Amazon não venderá produtos da Nest em sua loja, em mais um capítulo da briga com o Google

A gente sabe muito bem que a Amazon não se dá muito bem com o Google. Jeff Bezos em geral não gosta de dar muito espaço para a concorrência em sua lojinha, por muito tempo a Apple TV foi banida mas recentemente voltou a ser vendida, o que indica um possível acordo entre sua empresa e a Apple. Já no caso de Mountain View o banimento é total: você não vai encontrar o Chromecast, o Google Home ou qualquer outro tipo de dispositivo da gigante das buscas por lá, ao menos os que concorrem diretamente com os seus.

Claro que a Amazon tem seus motivos e deseja promover as linhas Amazon Fire e Amazon Echo, não dando ao consumidor a menor possibilidade de encontrar produtos concorrentes minimamente equivalentes ou melhores (vale lembrar que os set-top boxes da Roku nunca sumiram de lá, mas o motivo pode ser outro: eles são campeões de venda nos EUA), e como a Amazon anda estudando meios de utilizar a Alexa em companhia a dispositivos para a Internet das Coisas, a decisão mais recente faz sentido:

Segundo informes, através de uma conferência entre a Amazon e o time de desenvolvimento da Nest, a divisão da Aplhabet Inc. responsável pelo termostato inteligente e outras soluções, a gigante do e-commerce anunciou que não venderá nenhum dos novos dispositivos anunciados recentemente, o que inclui um nova versão de seu principal produto e um sistema de segurança doméstico.

A Amazon não teria dado motivos claros para o banimento, sabe-se apenas que foi “uma decisão corporativa” e muito provavelmente trata-se de mais um movimento de cima, provavelmente do próprio Bezos de não permitir que o Google concorra com seus próprios produtos. Em retaliação, a Nest decidiu interromper a venda de todo o seu portfólio no site da Amazon; dessa forma, uma vez que os estoques acabarem os consumidores terão que procurar outra loja ou comprar diretamente da mão da fabricante, em seu site oficial.

Há um motivo para isso: no último mês a Nest foi reabsorvida pelo Google, de modo a integrar seus produtos às soluções Pixel, Chromecast e Google Home de modo a bater mais ainda nos concorrentes diretos, especificamente Amazon e Apple provendo melhores recursos de inteligência artificial à Google Assistant e torna-la uma competidora à altura da Siri e Alexa (você não, Cortana).

Embora Google e Amazon tenham se estranhado recentemente por causa do YouTube (aqui e aqui), o caso não estaria relacionado e se trata apenas de uma decisão estratégica, com Bezos se reservando no direito de não vender produtos que venham a concorrer com os seus, como sempre.

Fonte: Business Insider.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples