Everything, o jogo cujo trailer poderá ser indicado ao Oscar

everything

Criado por David OReilly, Everything é um jogo estranho. Na verdade, muitos nem conseguem classificá-lo como um game, preferindo se referir ao título como um simulador ou mesmo uma obra de arte interativa. Nele temos a possibilidade de controlar qualquer coisa, o que vai desde partículas subatômicas até sistemas solares inteiros.

Muito diferente de quase tudo o que existe na indústria, o jogo chamou a atenção de muita gente justamente pela sua proposta inusitada, além é claro da maneira… “estranha” como alguns seres se movem e quando parecia que o Everything já havia alcançado seu ápice, eis que chega a informação que poderá isso acontecer somente no ano que vem, durante a entrega do Oscar.

Sim, por mais maluco que possa parecer, o artista e game designer responsável pelo Everything revelou que um trailer que ele criou para divulgar o título foi premiado pelo júri do Vienna Shorts Festival, o que consequentemente o classifica para disputar a maior premiação do cinema.

De acordo com o site do festival austríaco, o “prêmio foi dado para um filme que, além de entreter, tem um forte tema poético e filosófico, servindo com um propósito educacional e incluindo uma importante declaração política que nos ajuda a dissolver nossos egos e ter uma nova perspectiva sobre o mundo.

Contando com uma narração do filósofo inglês Alan Watts, o vídeo que pode ser conferido no final deste texto possui 11 minutos de duração e usa trechos do jogo para mostrar diversas formas de vida, o que pelo jeito foi o suficiente para conquistar aqueles que julgaram a premiação.

É interessante mencionar que OReilly já possui uma certa familiaridade com a sétima arte, já que foi ele o responsável pelas cenas de videogame que aparecem no elogiado filme Ela, de Spike Jonze. E caso tenha se interessado por esta bizarra “viagem pelo tudo”, saiba que o Everything possui versões para computadores e PlayStation 4.


David OReilly — Everything | Gameplay Film | Out Now!

Fonte: Eurogamer.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • WTF????????

    Porém, o conceito é muito bonito…

    • Só faltou o Mário na apresentação de palco do outro post se movimentar desse jeito igual o urso… =P

  • Zalla

    E o jogo em si…vale a pena?

    • DumbSloth87

      acompanhei um gameplay no twitch e depois de 4 horas o jogo disse: “Parabéns, vc completou o tutorial!”
      GG, 10/10 IGN, GOTY!

      https://www.youtube.com/watch?v=hz5k4jwHgGo&t=1s

      • Zalla

        pqp

  • Ricky Lamas

    Que lixo de jogo. Chamam isso de jogo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Julio da Gaita ✔

      comentarista gamevicio detected*

      • Tem muito. De vez em quando, sobe um pra cá.

  • O Engraçado do termo “Obra de Arte Interativa” para este tipo de conceito, é que mesmo um jogo convencional, seja Limbo, Super Star Soccer ou Skyrim, não deixam de ser uma Obra de Arte Interativa… Acho que o termo poderia ser revisto, para que seu propósito faça mais sentido. Acho que o caracteriza este tipo de experiência é a falta de dificuldade ou desafio, algo como “Difficultyless” ou “Passeio Interativo” faz mais sentido, mas com certeza, deve haver um termo melhor para isso haha

    Obs.: Sei que não foi o MB que inventou este termo. 😉

    • SomeReader

      Pois é. TODO jogo é uma obra de arte interativa.

      Existe o “Walking Simulators” né… mas gostei do seu termo: “Passeio Interativo”.

  • Pingback: Everything, o jogo cujo trailer poderá ser indicado ao Oscar | Notícias Legais()

  • SacoCheio

    Colocar esse trailer chatíssimo como candidato ao Oscar é um soco na cara dos apreciadores da Décima Arte…
    Só vai servir para ridicularizar e mostrar aos vovôs das outras artes que a computação gráfica parou nos anos 80.

    • Alvaro Carneiro

      Concordo 100% , não consegui assistir nem 3 segundos. Que lixo.

      • Paçaro

        Se não assistiu nem 3 segundos de um vídeo de 11 minutos, não pode opinar.

    • Voto com o relator.

    • Paçaro

      Você pelo menos entendeu a narração e tentou ligar com a proposta do jogo?

      • SacoCheio

        se você gostou, bom pra você. arte nunca foi sobre unanimidade.
        nem pra obrigar alguém a ouvir uma narração modorrenta de 11 minutos, junto com a animação mais bisonha da tosqueira grau mil.
        o sujeito faz os bichos se moverem na base da capotagem! sem mais, meritíssimo.

    • Jack Silsan

      Eu tentei ver, saquei a idéia, que achei bacana, mas não dá, é muito ruim tecnicamente

  • SomeReader

    Duvido que o jogo vala a pena. Duvido mesmo! Deve ser o tipo de coisa que a pessoa olha, fica uns 20 min no máximo e depois nunca mais irá abrir.

    Segunda coisa, que isto? Que animação bizarra… a movimentação dos animais complemente absurda. Não tem conexão alguma com algo poético, ou sério, que aparentemente o trailher tenta construir.

    Aff.. não pode ser sério que isto é um candidato ao Oscar.

    • gfg

      Qualquer coisa que pareça filme/animação de pais que não tem água encanada vira automaticamente; “poético, filosófico, espiritual, sublime”, uma “arte” que não segue os padrões opressores da industria capitalista.
      NUNCA em hipótese nenhuma eles consideram um LIXO, como deveria de ser.

      • Well Dias

        É o fetiche pela pobreza alheia.

      • SomeReader

        Exatamente!

  • Adalio Siqueira

    as vezes o individuo está louco na droga

  • gfg

    https://uploads.disquscdn.com/images/d845696936c89b95ba375393427f5dc49debf0df543667b488778efd53718223.jpg

    Aposto que esse juri deve ODIAR os trailers de Civilization ou os do Assassin’s Creed

  • Bruno

    Acho Oscar um massageação de ego do caramba, mas, independente disso, gostei do trailer 😀

  • Me oponho! Os rola-bosta e as joaninhas não estão dando cambalhota. Como assim a física realística não foi padronizada?

  • Germano

    Além de não ter entendido o objetivo do jogo, achei esquisito para dizer o minimo…. só compraria, talvez, em uma promoção que deixasse a um décimo do valor. Se pelo menos os animais não dessem aquelas cambalhotas nada a ver.

  • Lucas Ambrosio

    ASDUHSUHASDUHASDUHUHASDSDUHASDUHASDUHASDUHASUHDASDUHASUDUHASHDUASHDHASUDHAUHDUASHDUASHUDHASUDHUASHDUASHDUASHUDHASUDHUASDHUASHDUASHDUASHDUASHDUHASUDHASUDHASUHDUAHUDASHUDHASUDHASUDHUASHDUASHUDHUSHSUDH

    PAREI NO URSO “ANDANDO” ASDUHASDUHASDUHASDUHASDUHASDUHASDUHASDHASUHDASDUHASDUHUHASDASDUHASDUASDUHUHASDUHASDSDUHASDUHDSUASDUHUHASDHDUASHDUSAHUDAS

    NÃO TO ACREDITANDO CARA QUE ISSO FOI INDICADO AO OSCAR

    • Arthur Santos

      “andando”

  • Mariano Santos

    O melhor trailer de games na minha opinião é o reverso de Dead Island, pena que o jogo não é tão bom, mas aquele trailer é mto foda.

  • Inquisidor

    crianças, vencedores não usam drogas.

  • Maom

    Péssimo dia pra lembrar que vc parou com as drogas.

  • abraaocaldas

    O jogo pode até ser fraco, mas o dicurso do cara é muito bom, pena que parece que muita gente nem leu :/

  • JORGE_TC

    Criei um hype com a notícia e quando vejo um híbrido de urso com esquilo se movendo por meio de “capotadas”, fiquei com vergonha não do autor, mas de quem o premiou.

    A arte é uma coisa esquisita demais.

    #DorgasMano

  • Wallacy

    Cara, gostei muito do texto do trailer. De fato é algo totalmente novo, ao que parece, assim como o a vida, o jogo não tem objetivo, tem uma mecânica peculiar, ao que parece também sem proposito definido. Consigo entender porque ganhou o prêmio no festival de Vienna, é de fato uma obra puramente poética.

    Na pratica, rolar ursos e criar personagens sem sentido em minercraft, ou matar um dragão feito de pixels são igualmente sem sentido no mundo real, tudo bem chamar isso de game, o único problema é que assim como arte moderna, qualquer coisa então pode ser chamado de game.

  • Ariel Souza Rossi

    Mano… e vc achando que a dança dos macaquinhos era o supra sumo da bos**.

  • Vinícius

    Parece divertido. Só pela originalidade e ambição já acho que merece esse Oscar.

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Existem games com uma pegada mais “poética”, como Journey e Shadow of the Colossus. Um gameplay de Journey mereceria um Oscar, isso sim! Mas esse game dos ursos rolantes, é uma piada! Isso só mostra que quem fez a escolha não sabe nada de games. Pelo menos os desenvolvedores têm coragem, ao adicionar justamente os ursinhos rolantes no trailer 😛 !

  • Cocainum
  • Em breve, grátis para os assinantes de uma PSN Plus perto de você…

    (a Sony adora dar esses joguinhos nonsense de punheta artística)

  • É tipo criar um iphone com Android que só serve pra limpar a bunda. Emoldura isso, coloca em exposição com uma “freada” e vira arte.
    É muito chá de fita pro meu gosto.

  • Marcogro®

    Segura OsCar… aí. Será que tem o segundo mais votado? Não preciso nem ver, mas voto nele…

  • Edmilson_Junior

    A forma com que eles se movem me espantou no começo mas ouvindo a narrativa de fundo e a interação dos grandes e pequenos, principalmente quando o universo todo cabe em uma pedrinha eu realmente fiquei impressionado. Achei meio altas drogas mas gostei.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis