tecla que uma pesquisa descobriu que 9% da população acreditava na história e 19% “não tinham certeza”. Entre os eleitores de Trump 46% disseram que a história era verdadeira,incluindo um imbecil chamado Edgar M. Welch, que viajou da Carolina do Norte até Washington, invadiu a pizzaria atirando com um fuzil, dizendo que queria “salvar as crianças”, o que seria difícil pois a pizzaria acusada de ter uma prisão de crianças escravas sexuais no porão, não tinha porão.

p19431_screen_shot_2017-03-25_at_1.48.07_pm

Por pouco, muito pouco não ocorreu uma tragédia, o sujeito ficou meio desnorteado quando não achou crianças  onde esperava,acabou preso e condenado a 4 anos de prisão. Alex Jones correu para se distanciar da conspiração.

Ele está sendo processado por 6 famílias de vítimas de Sandy Hook. A Chobani, uma fábrica de yogurte processou Jones por dizer que a fábrica deles em Idaho era responsável por um surto de tuberculose e crianças estupradas, tudo porque eles empregam refugiados. Jones teve que pedir desculpas no ar.

Eu falei que Alex Jones acredita e espalha que vacinas causam autismo?

ladygaga

Tudo de nefasto envolvendo teorias conspiratórias, Alex Jones propaga, inclusive a afirmação de que “tinha provas” de que Michelle Obama era homem.

Outras das teorias que Alex Jones espalha em seu programa:

A lista é imensa, isso nem arranha, e o problema não é que Alex Jones seja completamente maluco. Ele não é: sabe quando voltar atrás e cuida muito bem da área comercial de seus empreendimentos. Em verdade 25% do tempo do Infowars é gasto em propaganda, principalmente de produtos próprios, a estratégia de Jones para não ficar à mercê de patrocinadores.

03-alex-jones-supplements.w710.h473

2/3 dos produtos anunciados são da linha Infowars Life, que Jones vende dizendo que está passando necessidade, que não sabe se vai manter o site no mês seguinte, que vai ter que vender a casa, etc. Para colaborar os fãs compram todo tipo de porcaria e suplementos inúteis.

screenshot-16_08_2018-22_01_56

O resultado é que ele fatura pelo menos US$ 25 milhões por ano.

Aqui no Brasil você deve estar se perguntando como o Alex Jones continua com um programa de rádio e veiculando essas bobagens criminosas na internet. ainda mais com o risco sério por entre seus fãs mais fiéis constar… Donald Trump.

Isso mesmo, o Potus Donald já foi no programa de Jones, fala bem e recomenda. O homem mais poderoso do mundo cede seu ouvido para um sujeito que propagou aquela conspiração idiota de que Obama não era cidadão americano. E a gente ficou preocupado com o Reagan por ter um astrólogo…

Só que não é por essa amizade com o Trump que ele continua no ar. Tem a ver com a Primeira Emenda da Constituição dos EUA, que proíbe que o Congresso faça qualquer Lei que limite a liberdade de expressão ou de imprensa. Só que empresas não são o governo, e a postura de isenção total já não está sendo aceita pelo público.

Uma coisa é você usar o Correio para falar mal da Mãe de Stifler, aquela safada. Outra coisa é o Correio deixar você pendurar na vitrine da agência um cartaz falando mal da cachorrona. As empresas de internet agem como se fossem empresas de comunicação pessoa-a-pessoa, mas elas são empresas de mídia.

Nenhuma empresa usaria o argumento de “liberdade de expressão” para um usuário veiculando pornografia infantil ou instruções para confecções de armas químicas, qual essa imunidade diplomática da “liberdade de expressão” que significa “isenção de consequências”? A família de Noah Pozner já se mudou várias vezes, hoje vivem numa comunidade fechada a milhares de km de onde o filho está enterrado, fugindo da perseguição dos fãs de Jones. O discurso dele TEM consequências reais. Quantas crianças morrerão por causa do discurso anti-vacina de Alex Jones?

ale

As empresas resolveram tomar uma atitude. YouTube, Facebook, Apple, Spotify, Vimeo, Linkedin, Mailchimp, Instagram, Pinterest e até o PornHub baniram Alex Jones e seu conteúdo. Ele grita dizendo que isso é arbitrário e não-democrático, mas quem disse que o YouTube é uma democracia? Minha casa minhas regras, do mesmo jeito a Fox News teve todo o direito de demitir o Marc Lamont Hill, um comentarista de esquerda que esquerdou demais.

Alex Jones tem direito de montar seu próprio sites de vídeos, com blackjack e prostitutas (se bem que aí seria mais coisa do Bill O'Reilly) e os sites que consideram Jones nefasto podem bani-lo.

O complicado é ver como Jack Dorsey, CEO do Twitter ficou em cima do muro para tentar controlar Alex Jones, e só depois de muita pressão colocou o conspiracionista de castigo, colocando o perfil, que tem 892 mil seguidores, em modo read-only por uma semana.

A lição é dupla. Primeiro, liberdade de expressão tem consequências. Segundo, você não é dono das redes sociais, você não é nem usuário. Você é só parte do produto, você produz os dados demográficos que são o filé mignon vendido aos anunciantes. Da mesma forma, a TV não está no negócio de produzir conteúdo, eles só o fazem para manter você preso no canal e poder assistir aos comerciais.

O YouTube, o Facebook, eles não tem nenhum compromisso maior, só estão atrás de Alex Jones por ele estar incomodando muita gente e isso ser ruim para os negócios. Há milhares de outros conspiracionistas, mas eles são irrelevantes.

Alex Jones não está sendo censurado, somente o governo pode praticar censura. Ele está sendo expulso de propriedades privadas por mau comportamento. Claro que há exageros e gente boa está sendo expulsa por causa de acusações infundadas e discurso militante de esquerda, o clima maniqueísta na internet está assustador. Hoje mesmo Jonathan Van Ness, do Queer Eye for the Straight Guy foi atacado pesadamente na internet por dizer algo extremamente polêmico e controverso: “nem todos os republicanos são racistas”.

alexjonesmachinegun-1-660x330

Só que se a Liberdade de Expressão precisa de um campeão, esse não pode ser Alex Jones. Ela merece um campeão melhor do que um sujeito que faz campanha dizendo que Bill Clinton é estuprador e que as filhas de Barack Obama são ilegítimas.

Se até um bloguinho no Blogspot é legalmente responsável pelo que os comentaristas postam, por que diabos o FACEBOOK teria que lavar as mãos e dizer “olha desculpa mas não posso fazer nada se meu usuário está dizendo que Barack Obama está praticando sexo gay com 10 caras por dia.

O nome disso é maturidade editorial: mesmo que seja só pelo dinheiro, os sites sociais estão começando a se preocupar e se responsabilizar pelo conteúdo que veiculam. Injustiças ocorrerão no caminho? Com certeza, não se faz um omelete sem quebrar alguns ovos, mas um mundo sem Alex Jones é sempre um mundo melhor.

Se não por isso, que seja pelo pequeno Noah.

noah

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários