Em crise, Crytek fecha cinco de seus sete estúdios

crysis-3

Parece que a conta finalmente chegou para a Crytek. A desenvolvedora responsável pela franquia Crysis e a engine CryEngine não andava bem das pernas há anos, algo que teria sido acentuado não só pela baixas vendas de seus títulos mais recentes (o último grande game foi Ryse: Son of Rome) como por se focar em MOBAs e games free-to-play e como consequência, muitas foram as acusações de que o estúdio estava inclusive atrasando o pagamento de salários de seus funcionários.

Agora, como não há como se segurar a Crytek foi obrigada a puxar a tomada para não desaparecer de vez. Através de um comunicado oficial o estúdio informa que está fechando cinco de seus sete estúdios espalhados pelo mundo, mantendo apenas os localizados em Kiev e Frankfurt. A nota diz que todos os funcionários que receberam o rasante do passaralho terão “uma transição adequada e futuro estável”, ou que a empresa irá honrar todos os compromissos legais e pagar tudo o que deve aos demitidos.

Mesmo quem permaneceu não saiu impune: a Crytek está reestruturando completamente seu plano de negócios e passará a se focar “em propriedades intelectuais de alta qualidade”, o que pode significar que os dias dos games free-to-play, MOBAs e experiências com realidade virtual acabaram. Depois do fiasco de Ryse a Crytek não deu uma dentro, acreditou piamente que títulos menores seriam o futuro mas infelizmente, tal estratégia não era unânime dentro da empresa e isso estava causando conflitos.

Claro que a CryEngine representa um papel fundamental nessa nova fase da Crytek, a engine é considerada “o pilar central” ao redor do qual sua nova estratégia será construída. Star Citizen é um dos próximos grandes títulos, embora sem data de lançamento que utilizará a 4ª versão da plataforma (a CryEngine 5 foi empregada em The Climb, da própria Crytek para Windows e Oculus Rift e Prey, da Arkane Studios e está previsto para 2017) e há grandes expectativas em torno dele.

É muito difícil que o estúdio perca clientes da engine, mas é importante que a Crytek utilize o pouco que ganhar com a CryEngine para desenvolver novos e bons games, ao menos para recuperar o prestígio de outrora.

Fonte: Crytek.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Profissional de TI auto-didata, blogueiro que acha que é jornalista e careca por opção. Autor do Meio Bit e Portal Deviante, podcaster/membro fundador/Mestre Ancião do SciCast e host/podcaster do Sala da Justiça.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples