Digital Drops Blog de Brinquedo

Venda casada de hardware e software na mira dos franceses

Por em 15 de dezembro de 2006
emIndústria
Mais textos de:

Site
  • http://dougtec.wordpress.com dcpaula

    E eu nem sabia que era possível comprar micro sem SO…acho interessante ter essa opção….e melhor ainda saber que temos vários sistemas para escolher (distro Linux)

  • frtnbrasil

    Os franceces são uns chatos, mas nesse caso estão certos.

  • http://pietra@hotmail.com Anônimo

    É irrelevante. a Diferença entre um Dell com ou sem Windows é menos de R$40,00.

  • andrezaosta

    Eu concordo, tem que proibir vendas casadas cade os direitos dos consumidores em adquirir somente o que ele realmente quer.

    No caso da compra de um PC que vc falou a grande maioria vem Win XP agregando um valor muito alto no produto.

  • Fabio Luiz

    Eu acho muito importante que consumidores e associações de consumidores lutem por seus direitos. Gostaria até que consumidores brasileiros lutassem mais por seus direitos. Sou um grande partidário do SL por acreditar, entre outras coisas, que é o melhor tipo de produto para o consumidor. Mas toda essa história de venda casada é uma grande bobeira. Se em vez de falar de computadores e sistemas operacionais estivéssemos falando de carros e seus motores:

    * Existem várias opções de combinações.
    Sim, motores a álcool, gasolina, diesel, bi-combustível, gás natural, etc. Mas pq o modelo de carro que vc quer comprar só vem com motor à gasolina? Isso não está errado? Você não deveria poder exigir que a GM entregue o carro que vc quer com a melhor opção de motor pra você? Pois é…

    * Praticamente só uma das opções está disponível para o comprador.
    Vide texto acima.

    * São produtos de empresas diferentes.
    Os motores de carros também. Não é à toa que GM, Ford, Fiat, Volks, são chamadas de MONTADORAS. Elas montam as peças que outras empresas, como Dana, Eaton, Wiest, fabricam. Da mesma forma que a HP monta PC com peças que outras empresas fabricam, Asus, Intel, Microsoft etc…

    * Se o comprador pedir para não vir uma das partes, não terá desconto ou terá um desconto simbólico.
    Se o comprador pedir para a GM um carro sem motor (ou sem uma das outras partes) não será atendido também.

    * Quem precisa de outras opções fica a mercê da boa vontade dos fornecedores.
    Idem para praticamente qualquer setor da economia, inclusive o automotivo.

    Como se pode ver, todos os argumentos para provar que existe venda casada no mercado de PCs também servem para provar que existe venda casada em qualquer outro segmento. Se pensarmos no SO de um PC como sendo uma das partes de vários fornecedores que os integradores usam para construir um produto o conceito de venda casada vai por terra, pq o SO torna-se parte do produto e não algo que é vendido junto com o produto. Assim como o motor de um carro, que é parte do carro e não algo vendido com ele. Acho que antes de demandar que os fabricantes de PCs sejam obrigados por lei a vender PCs sem Windows, eu preferia que os fabricantes de carros fossem obrigados por lei a intercambiar os seus motores. Assim eu poderia comprar o carro que mais gosto com o motor que a acho tecnicamente melhor, algo impossível hoje. Até porque computadores custam 10x menos do que carros, no mínimo.

    Como se vê, essa coisa de venda casada é muito discutível. Não acho que seja tarefa de leis ou do governo controlar mercados. Os consumidores devem ser os reguladores, retirando do mercado produtos ruins ao não considerá-los para compra. Quando houver demanda para PCs sem sistema operacional, as empresas serão as maiores interessadas em atendê-la. Enquanto os consumidores comportarem-se como fantoches, aceitando e comprando qualquer coisas que as empresas empurrem neles, nada vai mudar.

    • http://pietra@hotmail.com Anônimo

      Clap clap clap.

      Aliás, ninguém reclama do software do sistema de injeção eletrônica do carro… que tal poder escolher um sem software, também?

      Isso é pura pirraça contra o Windows. E vai prejudicar o CONSUMIDOR, que mal sabe o que é um sistema operacional, mas vai ver o anúncio do computador “sem SO” por R$40, R$50 a menos, e vai comprar, achando que fez um bom negócio.

  • Furmann

    Concordo com os franceses, deve dar a opção ao consumidor se ele quer ou não o sistema junto, se ele não souber o que é sistema operacional compre já com o windows se ele tiver conhecimento necessário para comprar sem o windows, cada um faz o que quer.
    No Brasil o que mais me irritou foi a venda casada do provedor de internet junto com o serviço de banda larga, foi dificil porque se eu não assinasse o serviço com o provedor teria que pagar uma taxa que sairia a metade da mensalidade do provedor durante um ano.

  • http://www.brpoint.net Bruno Alves

    Independente de nossas opiniões, venda casada é contra a lei.

    Assim como é errado obrigar a abrir uma conta na Caixa para poder fazer o financiamento, assinar uma linha telefônica ou pacote de tv para usar banda larga etc…

    Eu passei 4 meses tentando achar um notebook que visesse sem o Windows, considero errado que me enfiem um produto guela a baixo, mas quantos têm a paciência ou mesmo chance de esperar tanto tempo.

    A maioria, simplesmente não tem opção.

    Em geral, sou contra o intervencionismo, mas a partir do momento que a diferença de força entre as partes é grande demais, acredito que um mediador possa melhorar as negociações.


    Bruno Alves
    Professional root
    BrPoint

  • depine

    “Os franceces são uns chatos, mas nesse caso estão certos.” Parece opinião de Estadunidense….

    • http://pietra@hotmail.com Anônimo

      Na verdade isso é unanimidade mundial, dos vizinhos e de qualquer um que já teve que manter contato próximo com um francês.

      • v1r3d

        Já foi provado que o cardoso tem alergia ao linux
        aheuaheuaehuaehuaehaue
        Se fosse para um computador com linux vir com windows ele ia aplaudir.

        É nessas irrelevâncias (R$50 aqui, R$20 ali R$60 ali) que depois você vai ver o quanto vai dar. É igual passagem de ônibus aqui na minha cidade, é R$0,90 a meia passagem mas a empresa costuma não deixar moedas de R$0,10 para troco então a pessoa acaba pagando mais, mas como todo mundo tem esse pensamento (ahhhh é só R$0,10) a empresa acaba tirando um lucro maldito. Você tem o direito de não levar uma coisa que vem junto e não vai usar.

  • Reserved

    Compre um micro sem marca, peça por peça. No final talvez terá economizado algum dinheiro e saberá realmente o que está comprando (montando). E no final instale o SO que quizer, porém essa parte não garanto descontos, e sim acréscimos no produto, em caso de Windows, que seria, Windows + Office + Anti-vírus + anti-isso + anti-aquilo e por aí vai…

    É uma forma de não cair na mão das grandes “montadoras” como citou o Fabio, mas nesses casos tem um terceiro itém que vem com o pc, o suporte. Algumas “montadoras” só dão suporte para o Windows, e no caso de o usuario instalar um SO não Windows não há garantias.

    É isso.

    A vida é um aprendizado.