Por causa do No Man’s Sky, The Game Awards será diferente

no-mans-sky

Encontrar jogadores revoltados com a Hello Games e o seu No Man’s Sky é uma das coisas mais fáceis ultimamente, mas aos poucos vamos descobrindo que o impacto negativo do jogo foi tão grande, que ele poderá acabar sendo um divisor de águas na indústria.

O primeiro indício foi dado pela Valve, que alterou sua política de exibição de imagens no Steam para que os títulos vendidos por lá não passassem uma impressão equivocada do que receberemos. Essa mudança supostamente teria sido motivada pelas muitas críticas ao jogo de exploração espacial e agora sabemos que algo parecido acontecerá com o The Game Awards, mas em relação aos trailers exibidos na premiação.

Pensei muito sobre a história do No Man’s Sky,” declarou o apresentador do evento, Geoff Keighley. “Será que nós criamos o buraco negro de hype do qual os desenvolvedores não conseguiram sair? Existe uma moralidade nessa história e é parte do que estou tentando resolver esse ano; fazer com que os desenvolvedores sejam mais transparentes sobre o estado de seus jogos.

Keighley disse também que concorda com as críticas feitas ao No Man’s Sky e que tanta decepção era esperada, afinal a  maneira como ele foi divulgado fez com que cada pessoa idealizasse aquilo que queria. Ele ainda afirmou conhecer as oito pessoas que trabalharam na criação do game e que “tal visão nunca seria atingida”.

Com isso, a promessa é de que os trailers mostrados na edição desse ano do Game Awards estejam mais próximos daquilo que realmente teremos quando o jogo for lançado, inclusive com muitos vídeos mostrando trechos do gameplay. Pois acredito que não exista um jogador no mundo que não prefira que a divulgação de novos títulos aconteça dessa maneira e por isso só posso dizer um obrigado à Hello Games, mesmo que eles tenham conseguido nos fazer esse favor por vias tortas.

Quanto aos títulos que concorrerão na edição desse ano, o jogo que mais aparece entre os possíveis vencedores é o Uncharted 4: A Thief’s End, com oito indicações, seguido pelo Firewatch, Overwatch e Inside, cada um com cinco indicações. Já sobre as editoras, a Sony está em primeiro com 12 indicações, com a Electronic Arts logo atrás com 10 e a Blizzard com sete.

Como a lista é bem extensa, recomendo dar uma olhada no site da premiação, que acontecerá em Los Angeles no dia 1º de dezembro. Abaixo você confere os concorrente da principal categoria:

Jogo do ano:

  • Doom (id Software/Bethesda)
  • Inside (Playdead)
  • Overwatch (Blizzard)
  • Titanfall 2 (Respawn/Electronic Arts)
  • Uncharted 4: A Thief’s End (Naughty Dog/Sony Interactive Entertainment)

Fonte: IGN.

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Gradash

    Jogo do ano, não joguei nenhum e nem vou jogar kkkkkkkkkkkk

    Pra mim o melhor é o Tyranny!

    • David

      O melhor é a DLC do The Witcher 3 concorrendo à melhor RPG…..

    • O fantástico senhor raposo

      Eu realmente nao gosto desse tipo de jogo. Eu juro que eu tentei jogar, muito dialogo escrito, se pelo menos as batalhas fossem interessante

      • Gradash

        Eu já acho batalhas de jogos como GoW e afins um saco, eu curto algo mais tático ou de ação complexa como em jogos de luta.

    • SignaPoenae

      Tá na minha lista de desejo do steam. Vale os 80 mangos? Tem uma pegada de baldurs gate ou é outro estilo?

      • Gradash

        Pra mim valeu, ele é um RPG curto (20 a 30 horas), porém ele tem 4 caminhos possíveis e cada um muda o jogo inteiro, é basicamente jogar um jogo diferente no mesmo universo 4x, então ele salta de 20 horas para 80 horas se quiser ver todos os lados.

  • Davi Leichsenring

    No Man’s Sky vai entrar pra história. Não do jeito que queria, mas vai.

    • Wall_Kinho

      Exato!

  • Sério que esse ano foi tão ruim de jogo que tiveram que colocar Overwatch e Doom pra encher linguiça? Caramba…

    • Willian Topa

      Também achei fraquíssimo esse ano, e não entendi o porque do Gears 4 não está nessa categoria. Titanfall 2, sério?!

      • Marco Antonio

        GOW 4 tentou utilizar o apelo que o GOW 1 trouxe, com melhorias gráficas, introduzindo uma nova história, esperando que os jogadores se conectassem com o jogo como ocorreu durante a evolução da primeira saga (quem não ficou triste com o Dom sofrendo pela Maria e se sacrificando depois?).
        Ao meu ver, trouxe belos gráficos, uma engine modificada, novos elementos de cover and shoot, mas não chegou ao pés do que já foi (ainda que tenha sido infinitamente melhor que o Judgement).

        O que eu realmente não entendo é esse hype em torno do Overwatch. Achei mais do mesmo, tosquissimo, uma mistura de MP do Halo com uns personagens altamente viajados!

        • Willian Topa

          Realmente, GOW 4 é muito belo, mas não tem aquela carisma e tal, mas convenhamos que ele poderia estar na categoria no lugar do Titanfall ou até desse Overwatch, joguei ele e achei muito estranho, jogo meio infantil, também não entendo esse hype todo em volta dele.

    • O Doom é um jogaço.

      • Mas pra jogo do ano?? Tem algo errado aí.

        • Em outros anos talvez não, mas não acho exagero sua indicação.

          • Não é exagero ele estar ali, apenas estranho saber que não foi feito nada melhor para estar no lugar dele. Ou do Overwatch.

          • Jorge Dondeo

            O povo tem preconceito contra fps. É só frescura mesmo.

          • Depende do nível do fps. Um Far Cry poderia estar ali, com facilidade.

    • Diego Natan Canteri

      Eu esperava o Battlefield 1 nessa lista, pelo menos como indicado.

  • Maom

    Não dá pra entender nego comprar pré venda de um jogo desconhecido. E jogos em construção no steam então… Com tanto jogo bom pra comprar, que obviamente ninguém jogou todos os jogos bons já lançados pq hj em dia sai muita coisa, o cara vai se arriscar comprando algo incerto sendo que poderia esperar duas semanas e ver um gameplay no youtube e uns reviews pela net. O hype é o cabresto do nerd.

    • Israel Pinheiro

      Já comprei muito jogo em em desenvolvimento na Steam, nenhum deles chegou nem perto de decepcionar tanto quanto o No Man’s Sky, pelo contrário, para o preço que paguei, estão entre os melhores que tenho.

      • Maom

        Prefiro comprar o jogo 6 meses depois e com os descontos e promoções pago mais barato que os beta testers pagaram e ainda sei muito bem o que estou comprando. Ainda mais em jogos sem competição multiplayer.

    • Christian Oliveira

      Pior ainda é comprar mesmo com um beta disponível, já desisti de muito jogo depois de jogar o beta. Na steam se pegarmos jogos de 2 anos atras tem uma montanha a ser explorada por preços muito bons, imagina então a 5, 10 anos.
      Também não entendo alguém pagar mais de 250 reais numa pré venda, mesmo que seja uma franquia estabelecida sempre tem a chance de ficar, de sair cheio de bugs.
      Vai entender.

      • NMS custou 129,00 na pré venda. Hoje está por 79,00 se não me engano. Não achei o jogo ruim. Acho que a maioria dos reviews negativos, e os mais pesados, são por conta de que o jogo não é um shooter. E ele nunca foi anunciado como tal. Desde o início o desenvolvedor foi muito específico: É um jogo lento de exploração! Aí eles lançam exatamente o que foi anunciado e mesmo assim o povo fica histérico que o jogo é parado e mimimi. Porra. Não leram ou não entenderam e se acham no direito de esculachar o jogo.
        Ok, admito, é meio repetitivo e tem muitas características que poderiam ser diferentes, mas só pelo que se propõe e a maneira como foi executado, acho que o jogo merece no mínimo uma chance. Não costumo comprar nada em pré venda, mas nesse caso me permiti ajudar o desenvolvedor, e não me arrependo.

    • Eu larguei pré vendas qdo comprei aquele “Motor Rock” que é uma cópia do Rock n’ Roll Racing, e não durou 1 semana no ar, Tá, tem o Infestation aquele lixo.

      • Meninão Bobo

        WarZ era muito bom o jogo era um arcade legal mas a peste chamada xiter acabou com o jogo… 🙁

  • Adalio Siqueira

    Esse no man sky, nem se fosse como na divulgação me empolgaria… nunca vi nada de interessante nisso… e nunca acreditei que um jogo com gerador de “lero lero”, poderia ter um fim decente.

  • Deus Excreve certo por linhas tortas?

  • kr3bys

    No Man’s Sky, daqui uns 5~10 anos, será aquele jogo “cool”, onde hipsters irão jogar e estufando o peito irão dizer: “eu fui o único que gostou quando lançou”.

  • Othermind

    Ta uma barbada para Uncharted esse ano hein..

  • Manoel Jorge Ribeiro Neto

    Tem gente criticando por Overwatch estar na lista de concorrentes ao GOTY (certamente são pessoas que nunca jogaram o jogo). Overwatch é excelente! Eu jogo no PS4 e discordo completamente de quem fala que o jogo é ruim. O jogo é super divertido e merece o título de “LOL dos FPS” que muitos dão. Mas acho que por ele estar na concorrência ao GOTY é porque os outros jogos foram fracos. Na minha opinião: Uncharted 4 leva o caneco.

  • Nilton Pedrett Neto

    Se eu pudesse sugerir algo aos devs de NoManSky eu diria:

    Pessoal, bota todo mundo para aparecer no mesmo sistema solar com possibilidade de ir explorando o universo próximo, competindo por recursos… e só. Isso tornaria a dinâmica do game completamente diferente e resolveria vários dos problemas que a galera listou.

  • OverlordBR

    No Man’s Sky deveria ganhar o título de JOGO DO ANO só pela trollagem que fez no pessoal!

  • marcelokohl

    No Man’s Sky realmente conseguiu mudar o mundo dos games!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis