Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Breaking Sad News: VSS Enterprise explode e cai no Mojave

Por em 31 de outubro de 2014

vlcsnap-00005

Dois dias depois da explosão do Antares a tragédia volta a rondar a exploração espacial. Dessa vez foi a VSS Enterprise, nave classe SpaceShipTwo da Virgin Galactic que iria começar ano que vem a fazer vôos comerciais no limiar do espaço.

Hoje, em seu 55º vôo de testes a Enterprise se desconectou da aeronave de transporte, WhiteKnightTwo, planou por dois minutos e acionou a propulsão. O motor em questão estava testando um novo combustível, mais estável do que o anterior, que havia apresentado problemas em queimas acima de 20 s. Em bancada o novo combustível funcionou pelos 30 s projetados para o vôo de hoje, sem problema. A chama ficou momentaneamente branca, uma boa indicação de que o tanque de óxido nitroso explodiu. A VSS Enterprise usa um motor híbrido, com combustível sólido e um oxidante gasoso.
continue lendo

emEspaço Hardware

Prevenindo espionagem da NSA, cabo submarino vai ligar o Brasil à Europa

Por em 31 de outubro de 2014
Laguna_Cabos_Submarinos

Mapa-múndi dos principais cabos submarinos transatlânticos. Em cinza claro temos aqueles que ainda serão instalados. (Crédito: SCM)

Anteontem (29/10) a internet completou 45 anos.

Exatamente 5 anos atrás, o tio Laguna começava a rascunhar este texto comemorativo. Será que a internet mudou muito desde 2009?

Sim, com certeza. Aconteceu tanta coisa nestes 5 anos que fica difícil escolher as mudanças mais relevantes nas interwebs em si. De cara eu escolheria a computação na nuvem e as redes sociais, termos que mais se destacaram no período. Infelizmente uma coisa não mudou muito nestes últimos 5, 10, 45 anos de internet: boa parte de todas as comunicações na rede ainda passam pelos Estados Unidos, país pioneiro.

E isso inclui nosso Brasil. A maioria dos cabos submarinos que conectam o país ao exterior tem como alvo a América do Norte.

Temos apenas um único cabo submarino transatlântico já desatualizado (2000) e sobrecarregado (apenas 40 Gb/s), o Atlantis-2 que conecta o Brasil diretamente ao principal parceiro comercial: a União Europeia. Isso quer dizer que, na prática, a maior parte da comunicação feita entre a América Latina e a Europa passa pelos Estados Unidos.
continue lendo

emDestaques Geologia Hardware Internet Telecom Wireless e Redes

SciCast #53 — Especial de Aniversário

Por em 31 de outubro de 2014

SciCast_MP3Cover

Descubra nesta edição especial quem são os malditos manipuladores que te fazem chorar, ter medo e rir com piadas sem graça, saiba como o SciCast é feito da pré a pós produção, coma um pedaço de bolo laranja com nossos amados convidados e receba um agradecimento especial de toda a equipe se você é ouvinte.

Apenas dance se você tiver vontade, ouça dos SciCats quais são seus episódios favoritos e porque, afinal de contas, eles continuam tão empenhados em trazer excelência para a podosfera brasileira (não, não é por causa do chicote).

Foto da Vitrine: Pablo Rigamonti.

continue lendo

emBrasil Destaque Podcast SciCast

Houston, temos um problemão — ou: a Morte do Cisne

Por em 30 de outubro de 2014

orbital_antares_explosion_onlookers_102814_945

Também serve “Incidente em Antares”, mas nenhum trocadilho besta vai alterar o fato que a exploração comercial do espaço é um negócio arriscado, e que sucessos anteriores não são garantia de sucessos futuros. Todo lançamento é perigoso. Você está lidando com pressões incrivelmente altas, gases que odeiam ser comprimidos e liquefeitos, centenas de toneladas de combustível altamente inflamável e temperaturas de metal incandescente. A tendência natural disso tudo é explodir, mérito é evitar que aconteça, o que nem sempre é possível.

Foi o que descobriram as dezenas de crianças do Student Spaceflight Experiments Program (SSEP) do Instituto Arthur C. Clarke de Educação Espacial (e outros), que tinham experimentos a bordo da cápsula Cygnus, que explodiu ontem junto com o foguete Antares, da Orbital Sciences. Vamos ver mais detalhes preliminares, mas primeiro o que todo mundo quer, eye candy, o show bem carinho e fogos de artifício:
continue lendo

emEspaço Hardware

Epidemia do ebola aumentou a popularidade do Plague Inc.

Por em 29 de outubro de 2014

plague-inc

Desde o ano passado o mundo tem acompanhado aquela que é maior epidemia de ebola já registrada e com mais de 5.000 pessoas tendo perdido suas vidas para o vírus, muitos passaram a entender do que essa terrível doença é capaz.

Porém, como alguns seres humanos não tem o menor pudor de lucrar com a desgraça alheia, logo viram ali uma ótima oportunidade, produzindo desde bichos de pelúcia que imitam o vírus, até fantasias sensuais para os mais pervertidos, mas há também aqueles que se beneficiaram indiretamente, como é o caso da Ndemic Creations.

continue lendo

emGames Medicina Miscelâneas

Honda, estraga-prazeres, cria sistema de detecção de pedestres

Por em 29 de outubro de 2014

WxThyBB

Antigamente eletrônica embarcada em automóvel se resumia ao acendedor de cigarros e ao rádio AM/OC1/OC2. Hoje em dia um carro topo de linha como uma Mercedes SLR tem mais linhas de programação embarcada do que um caça F22, e cumpre tarefas bem mais complexas. Essas tarefas, graças a sensores cada vez mais sofisticados estão se expandindo além do carro em si, e um dos novos players que entrou com tudo é a Honda.

Nos modelos do Legend que começarão a ser vendidos no final do ano estará integrado o sistema Honda Sensing, É um daqueles parangolés tecnológicos que os japoneses trouxeram do futuro ou do planeta deles, dependendo de qual teoria você defenda. Para quem está acostumado com carros que só têm banco, volante e motor porque o DETRAN obriga, o Sensing tem:
continue lendo

emHardware Robótica

Ciência, Lasers e visão digna do Superman

Por em 29 de outubro de 2014

tumblr_mn40jk8qR71raxt8lo1_500

Uma das poucas partes chatas de viver no futuro é se decepcionar com lasers. Todo mundo cresceu com filmes e seriados de ficção científica cheios de raios da morte, mas a parte prática do LASER, mesmo baseada em teorias de Einstein publicadas em 1917, a engenharia só seria resolvida quase na década de 1960. Em verdade o próprio termo LASER só surgiu em 1959. Foi uma invenção tão importante que rendeu a seus criadores o Nobel de Física de 1966 e mudou o mundo.

Hoje nossa civilização depende de lasers, seja pra ouvir música, seja para eliminar tumores, seja para gerar os pulsos de luz transmitidos nos cabos de fibra óptica no fundo dos oceanos. Se você está vendo esta página, em algum momento a informação nela foi convertida em pulsos de luz.
continue lendo

emEnergia Hardware