Home » Meio Bit » Android e Linux » Yoga A12, o novo híbrido Android acessível da Lenovo

Yoga A12, o novo híbrido Android acessível da Lenovo

Lenovo lança o híbrido Yoga A12, versão resumida e acessível do Yoga Book com Android e teclado virtual; preço sugerido é de US$ 299.

2 anos atrás

A Lenovo está diversificando sua linha de laptops híbridos. De um lado existem modelos premium como o Yoga 910 que roda Windows 10 ,possui acabemento de primeira e preço bem elevado, do outro uma linha mai voltada à criatividade como o Yoga Book, apresentado na IFA 2016 e que possui duas versões: uma com Windows por US$ 549 e outra com Android 6.0 Marshmallow por US$ 499, apesar de rodar em um processador Intel.

Agora a Lenovo apresenta um produto que segue a linha Yoga Book, mas com preço mais acessível: trata-se do Yoga A12, que também roda o robozinho do Google.

A principal característica do A12 é a mesma do Yoga Book: a ausência de um teclado físico, que fora substituído por uma superfície tátil, ideal para uso com canetas da Wacom para profissionais de arte. Tal como seu primo, o A12 é um produto indicado a artistas e escritores que preferem utilizar uma stylus para trabalhar no lugar do teclado.

Por outro lado, quem utiliza um laptop para trabalhar de forma mais tradicional pode acabar tendo alguns problemas. É consenso que digitar num teclado virtual, mesmo comcom feedback háptico e previsão de palavras não é uma sensação muito agradável e a grande maioria dos que utilizam um tablet como sua principal ferramenta de trabalho faz uso de teclados Bluetooth. Ainda assim, as opiniões dos que utilizaram o Yoga Book são bem mistas.

O hardware é um pouco menos potente que o do Yoga Book: novamente a Lenovo ignorou a Intel e equipou um dispositivo Android com um processador Atom x5, passo que muitos fabricantes não dão mais. Ele conta com 2 GB de memória RAM, display de 12,2 polegadas com resolução HD (120 ppi), 32 GB de espaço interno, um corpo de magnésio e alumínio leve que o deixa com menos de 1 kg (ainda que não chegue perto das 690 g do Yoga Book, visto que este possui uma tela de 10") e um Android customizado para o uso em laptops, com recursos como multitarefa com três apps ocupando o display simultaneamente. E como é de praxe da linha Yoga, o A12 pode ser utilizado como um laptop, um stand ou um tablet, se adaptando às preferências e necessidades do usuário.

O Yoga A12 chega às lojas dos Estados Unidos por US$ 299, um preço interessante se comparado a alguns Chromebooks e ainda tem a vantagem de ser um dispositivo mais versátil. Não há previsão de quando (ou se) o novo híbrido da Lenovo chegará ao Brasil.

relacionados


Comentários