N900 no Brasil, ô pá!

Um dos produtos mais irracionalmente desejados por geeks é a linha N8XX da Nokia. São algo entre um tablet, um pad, um axé, sei lá. São lindinhos, não caem em nenhuma classificação específica exceto que não são celulares. Mesmo assim todo mundo que mexe em um precisa racionalizar muito para não comprar, dado o grau de desejabilidade que geram.

Com o N900, a Nokia aparentemente havia acertado em cheio, transformando um N8XX em um celular e acabando com o último argumento contra uma eventual compra. Vejamos o que tem o bicho:

  • Processador de 600 MHz
  • 256MB de memória DDR, 768 MB de swap e 1 GB virtual
  • 32 GB de Flash
  • Tela de 3,5″ (800×480)
  • Câmera 5 MP Carl Zeiss
  • Bluetooth 2.1, WIFI, AGPS, FM (transmissor/receptor), Infravermelho
  • MiniUSB
  • MicroSD de até 16 GB
  • USB host
  • TV Out
  • Teclado Qwerty
  • Quadriband

Essa é só uma listinha parcial. O N900 vem com o Maemo (e não o obsoleto Symbian) e é o único smartphone do momento que roda Firefox.

Agora essa beleza vem pro Brasil, ao preço full não tão assustador de R$ 1.990,00 e disponível na segunda quinzena de agosto.

Problemas: nas palavras do Henrique, “é um aparelho de transição”. O Maemo ainda é um sistema operacional em sua infância, se você acha o Android coisa de geek, nem queria chegar perto do Maemo sem saber o que está fazendo.

A Nokia também não parece muito saber o que quer da vida, vide o lançamento do N8 com o Symbian^3, e o futuro Symbian^4, baseado em Qt. Onde entra o Maemo na história? Dividindo recursos, claro.

A linha N8XX sempre foi um patinho feio muito querido, a empresa nunca conseguiu situar os aparelhos como produto. O N900 embora tenha vendido bem, virou uma espécie de Opera dos Smartphones. Dá pra ser muito feliz com um mas nenhuma moça bonita vai te dar bola por causa dele.

Agora, o problema principal: confiança. O Brasil sempre foi um mercado respeitado pela Nokia, já houve aparelho lançado aqui antes do mercado norte-americano, então fico muto preocupado quando dou de cara com a informação, no press-release:

“A versão vendida no Brasil virá com o idioma em português de Portugal.”

Como assim, Bial? Voltamos aos anos 80, quando o Brasil era mercado para desova de produtos fracassados? A Palm fez muito isso, o IIIe foi uma vergonha de vendas, cancelado e em seguida vendido no Brasil como novidade.

Desrespeitar o Mercado Brasileiro dessa forma é uma atitude tão arrogante que nem a Apple ousa, iPhone e Macbooks falam o português de Kaká, não de Camões. E não, não me interessa justificativa de que “geeks usam tudo em inglês”. Isso é desculpa de quem está no gueto e não quer sair. Fosse assim Linux não seria traduzido.

Portanto, concluo que a Nokia não quer gastar dinheiro localizando um aparelho que não tem esperança de vender em números significativos e, com isso, mostra também que não vê muito futuro no próprio Maemo, afinal o trabalho de tradução de uma futura versão seria bem menor se a atual já tivesse sido localizada.

Conclusão: o N900 está aí, é um excelente aparelho, dá pra ser feliz com ele. Eu acredito nisso, já a Nokia, não sei.

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar
  • Como já falei aqui, tenho o bichinho e concordo com duas opiniões expressadas aqui:

    “nem queria chegar perto do Maemo sem saber o que está fazendo.”
    Fato. Instalar um aplicativo nem sempre é algo simples. Usar o terminal acaba sendo importante e nem sempre efetivo.

    “um aparelho que não tem esperança de vender em números significativos”
    Sendo caro e tão voltado para geeks, quanto dele se espera vender? Definitivamente o público em geral não quer algo fechado, vai achar frustrante ver aplicativos de utilidade duvidosa que não são disponíveis para seu aparelho. Ele não é pequeno, dá pra ser chamado de tijolo e a bateria não é grande coisa.

    O lado bom é que a galera que gosta mesmo do aparelho acaba desenvolvendo muita coisa por conta própria, até a tradução pro português do Kaká. O site http://n900.aguilarj.com acabou de lançar essa versão, feita pelo autor do site, e também conta com um fórum de gente disposta a ajudar.

  • fcostasilva

    O Maemo também saiu de cena. Agora o queridinho da Nokia é o Meego.

  • Traduzir pra o idioma tupiniquim? Claro que não! Vamos manter com o linguajar do velho mundo. A América do Sul é como o Acre, está lá mas não existe!

    Desrespeito comercial grotesco esse da Nokia, além de lançar aqui com atrasos agora teremos que voltar nos velhos tempos do ecrã e rato?

  • Por 2 contos eu prefiro o iPhone, que vem em pt-br. Vai que eu tenha necessidade de ser lembrado que devo ir pra fila de modo que meu filho possa tomar uma injeção nas nádegas?

  • Simiano

    Isso é uma falta de respeito muito grande com os brasileiros. Só faltava eles falarem: “Ei, tem a opção de espanhol também!”

    • @Simiano, se bem que boa parte dos brasileiros não escrevem em português. Pelo menos, não corretamente. 😉

  • D3lta

    Como eu queria…..

  • pedroprt

    Já faz alguns anos que a Nokia está meio perdida, sem conseguir enxergar o mercado dos smartphones. Como celular, sempre usei Nokia e nem penso em mudar para outra marca. As experiências que tive foram decepcionantes. Mas smartphones é outra conversa. Apesar da Nokia continuar com numeros impressionantes de vendas de celulares e smartphones, a sua dominação do mercado vem caindo. Acho que vai acontecer com a Nokia o mesmo que aconteceu com a Motorola, as vendas vão diminuindo e lá por 2018 vai entrar em falência. O N900 é, sem duvida, um excelente hardware. Mas cadê o resto ? e essa parceria com a Intel para o tal de MeeGo ?? mais uma furada da Nokia. Tão furada quanto a compra de 100% da Symbian há uns 2 anos atrás. Já imaginaram o que seria se a Nokia adotasse de uma vez por todas o Android ? A Nokia precisa entender urgentemente que a época dos celulares acabou. O futuro exige dispositivos móveis, conectáveis, fáceis de usar e baratos.

  • Mesmo demonstrando minha absurda ignorância, mas não seria o caso de desenvolverem algo como, sei lá, um pacote de idiomas; de forma que eu pudesse instalar e usar no idioma que eu quisesse, como malgaxe, proto-indu-europeu ou mesmo miguxês?

  • Marcell Almeida

    Prefiro o Nexus One 🙂

  • xikodocouto

    Nós dominamos as mídias sociais, somos o 2º maior consumidor de internet do mundo e temos que usar o português da matriz? Que vergonha, Nokia! Falha épica pra você!

  • Tenho um N800, N900 sonho de consumo, por esse preço só pode ser piada, ou é PEGADINHA DO CARDOSO HAAAA!

    • @Levita.ds, Nada, o preço é por aí mesmo. Mas, acredite, paguei 1640 e ainda ganhei uma Jabulani réplica de brinde 😀

  • Só discordo do “ter vendido bem”. O próprio meioBit tinha relatado um número de 100k unidades desde seu lançamento. Pô, o iPad vendeu 3 mi em 80 dias! Isso significa uma quantidade pífia de aplicativos sendo feitos para o aparelho. Uma pena. Os geeks vivem sem isso, mas os usuários finais, não. Tenho um N800 e sou relativamente feliz com ele, mas sinceramente, pensei que seria mais. Creio que estamos em um momento de transição de dispositivos móveis, onde ainda há uma gigantesca indefinição de qual será o seu futuro. Tablets? eReaders? Netbooks? Smartphones? Não será melhor esperar?

    Tomás
    http://www.tomasvasquez.com.br/blog
    “me segurando para não renovar o gadget…”

  • pingflood

    Eu quero. E mesmo que fosse em aramaico… 🙂

    Mas só vou comprar quando estiver custando a metade desse preço anunciado.

  • lauksas

    eu amo o meu…
    realmente é um aparelho para geek (ainda, espero).
    as pessoas esquecem que em linux tudo é possível e que quando o meego chegar e ficar compatível com ele… hehe
    (esperamos)

    quanto ao português portugal… alguém lembra do acordo ortográfico????

  • É……….acho que a NOKIA tá procurando um jeito de ir à falência…….pois só doido pra pagar uma grana dessa ………..
    Com 2 mil dá pra quase pra comprar um Note HP!

  • angelo.figueiredo

    Sou super fã da plataforma Pocket, pois a 9 anos sou usuário assíduo, porém não posso deixar de ser sincero hoje o Iphone está muito bem colocado. Testei o N900 a 2 meses atrás, um amigo comprou um na Bolívia e eu acabei fazendo a personalização para ele e pra ser sincero gostei muito, porém o que falta é simplicidade e usabilidade no sistema. Para efetuarmos algum comando as vezes chega a ser um tédio. Espero que que os fabricantes procurem isso, simplicidade e usabilidade, pois quem procura um equipamento como esse geralmente não dispõem de de muito tempo para ficar cutucando a procura de efetuar umas simples operação, coisa que Iphone da um banho em muitos. E isso ai galera.

  • Luciano

    Ráááá! Pegadinha do Malandro? Ou do Cardoso? Ficheiro? Ecrã? Esta Bem? No no no… no thanks! Até parece um telefone xing-ling que eu comprei, o vendedor arrotou alto e grosso na hora de vender: Vem em português, só esqueceu de dizer que era português da terrinha e ainda por cima português de chines. Adivinha a meleca? Assim que eu paguei e peguei o telefone, a primeira coisa que fiz foi mudar o idioma pra Inglês. Agora a Dona Nokia me solta essa? Para no próximo ponto que eu quero descer!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis