PLANTÃO: Mais vídeos e informações sobre o Meteoro Russo

Na manhã de hoje um meteoro de tamanho considerável explodiu sobre a cidade russa de Chelyabinsk. Aqui o post inicial com vídeos e informações. Abaixo atualizaremos com novos dados.

  • 04:43 – A imprensa russa informa que mais de 100 pessoas foram feridas, a maioria por estilhaços de vidro resultantes da onda de choque quando o meteoro se desintegrou entre 10 e 15 km de altitude.
  • 05:01 – Estão espalhando boatos de que as forças de defesa russas derrubaram o meteoro. Isso é virtualmente impossível. Tirando estado de guerra NINGUÉM trabalha com uma prontidão dessas, a cadeia de comando torna inviável esse tempo de reação. Fora que não há NENHUM míssil subindo em direção ao meteoro.
  • 05:09 – Um vídeo de uma cratera em chamas no Turquemenistão está sendo passado como cratera de impacto do meteoro russo. É falso, tem 5 anos de idade e não mostra NENHUMA cidade em volta da cratera.
  • 05:20 – Número de feridos chega a 150, reporta RT.
  • 06:03 – Feridos chegam a 250, 3 em condição crítica. Ministro do Interior Russo confirma prédios danificados em 6 cidades – RT.
  • 06:18 – 107 feridos em Chelyabinsk; 75 em  Kopeysk; 40 feridos em Yemanzhelinsk.
  • 06:24 – Estimativa BEM chutada e preliminar feita pelo astrônomo  @Astro_Sailor dá a massa do meteoro em torno de 300 kg.
  • 13:19 – Aqui no Enligh Russia uma coleção de fotos do evento.
  • 13:20 – Número de feridos sobe para 900. Estimativa da massa sobe para 10 toneladas. Há relatos de meteoritos grandes encontrados.  – WP.
  • 13:28 – Qual a energia envolvida? Digamos assim: Em média um meteoro tem 100x mais energia por grama do que TNT.
  • 14:04 – “Meteoro russo mais potente que explosão nuclear norte-coreana. Maior impacto desde o de 1909” – nature
  • 15:27 – NASA confirma que o meteoro russo não tem nada a ver com o asteroide 2012 DA14. Um veio em trajetória Norte-Sul, o outro Sul-Norte.
  • 15:40 – Últimas estimativas: 10 toneladas, 2 metros, velocidade de 55 mil km/h – fonte.
  • 17:35 – GIF mostrando o meteoro incluindo o momento da fragmentação.
  • 20:04 – última estimativa joga o meteoro pra 15 m de diâmetro e energia da explosão em 300 quilotons. Tá começando a ficar sério.

IMAGENS

A trilha do meteoro, capturada num ângulo LINDO pelo satélite METEOSAT-9. Clique para engrandalhecer, é LINDA A IMAGEM!

trilha

Rastro do meteoro, visto de cima, com 512 km de comprimento.
metorodecima

VÍDEOS

Matéria da TV Russa, mostrando um lago congelado onde um fragmento de 1 metro do meteoro teria caído.


Aqui temos uma demonstração de quantos asteróides são descobertos por ano. Vemos os 4 planetas interiores e o cinturão de asteróides, entre Marte e Júpiter. Em verde são os em órbitas estáveis longe da gente. em amarelo os que passam pelo sistema solar interior, e em vermelho os que eventualmente cruzam a órbita da Terra. As piscadas em branco representam o momento da descoberta.

Satélite… metereológico fotografa a sombra da trilha de condensação do meteoro!

Avance até o minuto 4… o meteoro passa fora do campo de visão, mas você perceberá. Ah, perceberá!

Esse aqui começa aos 40 segundos:

BUMMMM!!!!

Outra onda de choque

Aqui um vídeo dos danos em Chelyabinsk

Ao longe…

Este aqui tem câmera dupla, filmou a reação do motorista. Até que o cara ficou bem cool.

Aqui uma visão de dentro de um prédio, quando a onda de choque atinge o solo:

ATUALIZAÇÃO: dados oficiais do meteoro russo foram confirmados pela NASA.

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar