MWC 2017 — lançamentos Samsung: Galaxy Tab S3, Galaxy Book e novo Gear VR

galaxy-tab-s3

A Samsung teve que se virar para cobrir a lacuna do Galaxy S8, que furou a MWC 2017 e será apresentado ao mundo apenas no próximo mês. O jeito foi apresentar produtos que normalmente não recebem tanto destaque, dois novos tablets: o Galaxy Tab S3, um Android top de linha, o Galaxy Book, que roda Windows 10 e é voltado para profissionais e um novo Gear VR, com controle dedicado.

Comecemos pelo tablet Android. a Samsung possui quatro linhas distintas: Tab E (de entrada), Tab A (intermediária), Tab S (high-end) e o solitário Galaxy View, aquele monstrengo de 18,4 polegadas. Embora o mercado de tablets não seja mais o mesmo e não represente grandes ganhos como outrora (nem para a Apple), a Samsung não pretende desistir e deixar de brigar com o iPad. Isso posto o S3 é um aparelho muito interessante, com acabamento de primeira graças ao seu case revestido em vidro.

O tablet possui um display Super AMOLED de 9,7 polegadas, proporção 4:3 e resolução de 2048 x 1536 pixels (264 ppi, a mesma do iPad; a Samsung desistiu do formato 16:9 há tempos e apenas o Tab E permanece assim), compatível com vídeos em HDR (hello Netflix!); por dentro ele conta com o SoC Snapdragon 820 da Qualcomm, quad-core Kryo com dois núcleos de 2,15 GHz; dois de 1,6 GHz e GPU Adreno 530, 4 GB de RAM, 32 GB de espaço interno (expansível até 256 GB via micro-SD), câmera principal de 13 megapixels com sensor de 27 mm e abertura ƒ/1,9; autofoco, Flash LED e que filma em 4K a 30 fps (pois é, a Samsung acondicionou um conjunto de alta qualidade em um tablet), câmera selfie de 5 MP com sensor de 23 mm, abertura ƒ/2,2 e que filma em 1080p, 4G/LTE, Bluetooth 4.2, BLE, A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO, porta USB-C 3.1, bateria de 6.000 mAh e Android 7.0 Nougat.


Samsung Newsroom — Galaxy Tab S3 – Design

A Samsung não informou preços ou disponibilidade, porém é seguro afirmar que ele será posicionado mais uma vez como um rival do iPad e deverá ser comercializado por valores similares. Cada unidade virá com uma nova S Pen, com ponta de 7 mm.

galaxy-book-001

Só que a Samsung também está de olho no iPad Pro (e de certa forma no Surface Pro), portanto também apresentou sua versão de híbrido com teclado destacável. O Galaxy Book é um produto voltado para profissionais e seu foco é todo na produtividade, por isso nem surpreende que ele rode Windows 10 e não Android. A empresa sul-coreana fechou uma parceria com a Microsoft a fim de desenvolver uma versão do SO específica para seu hardware, de modo a extrair o máximo do dispositivo.

O Galaxy Book vem em duas versões distintas. A primeira, mais modesta conta com display de 10,6 polegadas com resolução de 1920 x 1280 pixels (218 ppi), processador Intel Core m3 de 2,6 GHz; 4 GB de RAM, eMMC de 128 GB de espaço de armazenamento, câmera frontal de 5 MP, uma porta Micro-SD, uma USB-C e bateria de 30,4 W de carregamento rápido. Já o modelo premium possui display de 12 polegadas com resolução de 2160 x 1440 pixels (216 ppi) com suporte a vídeos em HDR, processador Intel Core i5 de 7ª geração (Kaby Lake) com clock de 3,1 GHz, 4 ou 8 GB de RAM, SSD com 128 ou 256 GB de espaço interno, câmera principal de 13 MP e frontal de 5 MP, duas portas USB-C, entrada para micro-SD e bateria de 39,04 Wh de carregamento rápido.

Ambas as versões contam com suporte a LTE cat.6 e a teclados Pogo, que não necessitam de pareamento para funcionarem com o Galaxy Book. Os tablets são compatíveis com Samsung Flow, o Continuum da companhia (que não é exatamente a mesma coisa).

Novamente nada de preços ou disponibilidade, mas cada Galaxy Book virá acompanhado de um teclado e uma S Pen, para o máximo aproveitamento dos recursos Windows 10. O que é o mínimo esperado, na verdade.

gear-vr-with-controller

A Samsung também deu um novo gás em sua linha de headsets de Realidade Virtual/Aumentada. Como o Galaxy Note7 foi para o vinagre e o S7 continuará em evidência por pelo menos mais um mês a empresa preferiu adiantar os planos e introduzir um novo Gear VR agora, com um recurso emprestado do rival Daydream View do Google: um controle remoto sem fio dedicado, desenvolvido graças à parceria com a Oculus.

Com ele os donos do Galaxy S7 e S7 edge (e também do Note 5, S6, S6 e edge e S6 edge+) terão mais conveniência na hora de consumir filmes e games de RV e RA graças aos botões e um trackpad; desta forma será possível controlar a ação com mínimos movimentos. Na verdade demorou para adaptarem algo que o Oculus Rift e concorrentes mais parrudos já possuem para os modelos compatíveis com smartphones.

O novo Gear VR é o único com previsão de lançamento e preço: ele chegará às lojas no segundo trimestre e custará € 99,99; já o controle será vendido por € 39,99 e segundo a Samsung ele será compatível com gerações anteriores do headset.


Samsung Mobile — This is a phone.

Lembrando: o Galaxy S8 dará as caras no dia 29 de março em um evento em Nova Iorque e como o teaser deixa bem claro, a grande novidade será mesmo a remoção dos botões físicos. Vamos aguardar.

Relacionados: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples