Home » Ciência » Acompanhe se São Paulo viverá um futuro Mad Max

Acompanhe se São Paulo viverá um futuro Mad Max

Você mora em São Paulo e não sabe quantos dias ainda tem de água antes do apocalipse Mad Max? Seus problemas acabaram! (ok, na verdade não…) Com o site Mananciais você verifica a situação dos principais mananciais do Estado de São Paulo, em uma interface fina elegante e sincera.

5 anos atrás

mad-max

São Paulo, para a ironia de gerações de migrantes que se estabeleceram por lá fugindo da seca, está passando pelo maior desabastecimento hídrico de sua História e, por mais que já tenham achado os culpados, a pior seca dos últimos 84 anos é atribuída a um sistema de distribuição que não recebe investimentos agravado por uma perda obscena.

De cada 10 litros de água que entram na rede da SABESP, 3 somem, por canos rachados, furos, acidentes, etc. Eles se vangloriam que é um índice excelente, mas se a Petrobrás perdesse 3 em cada 10 barris de petróleo produzido teria que mudar a sigla de PB para BP. 

O racionamento foi descartado por motivos eleitorais, a crise como um todo ignorada por motivos de “não é possível que isso aconteça”. Agora Inês é morta e não tem nem água pra lavar o presunto. A esperança é que as chuvas de verão sejam especialmente fortes, mas qualquer coisa abaixo de um dilúvio bíblico não vai recuperar os reservatórios para o próximo ano. Há saída? Sinceramente não sei, isso está bem longe da minha área de pseudo-expertise.

Agora é contar os dias até que a última gota desapareça das torneiras, São Paulo se torne um deserto pós-apocalíptico de gangues maltrapilhas percorrendo os antigos campos verdejantes do Ibirapuera em motos depenadas e carros construídos com peças dos veículos abandonados nas estradas quando seus motoristas morreram desidratados.

Para saber exatamente QUANDO isso vai acontecer é preciso acompanhar de perto a situação dos reservatórios, e aí entra o excelente mananciais.tk.

Desenvolvido por um cidadão chamado — JURO — Miguel Peixe, é uma ferramenta que chupa os dados da SABESP e monta uma estrutura de visualização, mostrando os vários mananciais, situação atual, índice pluviométrico… é apenas elegante.

cantateira

Ciência não é só lançar foguetes. Visualização de dados é uma parte importante, não adianta você ter todos os dados do mundo se não tem uma forma de compreender essa informação de forma rápida e eficiente. Fica a lição pro pessoal do INPE, que consegue ter as piores interfaces concebidas pelo Homem, até porque a Mulher tem muito mais noção de design.

O Mananciais é OpenSource, disponível neste link aqui.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários