Crytek lança sua própria criptomoeda

warface

Se você possui um jogo gratuito que vem tentando de todas as maneiras se tornar o mais popular possível, o que faria para aumentar a visibilidade? Muitos provavelmente diriam que o ideal é investir em publicidade, outros apostariam em promoções interessantes, já o pessoal da Crytek optou por algo bem mais ousado: criar sua própria criptomoeda.

“Criativamente” batizada como Crycash, a moeda teve seu período de testes iniciado na Turquia e a ideia da empresa é utilizá-la para pagar jogadores que se dediquem ao FPS gratuito Warface. Então, se a aceitação for boa eles esperam expandir a oferta para outros títulos e até para eSports.

Para gerenciar a iniciativa a editora fundou uma startup e deu a Wachtang Budagaschwili o status de CEO. Durante uma entrevista ao site Polygon, o executivo explicou porque eles não optaram por utilizar uma criptomoeda já estabilizada.

Pela mesma razão que o Steam cancelou cripto-pagamentos no seu sistema. É por causa da volatilidade do mercado. É ridículo. Você não sabe como o Bitcoin se parecerá amanhã. Comprei um quando estava em US$ 4.000… agora ele está avaliado em US$ 18.000, mas você não pode prever isso. Um dia ele foi a quase zero e então subiu novamente. Se vou construir um negócio em cima de uma moeda ou algum tipo de ecossistema que eu não entendo completamente, ao menos quero saber como ele será influenciado.

Como nos jogos free-to-play a maioria dos jogadores não gastam nada para se divertir, para sobreviver tais títulos precisam de alguns poucos que torrem grandes quantidades de dinheiro, as famosas “baleias”. Porém, de acordo com Faruk Yerli, cofundador da Crytek, uma criptomoeda como a Crycash poderá incentivar mais pessoas a comprarem itens nos games, tornando todo o ecossistema mais saudável.

Ainda segundo os envolvidos na iniciativa, outra utilidade para a criptomoeda será pagar aqueles que usam a CryEngine para criar conteúdo. Um sistema como a Crycash deverá agilizar bastante as transações, que antes levavam até quatro semanas para serem concluídas via cartão de crédito e agora acontecerão praticamente em tempo real.

No papel a ideia parece bacana, principalmente por nos permitir trocar a nova moeda virtual pelas que já estão mais consolidadas no mercado. Contudo, não consigo deixar de pensar que no fundo a Crytek está apenas tentando surfar nesta onda que hoje em dia tem sido tão comentada. Enfim, assim como quase tudo envolvendo criptomoeda, não tenho a menor noção do que devemos esperar disso aí.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Ivan

    Tudo pra escapar da Crysis.

    Sim eu sei….

  • Imagina a máquina necessária pra minerar essas moedas.

    • Meganegão

      Vai chorar para minerar essa moeda.

    • VilsoniJunior

      Se rodar crisys já consegue minerar. Não, pera…

      • Sergio Fagundes

        Carai… ao menos uma pessoa percebeu a ironia de tudo isso aheuaehuaeheauheaueahaeuh

  • netbus.exe

    4 semanas pra processar um pagamento via cartão de crédito?

    Nem se o servidor desses deslumbrados estivesse em marte…

    Menos, menos…

  • Lui Spin

    É bolha.

  • Il Padrino

    Se continuar nesse ritmo, em algumas décadas teremos tantas criptomoedas quanto frameworks para JavaScript.

  • Sergio Fagundes

    Seria tão bom se levassem idéias do Second Life para jogos MMORPG e outros. Você produz algo legal no jogo e vende por um dinheiro do jogo mas que pode ser trocado por dinheiro real.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples