Livro contará o processo de localização do Earthbound

legends-of-localization-book-2

Jogos localizados para português existem há muito tempo, mas só recentemente começamos a ver uma quantidade significativa dos lançamentos receberem tal tratamento. Ainda assim existem muitos games que não são traduzidos para a nossa língua e quando isso acontece, é fácil vermos pessoas indignadas por terem sido ignoradas.

O que muitas vezes não nos damos conta é do enorme trabalho necessário para que um jogo seja localizado e quando digo isso não me refiro apenas a entregar textos que sigam todas as regras gramaticais, mas a todo o cuidado necessário para adaptar certas situações para a nova língua.

De fato, traduzir algo é quase uma arte e para valorizar um pouco o trabalho das pessoas que atuam nessa área, Clyde “Tomato” Mandelin resolveu criar o Legends of Localization. Tendo em seu currículo a tradução de vários animês e jogos como Kingdom Hearts II e One Piece: Unlimited Adventure, foi ele um dos responsáveis por localizar o Mother 3, continuação do game que por aqui ficou conhecido como Earthbound.

E por falar no Earthbound… Mandelin aproveitou todo o seu conhecimento sobre a área para escrever o Legends of Localization Book 2: Earthbound, um livro colorido com 432 páginas onde aborda todo o processo de localização do RPG para o Super Nintendo, um trabalho que sempre foi muito elogiado por manter a essência da história original, mas com várias adaptações para que ele fizesse mais sentido para o público ocidental.

Com capa dura e seu prefácio escrito pelo diretor da localização do jogo, Marcus Lindblom, o livro será vendido por US$ 36 e para ter uma ideia do que encontraremos nele, nesse link (PDF) você pode ler 14 páginas desse verdadeiro documento que deverá agradar tanto os fãs do Earthbound quanto aqueles que se interessam por traduções.

Aliás, é importante dizer que o Legends of Localization está repleto de textos muito interessantes sobre o assunto e se você quiser conhecer um pouco sobre a localização do The Legend of Zelda, Mandelin já publicou um livro sobre isso.

Fonte: GameInformer.

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Acho o máximo quando a refugálha xinga muito, reclamando que o {insira seu jogo preferido aqui} não tem tradução para o pt-br, principalmente de áudio (que SEMPRE fica uma merda, sem exceções).

    Sou do tempo que se aprendia idiomas jogando, com um dicionário a tira-colo… 😜

    • Maom

      Somos do tempo em que se aprendia. (ponto final)

    • Mirai Densetsu

      Eu acho engraçado. Afinal, mais do que nunca, é essencial que um cidadão que tenha acesso à Internet (ou seja, quase todo mundo) saiba pelo menos ler em inglês. Tanto é que até escola pública tem aulas de inglês.

      Aí o cara mata aula de inglês e quer consumir o conteúdo – em inglês – e ainda dá uma estrela porque não está traduzido? Dá vontade de mandar o folgado ir tomar na Fisk, na Wizard, na Cultura Inglesa, no CIL ou na escola de línguas de sua escolha.

    • Christian Oliveira

      Nada melhor que ler no original, mas se for assim imagine que “livros”de uma lingua pouco usada jamais ganhariam o mundo.

      Não é todo mundo que consegue aprender uma outra lingua, incluindo uma série de fatores.

      Naquele tempo a maioria jogava no “erro e acerto” e no “go horse”, senão não dava tempo de entregar na locadora, pegar outro e aproveitar a promoção do terceiro free.

      Enternder a histórinha e saber o que fazer lendo o texto era para muito poucos.

    • Verdade!
      Sou do tempo do MSX e MSX 2 quando muitos dos bons rpgs vinham todos em japonês e conseguíamos terminá-los na unha. Joguei muito RPG com o dicionário do lado do console ou do computador… bons tempos, aliás…

    • Reinaldo Matos

      Isso acontece bastante na lojinha do Android.
      Acho que depois do “Estou baixando, se for bom dou mais estrelas”, reclamar que não tem em português, é a segunda maior praga da loja.

      Sempre que vejo um desse, marco como spam.

    • Eu lembro de vários adventures que eu jogava num saudoso TK-3000 //e. Foi assim que aprendi inglês, tendo um vocabulário bem rico por conta dos comandos que geralmente era um verbo (ação) seguido de um substantivo (objetos). E assim, muito tempo depois, em um curso de inglês que fiz aprendi apenas a não falar igual índio, porém a essência da língua já estava bem assimilada! Um jogo que ficou muito marcado pra mim foi The Mask Of The Sun!!! Sucesso puro (pra época, né?)!!!

    • Julio Verner

      Aprendi jogando com Agenda Eletrônica… Digitava tudo em inglês e mudava o idioma do sistema… Mágica! A mesma mágica que hoje transforma placenta em floquinho, só que ao contrário.

  • Diego Marco Trindade

    Earthbound, que jogo legal… Pena que faz muito tempo que joguei e não fechei. Acho que vou ter que aproveitar no meu novíssimo Raspberry Pi, devidamente colado atrás da minha TV, com controles de X360, no Emulation Station…

  • Lembrando que quando o Lindblom quis ele próprio contar a história, a Nintendo barrou:

    http://meiobit.com/277075/tradutor-de-earthbound-e-impedido-pela-nintendo-de-escrever-livro-sobre-localizacao-game/.

  • Malcan

    Eu comecei a jogar ele, mas sei lá, não curti. Vou tentar jogar mais um pouco pra ver se acho a magia que todos veem nele.

  • Julio Verner

    Resumindo tudo(chinês, japa e macacobr)… Se TODO japonês aprende inglês, pq não lançam TUDO em inglês? Essas maravilhas que só o capitalismo de circo nos proporciona…
    Brasileiro nem conta nisso, mal sabe a própria língua em pleno século 21, quem dirá uma “universal”.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis