Home » Hardware e periféricos » Não diga! Google estaria trabalhando num headset de RV

Não diga! Google estaria trabalhando num headset de RV

Segundo o WSJ o Google também estaria trabalhando para desenvolver um headset de realidade virtual. A pergunta é: por que ele não o faria?

4 anos atrás

google-cardboard

Um de verdade, não o Cardboard

Todo mundo está mirando na realidade virtual. O Oculus Rift chega mês que vem, o Gear VR é o intermediário da Samsung mas dá para o gasto, a Sony promete que o PlayStation VR será mais que um acessório do PS4. Já o Hololens chuta a bunda de todos, mas a Microsoft é esperta e não quer qualquer um botando a mão.

Motivo? A presepada do Google com o Glass, seu acessório que não era um headset para RV mas muita gente o via assim. O único produto que ela possui nesse segmento é o Cardboard, que não é nada além de um brinquedo. Mas segundo o Wall Street Journal a empresa de Mountain View estaria trabalhando para desenvolver um concorrente À altura de seus rivais.

Agora, a real questão: por que raios ela não faria isso?

Com Facebook e Microsoft batendo cabeça para entregar um dispositivo que forneça uma sensação real de ambientes interativos virtuais (no caso da Microsoft independente de PCs), não seria de espantar que o time de desenvolvimento do Google estivesse planejando um aparelho tão ou mais potente do que os dessas companhias. De acordo com o apurado pelo site Mountain estaria trabalhando em duas frentes distintas, que levariam a dois produtos separados.

Um, mais simples e mais próximo do Gear VR seria equipado com chips e sensores adicionais, sendo uma atualização do Cardboard essencialmente, que daria mais poder de fogo aos smartphones que utilizaria como tela. Já o segundo modelo seria mais potente e mais alinhado com o que pode vir a ser o Hololens, sendo igualmente um stand alone completo; ele estaria sendo desenvolvido em conjunto com a Movidius, repetindo a dobradinha responsável pelo Projeto Tango, aquele que equiparia smartphones e tablets com uma tecnologia similar ao Kinect, que embora não tenha chegado ao mercado despertou o interesse da NASA.

As informações a partir daí são desencontradas. Fontes dizem que o Google pretende apresentar ao menos um deles ainda em 2016 (provavelmente o Cardboard vitaminado), enquanto outras dizem que a companhia abandonou completamente a ideia. Particularmente acho muito improvável a gigante das buscas observar Microsoft, Facebook e Sony todas correndo atrás do ouro (dizem que a Apple também está bolando o seu headset de RV. Dizem) e não fazer nada a respeito, sendo uma empresa que trabalha desenvolvendo tecnologia de ponta, de sistemas automotivos e smartphones a robôs. Seria jogar uma oportunidade excelente de fazer dinheiro fora.

Fonte: The Wall Street Journal (paywall).

relacionados


Comentários