Prepare seu Vita, o Salt and Sanctuary está chegando!

salt-and-sanctuary

Alguns dos jogos que mais me agradaram no ano passado foram os chamados indies ou desenvolvidos por estúdios de menor porte e entre eles, um dos que considero entre os melhores foi o Salt and Sanctuary. Inicialmente não dei muita atenção ao game, mas após ouvir que ele podia ser considerado um Dark Souls em duas dimensões e que sairia para PC, resolvi lhe dar uma chance.

De fato, a melhor maneira de pensar na criação da Ska Studios é como se ela fosse um filho do Super Metroid com os títulos da From Software, o que significa que nele você também terá um imenso mapa a ser explorado e principalmente, um desafio bem acima do que estamos acostumados a ver ultimamente nos games.

Quando joguei o Salt and Sanctuary, uma das coisas que mais desejei foi poder fazer isso no PlayStation Vita, pois sempre tive a sensação de que jogos em 2D combinam perfeitamente com portáteis e para a alegria de todos que esperavam por uma adaptação, a boa notícia é que ela chegará amanhã (28/03) ao videogame da Sony.

Como o estúdio responsável pelo título é surpreendentemente formado por apenas duas pessoas, eles deixaram a versão para o Vita nas mãos da Sickhead Games, mesmos que nos deram adaptações para os consoles de jogos como o Stardew Valley e Darkest Dungeon. Portanto, é de se esperar que eles tenham feito um bom trabalho, dúvida que felizmente não precisaremos esperar muito para tirar.

Por fim, outro detalhe que torna este lançamento ainda mais importante é o fato de que ele contará com suporte ao recurso cross-buy, ou seja, caso você já tenha adquirido o Salt and Sanctuary para o PlayStation 4, terá direito gratuitamente a uma cópia para o Vita.

Então fica a dica: se você gostou da série Souls e adora jogos de plataforma, dê uma chance ao excelente Salt and Sanctuary. Só não vá atirar o Vita (ou o DualShock 4) na parede, pois em muitos momentos ele te fará lembrar daqueles jogos das gerações 8 e 16-bit. E isso é muito bom!


PlayStation — Salt and Sanctuary – Currents Trailer | PS4, PS Vita

Relacionados: , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Rafael

    O video me fez lembrar Prince of Persia das antigas, que é uma ótima referência… Dificuldade no nível certo e diversão garantida!

    • Wallacy

      Eu ficava desesperado na hora de saltar para dentro do navio.

  • iNerdBR

    Valeu pela dica!

    • Germano

      2!

  • Esse jogo é muito difícil, já joguei umas 16 horas e ainda tou praticamente no começo.

  • Henrique Duarte

    Omg, até que enfim outro jogo bom no Vita.

    vou tirar ele do fundo da gaveta xD

  • Wallacy

    Blá bla bla jogo de criança olha os gráficos. 😉

    Brincadeiras a parte… 2016 conheci muitos Indies, agora meio que é um caminho sem volta. Tem muita coisa legal por aí. Boas histórias, pra todos os gostos.

    Pena que o tempo para jogar não acompanha a vontade.

    Mudando de assunto: Já zerou o BoTW? Gostei bastante das memórias. Espero que em breve eles unam as 3 linhas temporais de Zelda e dêem continuidade a essa. Negócio tá ficando mais difícil entender que o universo expandido do Star Wars.

    • Por causa de vários outros jogos, acabei encostando ele =[

  • Primeiramente, PORRA MB!
    https://uploads.disquscdn.com/images/29d656fbe0225e8e521d9ed2e42a1f7d51390dc3b02ea2bb91ffc255bb56bf89.png

    Bonus: propaganda de astrologia no MB… 😒

    • Maom

      Se vc tivesse feito seu mapa astral, saberia as horas certas de acessar o meio bit e não ter essas dores de cabeça. Astrologia é uma ciência avançada que veio para ajudar.

  • Essa molecadinha que precisa comparar plataformer 2D com Dark Souls, só pra poder dizer que é difícil, com certeza nunca jogou Battletoads…

    • A molecadinha no caso sou eu? Por se for, você está falando besteira. Os próprios criadores citam o Dark Souls como inspiração e isso não tem a ver com a dificuldade, mas sim com diversas mecânicas que vieram do jogo da From Software.
      Pelo jeito você não jogou o Salt and Sanctuary e falou do que não sabe.

      • Caaaaalma, Dori….
        https://uploads.disquscdn.com/images/cf307dc025f08cb716fa9e47d5d7c3337e79c36c35a26c83823fac801e5302d6.jpg

        Tudo o que fiz foi pegar o gancho que você deixou dizendo que, “após ouvir que ele podia ser considerado um Dark Souls em duas dimensões”, havia dado uma chance pro jogo. Não entendo essa necessidade de comparação entre estilos diferentes (Borderlands é chamado de Diablo do FPS até hoje…), principalmente um estilo tão rico em jogos desafiadores como os de plataforma 2D.

        Você está certo quando diz que não joguei – eu não estava criticando o jogo, apenas a forma como, por vezes, pode estar sendo vendido. Estar a sombra de um grande título pode gerar uma frustração desnecessária em quem REALMENTE acredita nesse tipo de comparação. O jogo parece mesmo bom.

        Só fiquei em dúvida em relação a uma coisa: no post, você fala de “um desafio bem acima do que estamos acostumados a ver ultimamente nos games” e que o jogo teve inspiração em Dark Souls, mas agora diz que essa inspiração não é na dificuldade, mas na mecânica. Estranho, uma vez que Dark Souls é um dos jogos com a mecânica mais simplista que já joguei, e seu único diferencial real sempre foi o elevadíssimo grau de dificuldade. De que tipo de mecânica você estava falando, então? Progressão de personagem? Checkpoints? (não é sacanagem – essa é uma curiosidade real, ok?)

        • Just a Gamer

          Não joguei Salt and Sanctuary, mas só de ver o rola e bate e o visual dos cenários e dos inimigos não tem como não lembrar de Dark Souls e Bloodborne.

        • Principalmente a ideia de perdermos tudo quando morremos e ter que voltar ao local para recuperar o que tínhamos conquistados. Mas como o amigo disse ali, existem muitas outras coisas, como a ambientação, o rolamento, o sistema de defesa, uma mapa complexo e todo interligado, a possibilidade de trocarmos de equipamentos e assim mudar a classe do personagem. Enfim… Quem conhece a série Souls e jogou o Salt and Sancturay, perceberá inúmeras semelhanças.
          Quanto a dificuldade, me expressei mal, pois não é que a dificuldade não tenha nada a ver, mas que é a semelhança menor entre os jogos, embora ela realmente exista.
          Agora, acho quase um absurdo dizer que o único diferencial da série Souls seja a dificuldade, sendo que ela trouxe várias coisas interessantes, costuma ser elogiada mesmo por outros game designers e quando muitos sonhavam com um jogo 2D que parecesse com ela, o Salta and Sanctuary, foi lá e entregou isso.

          • Você parece estar achando que eu estou menosprezando o Dark Souls quando falo de mecânica simplista, mas vale lembrar que simplista != simplório: todo o reconhecimento de Dark Souls (e quando digo todo é TODO mesmo) foi graças ao sistema punitivo de sua mecânica simples. Ele pode ter belos gráficos e jogabilidade sólida, mas sem seu modelo “carrasco de player” (não só os inimigos pesados, mas a falta de oferta de curas, poucos checkpoints, progressão letárgica, etc…), talvez tivesse sido soterrado em meio a tantos outros excelentes títulos que não tiveram a mesma exposição (Dragons Dogma, por exemplo).

            Mas espero que Salt and Sanctuary não venha a ser mais um exclusivo do PS4 e acabe dando as caras na lojinha do Xbone. Me interessei.

          • Depois de tanto tempo acho difícil, mas se você joga no PC, ele está disponível no Steam.

  • até voltei a jogar dark souls (prepare-se para morrer)

  • Lapada Gamer HD

    Tenho a versão do ps4, porém a do vita não está disponível…

  • Carlos Ferreira

    Finalmente, faz tempo que procuro algum game com desafio pro Vita. Talvez esse dure um tempinho mais que os outros títulos que tenho.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis