Home » Hardware e periféricos » Lenovo confirma: Moto Z2 Play virá com uma bateria menor que a do modelo anterior

Lenovo confirma: Moto Z2 Play virá com uma bateria menor que a do modelo anterior

Lenovo sem querer confirma que o Moto Z2 Play chegará ao mercado com uma bateria de 3.000 mAh, bem menos capacidade em comparação ao modelo de 2016.

3 anos atrás

O sucessor do Moto Z Play contará com uma bateria bem mais modesta

O Moto Z Play, a versão mais comedida do smartphone modular de ponta lançado pela Lenovo em 2016 é um bom aparelho com um excelente diferencial: uma bateria generosa de 3.510 mAh voltada para usuários que fazem de tudo um pouco e nem sempre podem contar com uma tomada por perto.

Só que segundo a própria Lenovo/Motorola o Moto Z2 Play não terá essa grande vantagem em relação a outros gadgets da mesma categoria, e chegará às lojas com uma bateria de capacidade bem menor.

Tudo começou quando o órgão de homologação chinês TEENA relacionou os dados sobre o hardware do Moto Z2 Play, que deverá ser apresentado em breve junto com outros modelos da linha Moto. Até então os dados sobre o mesmo eram bem poucos, sabia-se apenas que ele contaria com um display OLED Full HD de 5,5 polegadas (401 ppi) e o suporte aos Moto Snaps seria mantido; no entanto os chineses entregaram praticamente tudo a respeito do smartphone.

Além da confirmação das dimensões e resolução do display, temos:

  • SoC Qualcomm Snapdragon 626, octa-core Cortex-A53 com clock de 2,2GHz e GPU Adreno 506;
  • 4 GB de RAM;
  • 64 GB de armazenamento interno (expansível até 128 GB via Micro-SD);
  • câmera principal de 12 megapixels com abertura f/1,7;
  • câmera selfie de 5 MP;
  • 4G/LTE em versões Single ou Dual-SIM, Bluetooth, A-GPS;
  • Android 7.1.1 Nougat.

O TEENA também liberou imagens do aparelho:

No entanto, o que anda frustrando muita gente é o fato de que a bateria teria sofrido um violento downgrade, passando a contar apenas com 2.820 mAh. O mais surpreendente é que um porta-voz da Lenovo, ao ser questionado no Twitter sobre esse "detalhe" de fato confirmou a redução na capacidade mas informou um valor diferente, de 3.000 mAh. O tweet foi deletado, mas a internet não esquece:

Por que a Lenovo teria feito isso? Uma das possibilidades é de que a linha Z só contará com dois novos modelos em 2017 (Moto Z2 Play e Z2 Force) e ao que tudo indica o Moto X voltará ao mercado, logo a companhia chinesa estaria restringindo o feature de bateria generosa apenas a seu modelo de ponta (que em 2016 permaneceu como um exclusivo da Verizon; isso se desconsiderarmos a possibilidade do Moto E4 Plus chegar com uma bateria de incríveis 5.000 mAh.

Pode ser que este ano a estratégia seja outra e o Moto Z2 Play acabe por substituir o Moto Z padrão, que possuía uma bateria menor (2.610 mAh) mas um processador da linha 800 e não da 600, como aparentemente será o caso. Enfim, como a Lenovo espera colocar 11 aparelhos no mercado em 2017 era esperado que algumas coisas fossem mudar, já que a empresa terá aparelhos para cobrir todos os cenários. Ou assim esperamos.

Fontes: TEENA (em chinês) e Android Central.

relacionados


Comentários