Home » Hardware » Beats Electronics compra de volta US$ 265 milhões em ações e se separa da HTC

Beats Electronics compra de volta US$ 265 milhões em ações e se separa da HTC

Beats encerra parceria com a HTC ao comprar de volta 25% das ações que ainda pertenciam à fabricante de smartphones

6 anos atrás

htc-sensation-beats

Quando a HTC e a Beats Electronics fecharam uma parceria onde a fabricante taiwanesa adquiriu 51% das ações da marca do Dr. Dre por US$ 300 milhões, tornando-se a sócia majoritária da companhia de modo a levar a qualidade dos fones e alto-falantes para seus produtos. A intenção era de um beneficiamento mútuo: a Beats queria crescer e a HTC precisava aumentar o apelo de sua marca, que perdeu o mojo depois que o Google levou a linha Nexus para a Samsung, Asus e LG.

De 2011 para cá o negócio não se mostrou muito vantajoso para a Beats. Ela não aumentou o alcance de sua marca tanto quanto desejava e a situação da HTC não era das melhores. Já em 2012 metade das ações voltaram para as mãos de Dre, o que permitiu sua empresa introduzir seus alto-falantes em aparelhos de outros fabricantes, como o Slate 7 da HP. Mas o pior veio este ano, quando a HTC levou uma senhora bordoada ao ter fechado um acordo com o Facebook para lançar o HTC First, aquele que seria o primeiro smartphone a sair de fábrica com o Facebook Home (lembra dele?): a AT&T o sabotou de forma sistemática, ao passo que nem ser vendido por apenas um dólar adiantou de muita coisa, além de seu lançamento na Europa ter sido adiado indefinidamente (mas a gente sabe que ele foi cancelado). Com isso a marca teve uma redução nos lucros de 83% no segundo trimestre.

Agora os boatos foram confirmados: a empresa de Taiwan anunciou que vai vender de volta à Beats os 25% das ações que ainda detém por US$ 265 milhões. Como não foi revelado o valor do negócio envolvendo a recompra da primeira metade das ações é seguro dizer que a HTC no fim saiu no lucro,mas a Beats saiu como entrou: sem ter crescido muito e ainda perdendo dinheiro no processo.

Há indícios que Dre e cia. já tenham um novo investidor na mira, até porque a Beats está expandido por conta prórpia para lançar produtos para automóveis e um serviço de streaming chamado Daisy, tendo como prováveis parceiros Apple e AT&T. Já a HTC declarou que pretende manter a parceria com a Beats e não esclareceu os motivos da venda das ações.

Fonte: Engadget.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários