Valve perde mais um nome de peso, Chet Faliszek

Há algum tempo eu venho lamentando a maneira como a Valve vem tratando a criação de jogos. Sem que um novo título seja lançado desde julho de 2013*, quando disponibilizaram o Dota 2, a empresa parece muito mais interessada em deitar sobre os louros do Steam e das microtransações e isso deve explicar a debandada que tem acontecido por lá.

No ano passado tivemos a saída de Marc Laidlaw, profissional que assinou o roteiro tanto do Half-Life quanto do Half-Life 2, além de atuar como roteirista chefe dos episódios do segundo jogo. Nestas expansões ele contou com a ajuda de Erik Wolpaw e Chet Faliszek, mas se em fevereiro passado o primeiro anunciou que passaria a trabalhar na Double Fine, agora o outro informou que também não é mais funcionário da Valve.

Além de ter participado na criação do roteiro de praticamente todos os títulos da empresa desde que passou a trabalhar nela, incluindo aí as séries Portal e Left 4 Dead, Faliszek é conhecido como um dos maiores evangelizadores da realidade virtual, tendo atuando próximo a outros desenvolvedores que queriam lançar títulos para o HTC Vive e defendido ferrenhamente a maneira como a tecnologia poderia mudar a jogabilidade e a narrativa. Segundo ele, sua saída está ligada a vontade de mudar um pouco sua carreira e sem que tenha decidido o que fará a seguir.

Devido a decisão de Faliszek, agora podemos dizer que a série Half-Life perdeu toda a equipe responsável pelo seu enredo, mas ainda mais importante do que isso, o anúncio fez com que a Valve tenha perdido três dos seus funcionários mais importantes no período de menos de um ano e meio.

Por se tratar de uma empresa com mais de 300 funcionários, eu não chegaria a dizer que o estúdio está ruindo, mas é impossível não olhar para tantas saídas e para a falta de lançamentos e não pensar que a Valve está ficando cada vez mais distante da criação de games. Pode até ser que o trio tenha deixado alguns roteiros prontos para serem transformados em jogos, mas não estou disposto a criar expectativas.

O engraçado é pensar que de uma das desenvolvedoras mais elogiadas do planeta, hoje a Valve parece mais um supermercado.

* No ano passado eles lançaram o The Lab, um conjunto de demos para dispositivos de realidade virtual e que me recuso a classificar como um “novo jogo”.

Fonte: GamesIndustry.

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Fernando Silva

    Half Life 3 confirmado?

    • Emílio B. Pedrollo

      Não consigo não imaginar o coletivo da internet (eu incluso) com cara de triste e mágoa perguntando esta mesma pergunta na (fútil) esperança de que sim.

    • Minion

      Half Life 3 NÃO Confirmado.

      • Half-Life 3 RIP

        • Minion

          Mas nem nasceu.
          :/

          • Cocainum

            Half Life 3 abortado.

    • Half Life é uma série tão boa assim? Sempre me pareceu um shooter linear genérico e enrolado.

      • Se tem algo que HL não é, é genérico. Hoje eles podem não ter o mesmo impacto, mas na época de seus lançamentos estavam muito a frente de seus tempos.
        O segundo continua me agradando mesmo hoje em dia.

      • Thiago Bachi Rehbein

        Cara, Half-Life é uma série à frente de seu tempo, e o HL2 (incluindo os episódios) tem uma qualidade muito boa…

        O que aconteceu foi o comodismo da Valve com a Steam, e por isso parou de investir na série… Prevejo um “Half-Life Forever” vindo por aí, já que o Hype atingiu o limite tem algum tempo…

        No mais, recomendo que jogue o remake do HL, o Black Mesa (Half-Life: Source foi uma decepção para mim), e experimente toda a nostalgia do 1º Half-Life com um visual infinitamente melhor…

        • Eu não consigo passar daquele bondinho no início. Acho isso o anti-gameplay. Não tenho saco pra isso.

          • Cássio Amaral

            É justamente esse início que me fez fã da série. Já mostra que é um FPS focado no excelente enredo e não mais um jogo genérico como CoD ou Doom.

          • Goldeneye tem um excelente gameplay, não tem enrolação e não é genérico. O problema sou eu. Pra mim jogo é para jogar. Se é pra acompanhar o enredo, prefiro assistir uma partida no youtube.

  • Antes um supermercado, do que uma produtora que espreme seus jogos até o bagaço da laranja como fazem umas AAA aí na praça.

  • Emílio B. Pedrollo

    A Valve é uma das raras empresas que eu acho que se sairia melhor se fosse dividida em duas.

  • Germano

    Ainda nao sei se esse negocio de realidade virtual agora emplaca, afinal ja surgiu antes – esses dias estava vendo um scan da antiga revista Videogame, que saiu la para 90 e poucos, mostrando uma pessoa usando um oculos bem parecido no formato com esses que temos hoje e em uma TV de tubo uma imagem do que ela estava vendo, bem quadriculada claro. A evolução de la para ca foi enorme, mas mesmo assim não sei se agora vai pois, para começar, conteudo que precisa de hardware especifico dificilmente vende muito, vide jogos do kinect ou aqueles lançados para as bazucas e pistolas das gerações 8/16 bits. Dai as produtoras dificilmente se animam a fazer coisas para o sistema. E dai o sistema morre.

    • Minion

      Não vejo um futuro VR sem ser corporativo, digo corporativo projetos de móveis, imóveis tipo você conhecer seu imóvel na planta, indústria, mas de forma recreativa não tenho essa mesma visão.

    • Bruno Martins

      Quer comparar as primeiras versões de VR com o que existe agora? Agora sim a tecnologia está no ponto de entregar uma experiência excelente, coisa que nunca aconteceu no passado.. Daqui para a frente apenas o seu preço precisa de baixar para ser mais acessível.. O hardware para correr VR também vai ficando mais barato.. De tempo ao tempo

      • Germano

        Sim, eu comparei, e disse que a tecnologia de la para ca evoluiu muito, qual o problema? Os empecilhos estao em como a coisa sera vendida. Por mais legal que seja, se for um fiasco comercial, some, vide o kinect novamente.

        • Bruno Martins

          O kinetic nunca fez sentido.. É impossível ter um controlo “fino” sobre o jogo com o kinetic.. Ou seja, ele foi sempre relegado a jogos casuais e muito básicos ( jogos bosta casuais), acrescenta a mais alguns factores e tens a desgraça completa..
          Atenção que nunca disse que o VR já está perfeito.. Ainda precisa de evolução, mas especialmente o seu preço descer para valores mais baixos..

          • Germano

            Entendo seu ponto, mas veja que o meu nunca foi o quanto a tecnologia e evoluida ou não, o quanto faz sentido ou não, mas sim o quanto consegue vender. Isso e o que determina o sucesso e a continuidade de um *produto* no fim. Esses acessorios caem no ciclo vicioso de vender pouco porque tem pouco conteudo, e tem pouco conteudo porque vendem pouco. Ainda não vi criarem uma saida para isso.
            Sim, o preço ainda precisa baixar muito, mas só isso não vai bastar.

  • Nilton Pedrett Neto

    Os roteiristas de Half Life terminaram o roteiro e já não têm o que fazer na Valve. HL3 CONFIRMADO.

    • Well Dias

      Foram “3” pessoas importantes que saíram da Valva. HL3 Confirmado.

  • Helmut

    A valve ganha 20 milhões por mês só com Dota 2 (notícia de 2015). Considerando que isso seja sucesso, faz sentido a empresa se concentrar em continuar fazendo dinheiro.

  • Mariano Santos

    Acho que HL3 é o plano B da Valve, eles já devem ter quase tudo pronto, o concept, os roteiros, tudo.

    HL3 só vai ver a luz do dia caso os planos da Valve comecem a dar errado, se surgir uma nova plataforma que substitua a steam definitivamente(HAIL GOG) ou comecem a debandar do pc pros consoles ai a Valve lança o HL3 pra voltar a atrair o publico.

  • FrankTesl

    HL e CS são os títulos que deram o pontapé para a Valve ter o tamanho que tem hoje.
    Um dos poucos jogos que se bem roteirizados, seriam excelente filmes ou mesmo uma série de respeito

  • Dreadful

    O que eu interpretei na entrevista do GabeN, a que ele deu para o Reddit, foi que a Valve só lança jogos quando tem um estilo, gênero, ou tecnologia a ser explorada. Ela não cria mais do mesmo.
    Eu esperaria da Valve, no momento, um jogo estilo survival, tipo King of The Kill e Playerunknown’s battlegrounds, ou o caminho mais óbvio, um jogo em VR. Todo mundo sabe que eles estão investindo em VR.

  • arakawa

    Li em algum artigo ou Reddit AMA q o principal problema da Valve é a estrutura completamente horizontal da empresa. Como ninguém manda em ninguém, pra alguma coisa sair de lá tem q se gastar um puta tempo convencendo os recursos a trabalhar nos projetos, e obviamente a maioria dos recursos quer estar envolvido no q enche curriculum (Steam e DOTA).

  • Tom

    Esse é o unico numero 3 que a valve conhece

  • Rodrigo de Melo

    A estratégia da Valve é ótima. Em tempos em que as produtoras são criticadas por desenvolver jogos até medianos, a melhor maneira de fugir disso é não lançando nada. 👀

    • Ou em outras palavras: preguiça. A Valve só pode se dar a esse luxo porque descobriram outra fonte de renda. Já pensou a Sega, a Activision ou a Ubisoft pensando o mesmo? Viveriam do que? Esmolas?

    • Olha o panorama do mercado de jogos atual: uma Valve nesse estado, consoles fazendo atualizações a curto espaço de tempo e tem gente que acha que esse mercado tudo vai bem.

  • Gabriel Saraiva

    Por se tratar de uma empresa com mais de 300 funcionários, eu não
    chegaria a dizer que o estúdio está ruindo, mas é impossível não olharA …

    Sobrou um Azinho ali.

  • Jefferson Viana

    Valve como dev de jogos acabou, não existe mais, existe apenas o steam.

  • toda vez que alguem aprende a contar até 3 na valve ela é forçada a pedir as contas ou mandam embora !!!!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis