Empresa americana chipando funcionários, e eles estão gostando.

graafstra_rfid_xray_new

A idéia não deixa de ser interessante: em vez de crachás e cartões de acesso, que as pessoas frequentemente perdem e podem ser roubados, empresas estão experimentando com chips RFID, e uma delas, chamada Three Square Market, resolveu implantar a implantação voluntária de implantes em seus funcionários (ficou horrível mas eu quis assim).

Dos 80 funcionários da empresa de Wisconsin, 50 aderiram imediatamente. O transponder é um minúsculo cilindro de vidro inserido na mão, entre o indicador e o polegar opositor (sorry tomates, vocês não). Com ele os funcionários podem acessar áreas restritas, fazer compras na cafeteria, usar a copiadora, logar no Windows e N outras atividades que dependem de identificação.

A grande maioria dos que aderiram é gente de TI, entusiasmada com as novas tecnologias. Não contem pra eles que cachorros são chipados faz tempo, e cantoras nordestinas também.

A turma do apocalipse já começou a protestar, dizendo que isso leva a um Estado Policial, que acaba com a privacidade, etc, etc, etc. Não é muito diferente do pessoal que se recusa a usar CRACHÁS com RFID alegando ser coisa do capeta.

microchip1-copy

Eu acho a idéia excelente, mas nunca usaria. Não por temer por minha privacidade, mas apenas por ser um covarde que odeia agulhas mesmo finas, que dirá a seringa de jacaré que usam pra implantar esse supositório manual.

O pior de tudo é que a discussão sobre privacidade é totalmente dispensável. Há formas mais amigáveis de eliminar os crachás. Se a segurança não for imprescindível, você pode usar anéis RFID/NFC, compra-se em qualquer Ali Express da vida. Se a segurança for primordial, biometria. Até porque um sujeito determinado e com uma faca remove rapidinho um implante. E é bom que você se lembre de onde ele está.

E não, o RFID não vai fazer com que o patrão rastreie todos os seus passos. Isso já acontece, com seu crachá, com as câmeras do escritório e com o seu celular, que você espertão aceitou da firma com eles pagando a conta.

Fonte: The New York Times.

Relacionados: , , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis