Loja vaza anúncio do Middle-earth: Shadow of War

middle-earth-shadow-of-war

Em 2014 a Warner pegou até os mais esperançosos de surpresa quando lançou o Middle-earth: Shadow of Mordor. Contra quase todos os prognósticos, aquele jogo baseado na franquia O Senhor dos Anéis mostrou-se muito bom, tendo conquistado tanto a crítica quanto o público. E por já terem se passado mais de dois anos desde o lançamento, quem gostou do game evidentemente queria saber se ele receberia uma continuação.

Como a editora havia marcado para o dia 8 de março o anúncio de um novo jogo, especulava-se que poderia ser o segundo capítulo para a franquia, mas pelo jeito nem precisaremos esperar até lá. Isso porque a loja Target acabou publicando antecipadamente a página do Middle-earth: Shadow of War, inclusive divulgando a capa que o jogo receberá e marcando para 22 de agosto o dia em que ele supostamente chegará ao PlayStation 4 e ao Xbox One (embora eu ache muito provável que o título também apareça no PC).

Caso a informação passada pela loja esteja mesmo correta, os interessados poderão escolher entre uma versão normal do game, que custará os habituais US$ 60, ou uma Gold Edition, que por US$ 99 dará direito a quatro expansões. O interessante é que duas delas (Blade of Galadriel e The Desolation of Mordor) servirão para incrementar o enredo, enquanto as outras (Slaughter Tribe e Outlaw Tribe) focarão no sistema Nemesis, adicionando uma nova tribo de Orcs e assim fazendo com o jogo tenha mais inimigos e missões.

E por falar no Nemesis, sistema que de forma brilhante gerava inimigos aleatoriamente e assim entregava uma experiência diferente a cada partida, a expectativa é de que a Monolith tenha aperfeiçoado uma das ideias mais legais dos últimos tempos, algo que surpreendentemente não foi excessivamente copiado por quase todos os títulos lançados depois dele.

O engraçado é que mesmo tendo feito tanto sucesso e me agradado bastante do início, com o tempo comecei a achar o Middle-earth: Shadow of Mordor um tanto repetitivo, até que o deixei de lado no meio do aventura. Talvez aquela simplesmente não tivesse sido a melhor hora para jogá-lo e por isso ainda quero dar uma outra chance ao jogo, pois acho que ele merece.

Update: a Warner confirmou a existência do jogo e divulgou o trailer que pode ser visto abaixo..


WB Games Brasil — TERRA MÉDIA: SOMBRAS DA GUERRA – Trailer de Anúncio

Fonte: Destructoid.

Relacionados: , , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Depois da péssima versão lançada para a 7a geração, espero ter melhor sorte com esse. Mesmo completamente capenga, Shadow of Mordor foi a melhor coisa baseada no universo de Tolkien, desde O Retorno do Rei.

  • Othermind

    O primeiro chegou sem muito estardalhaço mas é muito, mas muito bom…. Me diverti muito com o game.. Jogarei esse novo com certeza..

  • kenji

    Gráficos muito bons e jogabilidade simples, achei um ótimo game. Apesar de ser fácil demais em algumas partes, e o excesso de dicas visuais realmente deixar tudo bem simples, gostei bastante.

    Se criarem uma história que seja ao mesmo tempo despretenciosa e que envolva bem o canon da terra-média… eu aguardarei do mesmo jeito mais alguns meses após o lançamento por uma promoção, para comprar a versão completa e debugada.

  • Cocainum

    Já tem até trailer

    https://www.youtube.com/watch?v=QM5orsU0yVI

    • kenji

      Gostei do trailer, mas tive a impressão de que vai ficar ainda mais dífícil fazer a história se encaixar no canon…

      • Cocainum

        Fiquei com várias dúvidas vendo o trailer. Sauron voltou, então isso se passa após os eventos do Senhor dos Anéis? Que anel é esse que estavam forjando agora?

        • kenji

          Não, é antes de Senhor dos Anéis, e pouco depois do Hobbit, acho.

          Esse segundo anel é licença dos criadores do game, não tinha aparecido no primeiro game, nem em lugar nenhum fora dele. Mas não serei eu a ficar esmiuçando, espero que seja um bom game!

          • Cocainum

            O primeiro Shadow of Mordor se passa nesse intervalo entre o Hobbit e o Senhor dos Anéis, o que eu achei ótimo. São muitas décadas entre eles o que permite encaixar a história e ainda aproveitar personagens interessantes, como o Gollum (“Mestre Brilhante”).

            O que me deixou preocupado é que no trailer o Sauron aparece em carne e osso. Durante todo o Senhor dos Anéis, ele não tinha corpo, apenas seu “olho” era o vilão. Sauron não tinha um corpo desde o fim da segunda era, quando foi derrotado por Isuldur com a espada quebrada. Por isso estou achando que deram um jeito de trazer Sauron de volta, na quarta era.

            Tolkien amarrou bem as pontas e não deixou nenhum gancho para a volta de Sauron. O anel foi destruído, o “olho” explodiu e a montanha da perdição entrou em erupção, cobrindo Mordor de lava.

  • Ernani Lanes

    Eu tive a mesma impressão de repetitividade no início, até que meu filho do 8 anos começou a jogar em outro perfil no pc. Dai eu entrei no quarto e o vi jogando com uma infinidade de golpes, movimentos, táticas que eu nem sonhava existirem. Infelizmente tive um problema no pc e precisei formatar. Como essa cópia veio pré-instalada no pc quando comprei, era alternativa. Mas está em promoção no nuuvem, 17,99. Vou comprar.

  • A Lhama Fantasma

    Concordo que ele ficasse repetitivo em certo ponto, assim como outros jogos que possuem sistemas repetitivos de missão: Assassins Creed, Far Cry e Watchdogs são alguns que vem à mente.

    Costumo fazer as Side Quests primeiro e vou fazendo a história principal aos poucos, e geralmente acaba ficando tão enjoativo fazer as missões principais que eu acabo largando de mão o jogo. Shadows of Mordor foi um que eu joguei até o fim e completando todas as missões, realmente curti bastante e estou no aguardo do próximo.

  • André Luiz

    Curti e zerei o game várias vezes, mas ele é muito repetitivo mesmo, escolhendo bem a árvore de skills o Talion ficava praticamente invencível.

    Lembro que gerou um rage na época por parte dos caras que conhecem muito da lore, que o jogo não se enquadrava no universo de LOTRs de jeito nenhum.

    Que o Celimbridor não era tão poderoso assim para macumbar e possuir o Talion, que humanos não podem ser ressuscitados e coisas do tipo

    • kenji

      Eu vou fazer isso, já tnho como destravar todas as skills, e como só quero platinar um game uma vez na vida, e esse é o game na qual essa meta me parece mais tangível, vou deixar o Talion invencível mesmo!

      Já sobre a lore… nem de longe sou estudado em lotr, mas a licença poética é boa, se não for assim o game nem começa. Quando se pára para pensar, possuir os oponentes e os escravizar não faz muito sentido mesmo para os heróis, mas quem disse que são?

  • Toqen

    Jogo bom e com bastante potencial para explorar na continuação, versão PC foi muito bem otimizada, tomara que a sequencia também seja.

  • Bruno

    Achei o final do primeiro meio bosta, mas o jogo em si é muito bom. Jogo até hoje, pois matar orcs é algo bem legal 😀

  • Jonatas Afonso

    Que proposta maneira 😀
    Daqui a dois anos (quando cair de preço), eu compro

  • Vinícius Santos

    eu nem terminei o primeiro, é lindo e legal e tudo o mais, mas não me pegou de jeito! A WB podia era fazer um remake dos primeiros jogos LOTR (Two Towers e Return of the King) que eram sensacionais!

  • Adalio Siqueira

    Gostei tanto do primeiro que adquiri na locadora, e depois tive que adquirir também pela nuuvem

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis