Home » Mercado » Apple: um único SIM card para todos dominar

Apple: um único SIM card para todos dominar

Portabilidade ao extremo: num futuro próximo, poderemos trocar a operadora sem precisar de outro chip. Agradeça à Apple por introduzir tal novidade, por enquanto restrita aos novos iPads lá na civilização.

5 anos atrás

Laguna_dual-SIM_Nokia_C1

Queria que o meu iPhone 4S aceitasse algo assim, mas no futuro não precisarei de celular dual-SIM

Depois de quase três anos de uso, o maior defeito que vejo no meu iPhone 4S e em todos os smartphones (e tablets Cellular) da Apple é o fato de acomodarem apenas um único chip SIM.

Mantenho três linhas de operadoras diferentes e preciso usar duas delas no meu velho iPhone: a principal, pós-paga, tem sinal constante mas a franquia de dados é mínima para meu uso, ou seja, pago mensalidade por algo que embora estável acaba em poucos dias se usado constantemente. A minha linha de celular secundária, pré-paga, tem sinal horrível, mas nos lugares que mais freqüento ela funciona até bem e posso comprar uns 200 MB/dia numa boa.

Posso dizer que muita gente usa celular com mais de um SIM card para resolver problema parecido: utilizar os serviços de uma operadora de telefonia menos pior em determinada região da cidade. Lógico que o ideal seria que o Brasil tivesse maior concorrência entre as operadoras para melhorar de forma geral o serviço mas, enquanto isso não acontece, a Apple apresentou uma solução bem interessante lá na civilização para quem reclama que o iPhone não aceita dois chips: um único SIM card que poderia conversar com várias operadoras GSM, inclusive ao mesmo tempo.

Laguna_Apple_one_SIM_card

O chip SIM definitivo? (Crédito: Apple)

O mérito não é do SIM card em si, fisicamente um chip GSM comum mesmo. A ideia aqui, introduzida nas versões Cellular dos novos iPads apresentados ontem, é um nano-SIM pré-instalado pela própria Apple que não pertença a nenhuma operadora de telefonia em particular.

A proposta é usar um único chip multi-operadora, ou seja, se todas elas concordarem em dividir o mesmo ID contido no SIM card o aparelho teria apenas o trabalho de administrar a troca da operadora e/ou a utilização de mais de uma ao mesmo tempo. As antenas da versão Cellular do iPad Air 2 e iPad mini 3 são compatíveis com 20 bandas 4G/LTE, tornando possível o uso simultâneo de duas operadoras.

Infelizmente apenas algumas operadoras norte-americanas e britânicas dão suporte a esse tipo de tecnologia e, por enquanto, apenas para pacotes pré-pagos. Aqui no Brasil, com as operadoras ainda lucrando bastante apenas com a venda de novos chips SIM, talvez a novidade demore bastante a chegar.

O iPhone 6 (e o Plus) ainda não é compatível com tal tecnologia, mas não é difícil imaginar que a Apple vá adotar o sistema na próxima geração do smartphone. Isso se não vier uma atualização “mágica” no iOS 8.1 que permita o SIM card multi-operadora e traga mais bugs para compensar.

Fonte: AI via PB.

relacionados


Comentários