Home » Hardware » Kinect + Japão = uma touchscreen na sua banheira

Kinect + Japão = uma touchscreen na sua banheira

Pesquisa de universidade de Tóquio cria display touchscreen utilizando um projetor, uma banheira cheia e um Kinect; água e sensor suportam gestos inéditos

6 anos e meio atrás

aquatop-display-bath-touchscreen

Ao contrário dos gamers hardcore que odeiam o Kinect com todas as forças, pesquisadores, educadores e hackers em geral adoraram o dispositivo, capaz de realizar coisas que antes dependiam que muitas verdinhas com equipamentos similares, que muitas vezes não entregavam a mesma experiência. Ele permitiu a criação de projetos incríveis nas mãos de gente pra lá de criativa.

A bola da vez é um projeto pra lá de genial e bizarro do Koike Lab da Universidade de Eletro-Comunicações de Tóquio (tinha que ser). O display chamado AquaTop nada mais é do que uma banheira cheia de sais de banho, onde as imagem são projetadas. O Kinect se encarrega de calcular a superfície, capta as interações e reconhece movimentos normais a qualquer tablet, assim como alguns que só são possíveis devido a interação com líquidos.

Por exemplo: utilizando um dedo por baixo do nível da água até emergí-lo permite arrastar um objeto, com dois é possível ampliar/reduzir/rotacioná-lo. Segurar um objeto com a mão e puxá-lo para o fundo da banheira tem o efeito de pausa ou deleta itens. O Kinect é tão apurado que é possível fazer uma conchinha de água onde um objeto está e soltar em outro local da "tela", e o objeto será movido.

A ideia é criar um sistema absolutamente intuitivo, que até uma criança pequena que nunca teve contato com um computador entenda, por conceito como arrastar, soltar e segurar objetos como elas naturalmente fazem: com as mãos. Yasushi Tabota da Koike Lab diz que "com mais pesquisa, o AquaTop pode levar a um computador que pode ser operado por qualquer um, sem a necessidade de um manual".

Outro recurso mostrado foi um jogo de tiro, onde o usuário usa os dedos para disparar em objetos como águas-vivas projetadas ou um patinho de borracha. Ao fazer um movimento com ambas as mãos, uma "bomba" é lançada e ao atingir o alvo, ela aciona alto-falantes instalados no fundo da banheira. Tabota diz que diferente da maioria dos games, o jogador não tem uma iteração e retorno tátil tão profundos, permitindo até sentir dor.

É simplesmente sensacional. Veja o vídeo e babe:

fonte: AN.

relacionados


Comentários