Home » Segurança » Se cuida Kaspersky: Avast compra AVG por US$ 1,3 bilhão

Se cuida Kaspersky: Avast compra AVG por US$ 1,3 bilhão

Avast fecha acordo para aquisição da AVG por US$ 1,3 bilhão; meta é expandir a atuação da empresa e bater de frente com a gigante Kaspersky

3 anos e meio atrás

avast-avg

A Avast Software foi às compras: nesta quinta-feira a empresa de segurança anunciou ter fechado um acordo para a aquisição da concorrente AVG Technologies; ela irá pagar US$ 25 por ação da companhia, resultando em uma transação de US$ 1,3 bilhão em dinheiro vivo.

As duas empresas possuem origens similares. Ambas nasceram na extinta Checoslováquia (a Avast em 1988, como um software que prometia remover o vírus Vienna surgido um ano antes; já a AVG, outrora Grisoft foi fundada em 1991), porém seguiram caminhos e estratégias distintas. A AVG se consolidou como uma das principais suítes de segurança gratuitas por ser razoavelmente confiável, muito diferente de outros produtos mais acessíveis no mercado. Ela também se tornou extremamente popular entre dispositivos móveis, graças a suas soluções práticas para iOS e Android.

A Avast, por outro lado se focou no caminho mais tradicional como as rivais Symantec e Kaspersky Labs, e hoje detém 20% do mercado de softwares de segurança para computadores, de antivírus a firewalls e suítes completas. Ela sempre foi uma plataforma sólida e recentemente começou a mirar em novos mercados: um de seus produtos mais novos é uma iniciativa para localizar hotspots Wi-Fi via dados de crowdsourcing.

Os números somados das duas companhias são respeitáveis: mais de 250 milhões de desktops e mais de 160 milhões de dispositivos móveis, sejam Windows, Mac, iOS ou Android utilizam soluções AVG e/ou Avast. A aquisição vai permitir à Avast não só expandir seu alcance, mas também coletar os dados dos usuários da AVG para melhorar os serviços de ambas as companhias (não há informações de que a empresa adquirida irá deixar de existir, e não acredito nisso). Não obstante, ao utilizar estratégias de negócios distintas para os diversos produtos a Avast ganha munição suficiente para bater de frente com as gigantes mais renomadas, como Symantec (Norton), Intel Security (antiga McAfee) e principalmente a Kaspersky Labs. A Avast já deixou claro no comunicado que a aquisição lhe permitirá escalar seus negócios.

À Avast só resta esperar a aprovação da compra pelos órgãos reguladores, o que deve acontecer nos próximos meses. Quanto à concorrência, se a compra representar melhora nos serviços já prestados é bom elas começarem a se mexer.

Fonte: Avast.

relacionados


Comentários