DICE: falta inovação à concorrência

dori_batt_29.03.11

Enquanto a Activision não revela ao mundo o que eles estão tramando para o próximo Call of Duty, o pessoal da DICE não tem poupado esforço para provocar a concorrência e convencer os jogadores de que o terceiro capítulo da série Battlefield será digno de brigar de frente com o principal jogo de tiro em primeira pessoa do momento. Para o gerente geral do estúdio, Karl Magnus Troedsson, a grande vantagem do jogo criado por eles está na inovação, algo que as outras companhias tem deixado de lado.

Os competidores estão aí fora, estão estabilizados e são muito, muito grandes, mas acreditamos que eles não estão evoluindo, que estão apenas mantendo a cabeça para fora da água. Nós estamos investindo nosso tempo, nossa energia e dinheiro na inovação.

Toda vez que lançamos um novo jogo, nos perguntamos – o que podemos fazer melhor? O que podemos fazer mais rápido? Mais divertido? Então, em primeiro lugar, nós sempre competimos com nós mesmo.

Na teoria tudo isso é muito bonito e já vimos que graficamente o jogo parece estar fantástico, mas veremos se toda essa expectativa criada pela DICE será convertida num jogo capaz de ficar na memória das pessoas ou se o Battlefiled 3 será apenas mais um daqueles FPSs que prendem nossa atenção por um ano, até que a sua sequência seja lançada e acredito que todos concordam que não precisamos mais de jogos assim.

O histórico da série mostra que eles normalmente produzem bons título, a nova engine promete deixar toda a experiência bastante interessante e a adoção da técnica de animação utilizada pela EA Sports deverá proporcionar uma movimentação mais fluída aos personagens, porém, prometer inovação para um gênero como esse é algo um tanto arriscado.

[via VG247]

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • De qualquer maneira, acredito que Battlefield 3 será o Fifa 10 dos jogos de tiro – ou seja, o momento em que até o grande público vai perceber que a concorrência tem vivido só da força da marca nos últimos 3 anos. Assim como Fifa 10 foi o ponto culminante de um trabalho que começou no Fifa 08 enquanto o PES só renovava a lista de jogadores, já está mais do que na hora de perceberem que Call of Duty estacionou no primeiro Modern Warfare.

  • rafaelvascc

    Tomara que o hardcore mode mode do modo online desse Battlefield seja hardcore de verdade. No Bad Company 2 os tiros de fuzil parecem que fazem cócegas nos inimigos, Preciso gastar metade de um pente pra matar alguém. Por isso esse é um jogo que só jogo de Sniper (Recon), one shot, one kill.

    • cquintela

      @rafaelvascc, isso não é problema do modo hardcore, é falha no sistema de detecção do tiro mesmo, um dos piores e mais reclamados bugs do BC2. As vezes se escuta o barulho do tiro atingindo o cara e não perde nada de energia. Mas espero que a DICE faça um serviço decente dessa vez, porque o BC2 no PC é muito bugado e não se deram o trabalho nem de tentar arrumar.

  • hideki

    Minha expectativa é grande em relação ao terceiro da série, alguém sabe se o pessoal que saiu da Treyarch está envolvido na produção? O BC2 foi um balde de água fria.