Por causa do No Man’s Sky, The Game Awards será diferente

no-mans-sky

Encontrar jogadores revoltados com a Hello Games e o seu No Man’s Sky é uma das coisas mais fáceis ultimamente, mas aos poucos vamos descobrindo que o impacto negativo do jogo foi tão grande, que ele poderá acabar sendo um divisor de águas na indústria.

O primeiro indício foi dado pela Valve, que alterou sua política de exibição de imagens no Steam para que os títulos vendidos por lá não passassem uma impressão equivocada do que receberemos. Essa mudança supostamente teria sido motivada pelas muitas críticas ao jogo de exploração espacial e agora sabemos que algo parecido acontecerá com o The Game Awards, mas em relação aos trailers exibidos na premiação.

Pensei muito sobre a história do No Man’s Sky,” declarou o apresentador do evento, Geoff Keighley. “Será que nós criamos o buraco negro de hype do qual os desenvolvedores não conseguiram sair? Existe uma moralidade nessa história e é parte do que estou tentando resolver esse ano; fazer com que os desenvolvedores sejam mais transparentes sobre o estado de seus jogos.

Keighley disse também que concorda com as críticas feitas ao No Man’s Sky e que tanta decepção era esperada, afinal a  maneira como ele foi divulgado fez com que cada pessoa idealizasse aquilo que queria. Ele ainda afirmou conhecer as oito pessoas que trabalharam na criação do game e que “tal visão nunca seria atingida”.

Com isso, a promessa é de que os trailers mostrados na edição desse ano do Game Awards estejam mais próximos daquilo que realmente teremos quando o jogo for lançado, inclusive com muitos vídeos mostrando trechos do gameplay. Pois acredito que não exista um jogador no mundo que não prefira que a divulgação de novos títulos aconteça dessa maneira e por isso só posso dizer um obrigado à Hello Games, mesmo que eles tenham conseguido nos fazer esse favor por vias tortas.

Quanto aos títulos que concorrerão na edição desse ano, o jogo que mais aparece entre os possíveis vencedores é o Uncharted 4: A Thief’s End, com oito indicações, seguido pelo Firewatch, Overwatch e Inside, cada um com cinco indicações. Já sobre as editoras, a Sony está em primeiro com 12 indicações, com a Electronic Arts logo atrás com 10 e a Blizzard com sete.

Como a lista é bem extensa, recomendo dar uma olhada no site da premiação, que acontecerá em Los Angeles no dia 1º de dezembro. Abaixo você confere os concorrente da principal categoria:

Jogo do ano:

  • Doom (id Software/Bethesda)
  • Inside (Playdead)
  • Overwatch (Blizzard)
  • Titanfall 2 (Respawn/Electronic Arts)
  • Uncharted 4: A Thief’s End (Naughty Dog/Sony Interactive Entertainment)

Fonte: IGN.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis