Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Agora o café faz bem: beber café pode ser bom para o fígado

Por em 18 de outubro de 2014
café

Amor pelo Café

Volta e meia aparecem pesquisas sugerindo benefícios e outras os malefícios de se tomar um cafezinho. A bola da vez é uma boa notícia para os amantes do líquido negro.

Pesquisadores do Instituto Nacional do Câncer revelaram que beber café descafeinado pode beneficiar a saúde do fígado. Os resultados do estudo publicado na revista Hepatology, um jornal da Associação Americana para o Estudo das Doenças do Fígado, mostram que o alto consumo de café, independentemente do teor de cafeína, foi associada à níveis mais baixos de enzimas hepáticas anormais. Isto sugere que os compostos químicos presentes no café, sendo a cafeína indiferente, podem ajudar a proteger o fígado.

O consumo de café é altíssimo: mais de metade de todos os norte-americanos com mais de 18 anos bebem, em média, três xícaras por dia, segundo um relatório de 2010 da Associação Nacional do Café dos EUA. Além disso, a Associação Internacional do Café relata que o consumo aumentou um por cento a cada ano desde a década de 1980 e está aumentando para 2% nos últimos anos. Segundo eles, há estudos anteriores que descobriram que o consumo de café pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver diabetes, doença cardiovascular, doença hepática gordurosa não alcoólica, cirrose e câncer de fígado.
continue lendo

emDestaques Medicina Produtividade

Será que vou ter um e-reader de e-ink colorido qualquer dia?

Por em 17 de outubro de 2014
E_Ink_Music_Stand

E-Paper Music Stand da E Ink.

O e-Paper é aquele tipo de tecnologia com uma capacidade de polarização de opiniões geralmente reservada a religiões ou políticas. Seus detratores costumam dizer que eles não tem alma, que são desculpas esfarrapadas para o papel de verdade. Seus apreciadores, amam o tempo de autonomia, as bibliotecas gigantes, e a sua leveza. Tudo bem, a tecnologia central por trás dos Kindles, Kobos e Nooks vem de uma única empresa: a E Ink.

Diferentemente das mais comuns telas de LCD e LED que brilham na cara do leitor para formar suas imagens, o e-paper tanto reflete quanto absorve a luz do ambiente, exatamente como um livro comum. Quando o e-paper forma uma imagem, ela fica na tela até que você decida mudá-la, mesmo sem energia ou qualquer tipo de conexão.
continue lendo

emAcessórios Hardware Novos Materiais

Será que a internet dorme?

Por em 17 de outubro de 2014
yHpSMi

Como a internet dorme.

Nova York é a cidade que nunca dorme, e se um novo estudo da Universidade de Viterbi no sul da Califórnia serve como indicação, é o lar de muitas conexões ativas da internet o tempo todo. Mas há muitos outros lugares ao redor do mundo onde a internet realmente dorme à noite.

Enquanto nos Estados Unidos, em partes da África do Sul e na Europa Ocidental a conectividade com a internet é praticamente constante, países como a Armênia, a Geórgia e Bielorrússia seguem um padrão de uso diurno com picos ao longo do dia e depois diminuem gradualmente durante a noite.

Por mais interessante que isso possa ser, é muito mais divertido de se olhar os dados visualmente, como evidenciado pelo GIF animado acima, que mostra os padrões de mudança de uso da internet. Os blocos rosa/vermelhos indicam uso maior do que a média, enquanto que os blocos azuis representam atividade inferior à média.
continue lendo

emEnergia Internet Wireless e Redes

SciCast #51 — Geologia

Por em 17 de outubro de 2014

SciCast_MP3Cover

A Terra é um sistema vivo que abriga milhões de organismos, incluindo os humanos, e apresenta delicado equilíbrio para manter a vida. A Geologia é a ciência que estuda a Terra: sua origem, evolução, funcionamento e como podemos contribuir para preservar os habitats que sustentam a vida.

A Geodiversidade é a natureza abiótica (meio físico) constituída por uma variedade de ambientes, fenômenos e processos geológicos que dão origem às paisagens, rochas, minerais, solos, águas, fósseis e outros depósitos superficiais que propiciam o desenvolvimento da vida na Terra, tendo como valores intrínsecos a cultura, o estético, o econômico, científico, o educativo e o turístico.

Acompanhe nossos “terronautas” em um mergulho pelos confins do planeta e todas as suas camadas sedimentares, descobrindo as maravilhas por trás desta ciência tão desconhecida. Descubra se é pedra ou rocha, seja perseguido por sem-terra, saiba se dá pra cavar até a China com nosso especilista em pedras, digo rochas, Juliano Yamada, sem se assustar com terremotos ou vulcões aparecendo no centro da cidade.

Assine o SciCast e visite o hotsite para mais informações e links relacionados.

Foto da Vitrine: Pablo Rigamonti.
continue lendo

emBrasil Destaque Destaques Geologia Podcast SciCast

Esta mulher vê 100x mais cores que uma pessoa comum

Por em 16 de outubro de 2014
san-diego-artist-concetta-antico

Para a artista Concetta Antico, que é dotada de tetracromatismo, o mundo é “como um mosaico de cores”.

Quando Antico Concetta olha para uma simples folha, ela vê muito mais do que verde. “Em volta das bordas eu vejo laranja, vermelho ou roxo na sombra. Você pode ver verde escuro, mas eu vejo violeta, turquesa, azul…”, diz ela.

É como um mosaico de cores!

Antico não percebe estas cores por ela ser uma artista impressionista, mas sim porque ela é portadora de uma mutação rara chamada tetracromacia, o que faz com a retina de seus olhos tenha mais receptores para absorver as cores. A diferença está nos cones de Antico, que são estruturas dos olhos calibradas para absorver luz em determinados comprimentos de onda e transmitir essa informação ao cérebro. Enquanto uma pessoa normal tem três deles (o que permite que vejamos em torno de 1 milhão de cores), a artista tem quatro, então seus olhos são capazes de captar muito mais nuances de cores (estima-se que em torno de 100 milhões) do que uma pessoa comum.
continue lendo

emDestaques Medicina Miscelâneas

Catalisadores para células de hidrogênio foram sintetizados… em fornos de microondas comuns!

Por em 15 de outubro de 2014
1346702631_5

Cook is sexyyyyy!

A necessidade é a mãe da invenção, já dizia Platão. Cientistas suecos e chineses mostraram como uma liga única composta por paládio aninhado em nano-ilhas incorporadas em nanopartículas de tungstênio criou um novo tipo de catalisador para redução de oxigênio altamente eficiente, a reação mais importante em células de combustível à hidrogênio. Com a crescente demanda mundial por energia e a necessidade de investir na produção de energia sustentável, grupos de pesquisa em todo o mundo trabalham de forma intensiva para desenvolver novos sistemas avançados de conversão e armazenamento de energia com alta eficiência, baixo custo e compatibilidade ambiental.

Sistemas de células de combustível representam uma alternativa promissora para a produção de energia com baixa emissão de carbono. Células de combustível tradicionais são, porém, limitadas pela necessidade de catalisadores eficientes para conduzir as reações químicas envolvidas no seu funcionamento. Historicamente, a platina e as suas ligas têm sido utilizadas como catalisadores, o anódico e catódico das baterias, mas o custo elevado da platina aliada a sua baixa abundância, motiva pesquisadores para encontrar catalisadores eficientes baseados em metais menos raros.
continue lendo

emEnergia Hardware Indústria Novos Materiais

Um dispositivo para ajudar quem tem medo de injeções

Por em 15 de outubro de 2014

fear-of-needles

Admita: mesmo que hoje você seja uma pessoa corajosa e confiante, houve um momento da sua vida (principalmente na infância) em que você tremia nas bases toda vez que a enfermeira chegava perto de você com uma agulha. Há pessoas que mantiveram o medo de injeção até a idade adulta, e é pensando neles e principalmente nas crianças que uma equipe da Associação Americana de Anestesistas (ASA) conduziu um estudo em que definiu que é possível utilizar aparelhos que amenizem a dor e que mantenham tanto os pequenos quanto os grandões tranquilos.

continue lendo

emMedicina Miscelâneas