Hitman será transformado em série para TV, ou melhor, Hulu

hitman

Após receber dois filmes que podem ser considerados no máximo medianos, a franquia Hitman está pronta para sair novamente dos videogames, mas dessa vez a tentativa será em telas menores. Produzida através de uma parceria entre a Fox21 e a Hulu, a série será disponibilizada pelo serviço de distribuição digital cujo controle é dividido entre as empresas 21st Century Fox, The Walt Disney Company, Time Warner e Comcast.

E para mostrar que não medirão esforços para criar a melhor adaptação possível, as empresas já anunciaram que o piloto será escrito por Derek Kolstad, que também assumirá a produção executiva. Caso não o conheça, ele é o roteirista responsável pelos filmes De Volta ao Jogo e John Wick: Um Novo Dia Para Matar, ambos estrelados por Keanu Reeves e que fizeram bastante sucesso.

O que pode ser um ponto de preocupação é o fato de que Adrian Askarieh e Chuck Gordon também responderão como produtores executivos e como a dupla teve o mesmo papel nos filmes Hitman – Assassino 47 e Hitman: Agente 47, é difícil não temermos pelo pior.

Apesar dos relatos de que a ideia dos envolvidos é manter a série próxima do universo que foi criado para os jogos, nada foi dito sobre uma participação do pessoal da IO Interactive na produção. Como se trata de mídias bem diferentes, acho que seria fundamental que os criadores dos jogos estivessem envolvidos de alguma maneira neste projeto, já que assim poderiam sugerir o que consideram correto ou não.

De qualquer forma, se esta adaptação realmente acontecer, e pelo jeito acontecerá, ela deverá se tornar uma das maiores produções do gênero, talvez até abrindo espaço para que outros games recebam o mesmo tratamento. Até hoje os jogos que chegaram à TV fizeram isso virando desenhos animados, então vamos ver como o Hitman se sairá sendo transformado em uma série com atores reais. Será que o personagem terá melhor sorte do que no cinema?

Fonte: Deadline.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Julio da Gaita ✔

    Nesse caso eu realmente temo pelo pior, o filme foi tão ruim que eu não consegui terminar de ver. Transformaram um assassino profissional discreto e classudo em algo bizarro que sai atirando que nem um muleque problemático em uma escola brasileira americana.

    Mas vamos ver, quem sabem acertam a mão, em falar nisso nem comprei o ultimo jogo mesmo tendo amado o da geração anterior, a forma episódica de vender é bem estranha nesse tipo de jogo onde uma história e um contexto geral pra um assassino profissional seriam perfeitos.

    Nada como matar com estilo e classe cuzões virtuais. Podia ter um episódio em Brasilia, esse eu definitivamente iria comprar…rs

    • Nunca gostei de Hitman, mas se eu for jogar, qual jogo?

      • Julio da Gaita ✔

        Com certeza Hitman Absolution, vale muito a pena, joguei na época no PS3, pra PC deve ser melhor ainda os graficos, e por ser um jogo mais antigo teu PC não vai sofrer pra rodar.

        Vale a pena só pelas Freiras de lingerie atirando… .)

      • Erick Lucena

        Se não se importar com gráficos datados, comece pelo Blood Money. Caso contrário, pode ir direto pro Hitman 2016. Ambos mostram o melhor estilo Hitman: puzzles gigantes disfarçados de TPS.

        Boa parte (se não todas) das missões você consegue concluir sem matar ninguém (além dos alvos) e sem precisar dar um tiro. Éo tipo de jogo que você termina uma missão e pensa: “Eu posso fazer isso melhor”

        • Tipo Dishonored?

          Que aliás…. joguei tudo…

          • Erick Lucena

            Joguei pouco do Dishonored, mas acredito que o mesmo seja um pouco ‘corredor’, mais ou menos como o Absolution.

            Blood Money e o Hitman 2016 te dão grandes sandboxes e objetivos a cumprir, as vezes com limitações e modificadores que dificultam seu trabalho. Boa parte das soluções envolvem entender como as ações dos NPCs se conectam, de forma a te ajudar a cumprir o objetivo da melhor forma (algumas vezes com uma boa dose de humor).

          • Num primeiro momento achei também… aí você descobre que os cenários são maiores do que pensava, abrindo um leque de possibilidades e de maneiras pra executar as missões…
            No segundo esses cenários se tornam maiores…

      • Apenas um Fã de House Music

        Comece pelo primeiro, senão pelo Silent Assassin que é um dos melhores seguido do Contracts, Blood Money e Absolution.

  • Erick Lucena

    Se bem feito, tem tudo pra dar certo. Dado que a maioria dos jogos são divididos em missões com escopo bem definido (você não, Hitman Absolution), um conteúdo episódico mostrando missões independentes mas que apresentam um pequeno contexto para uma trama maior ficaria perfeito.

    • Julio da Gaita ✔

      mais o Absolution foi tão legal cara, mais episódico com uma trama final ta legal. Jogou o ultimo?

      • Releia…

        • Julio da Gaita ✔

          Nemli & Nemlerey .P

          Claro que li e entendi o comentário do coleguinha.

          Na minha afirmação anterior disse que a forma não episódica de Absolution é legal também , cê tá lokão?!

      • Erick Lucena

        O Absolution não é um jogo ruim, mas não consigo dizer que ele é um bom Hitman. Tirando pequenas missões que dão certa liberdade, ele acabou sendo mais um jogo de ‘corredor’.

        Sim, joguei MUITO o último, tentando fazer 100% em todos os episódios inclusive,o que acabou me fazendo não terminar a história, por ter aparecido outros jogos no caminho (preciso me redimir asap). Pra mim, se tornou o melhor jogo da série, seguido de perto pelo Blood Money.

        • cloverfield

          Blood money tinha missões muito legais.
          A missão pra matar o cantor de ópera é muito legal.

  • Se tiver freiras de lingerie mandando bala eu assisto.

  • Christiano Nascimento Amorim

    gosto da forma como na foto principal a arma de trás está matando uma placa.

  • André Luiz

    Hitman é legal como jogo, em live action não funciona.

    Não tem como um albino esquálido, careca, de 2 metros de altura e com um código de barras na nuca passar despercebido só porque botou o boné ou pegou o uniforme de um terceiro.

    Não iria durar meia hora no mundo dos assassinos profissionais, no jogo vá lá, crachás, protocolos de segurança e câmeras pra quê?

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis