Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Caso seja eleito CEO da Microsoft, Stephen Elop pode acabar com o Bing e vender a divisão Xbox

Por em 8 de novembro de 2013
emComputação móvel Comunicação Digital Hardware Microsoft Microsoft Planeta Sem Fio Software relacionados         
Mais textos de:

Twitter
  • abraaocaldas

    Vender a divisão XBOX seria uma insanidade, ainda mais agora que estão tentando integrar tudo, depois para aumentar os lucros eles vão querer vender a Nokia também?

    • Aleandre Da Silva Costa

      Concordo plenamente, você vende oque tem gera dinheiro, enche o bolso de grana, e depois o dinheiro acaba e sua fonte de renda também. Dinheiro tem que estar em investimentos, fazendo a economia funcionar e não guardado. No bing tudo bem que ninguem usa, mas vender o xbox e uma burrice sem tamanho.

      • Xultz

        A gente pode achar isso tudo uma insanidade, mas não temos acesso aos números que ele tem. Xbox é legal, vendem, o povo adora, etc, etc, mas a lucratividade é aquela que é desejada pela empresa? O mercado é movido por estes números. Veja o caso da Apple: vende que nem água, é gigante, todo mundo adora, mas o valor das ações caem em velocidade constante, qualquer um diria por estes números que a empresa está à beira da falência. Qual é o coelho que ele pretende tirar da cartola que dê mais lucratividade, isso só ele sabe.

        • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

          Exatamente isso que eu falo. Um CEO atua visando lucro e não por carisma por produto e paixão.

          Isso que o povo não entende. Lembram da mesa multitouch chamada de Microsoft Surface (a mesa, não o tablet)?!

          Era um produto sensacional e futurista, mas que não daria grandes lucros… conclusão: a Microsoft encerrou o projeto.

          • Marcelo Eiras

            CEO que visa lucro e não estrategia não é visionário, é um simples picareta. Ele corta tudo que for possível inflando artificialmente os ganhos por algum semestres embolsando o bônus e daqui alguns anos pula fora deixando todo mundo na mão e de bolsos cheios.

          • http://www.windows8brasil.com/ Luandersonn Airton Sousa Silva

            Eu fico imaginando um CEO como esse chegar e falar:

            “O Windows Phone não está dando lucro, vamos descontinua-lo”.

            Sendo que o mercado de smartphones e tablets é altamente estratégico e rentável. É pedi para a empresa encolher.

  • Aleandre Da Silva Costa

    Ex nokia, que quase faliu nas mãos dele? Duvido muito que os acionistas sejam tão burros. Claro que ele podia ser um trojam feito pra falir a nokia e facilitar a aquisição pela microsoft, mas em ambos os casos desmerecem a gestão dele.

    • Fabio Pasini

      Já pensou, um memo estilo “BING, your platform is burning” ?

  • Marcus

    Pensando bem, imagina se a Apple compra a divisão Xbox…todos os macfags iriam acabar se curvando a um produto Microsoft, ainda que indiretamente.

  • http://toonsfera.com.br/ STX

    Espero que não cometam essa insanidade. A Microsoft precisa mesmo é pensar grande como o Google que atira pra tudo quanto é lado! Vender o Bing pode até ser, mas o Xbox, mesmo o one não sendo tão bem visto, ainda é um tiro no pé

  • Henrique Oliveira

    kkkk este elop e um fanfarrao mesmo. acabou com a melhor empresa de celular de todos os tempos, agora q fu com m$, menos mal, assim algumas pessoas pensam em usar software livre ou parte para grande maça.

  • Marlos

    Eu uso até o DuckDuckGo e não lembro que existe o Bing às vezes.

    • Vinicius K.

      Se o marketshare do Bing é ridículo em escala mundial, que dirá o DuckDuckGo?

      Google ia virar monopólio da noite pro dia. :(

    • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

      Isso porque Bing Is Not Google. Hahahaha….

    • Glauber Silva

      Também uso DuckDuckGo quando quero links que não tão pagando e tem mais conteudo.

  • True Story

    essecara ta usando drogas? Fazer isso é declarar a falencia da empresa.

  • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

    Ele come cocô?

    • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

      Falaram a mesma coisa das ideias da Marissa Mayer e olha o que ela fez com o Yahoo!
      Pessoas visionárias na maioria das vezes não são entendidas por meros mortais, não que o Elop seja um visionário, mas ele fez algumas coisas legais na Nokia.

      • Douglas

        pensar visionário é uma coisa, outra bem diferente é CEO com foco no trimestre, que só quer cortar e vender a empresa, para que ela, em um tamanho menor, ganhe bastante lucro (proporcionalmente ao novo tamanho menor dela), fazendo uma coisa só, ai em alguns trimestres ele ganha o bonus e daqui 2 a 5 anos tá fora da empresa numa boa. 10 anos depois a empresa quebra ou é toda vendida.

        • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

          O que não é uma estratégia muito diferente do que ele fez na Nokia.

          • Marcelo Eiras

            A estratégia do Elop na Nokia era apenas e tão somente beneficiar a Microsoft seguindo ordens diretas de Redmond.
            Graças a Elop a Nokia nunca mais será a mesma, será apenas uma empresa de nicho, como de nicho é o Windows Phone

          • Douglas

            é verdade, o cara foi um Cavalo de Tróia mesmo

          • Leonardo Lima

            Provas?

        • Bruno Barbieri

          A, o capitalismo do resultado trimestral para acionista… é uma maravilha.

      • Marcelo Eiras

        Que coisas legais ? Quase leva-la a falência ?

        • Gradash

          Por mais que eu deteste o Elop, a Nokia teria quebrado bem antes se não fosse por ele, a Nokia estava no fundo do poço quando ele assumiu e fez ela até dar uma crescidinha.

          • Marcelo Eiras

            A Nokia foi vendida com as ações quase no chão, a administração Elop foi um desastre. O Elop nunca foi CEO da Nokia de fato, era apenas um funcionário da Microsoft infiltrado (cavalo de troia) com o objetivo de desvalorizar a empresa (para a MS pagar menos) e ter certeza que a Nokia jamais escolheria o Android que seria o caminho mais obvio e acertado e sim o azarão da corrida mobile, o Windows Phone.
            Em suma como presidente da Nokia Elop só fez ações para beneficiar a Microsoft.

      • Marcelo Eiras

        O que a Mayer fez no Yahoo foi vender ou fechar tudo que não dava lucro. É uma decisão obvia com resultados positivos garantidos apenas a curto e médio prazo.

    • BielSilveira

      As ideias dele me parecem bem plausíveis, principalmente considerando que a divisão Xbox não da assim tanto lucro. (Até onde eu me lembro, nem lucro dava).

    • Bruno Barbieri

      heheehe cardoso ta maluco pq os bagulhos que ele apostou da MS deu tudo em caca ahuahuha

      eu diria que era loucura vender o xbox, mas esse One foi bem cagado mesmo… em pre vendas já esta 1 xone para 4~5 ps4.

      pena, era bom a concorrência, mesmo fazendo dumping com dinheiro do office e windows e ainda assim perdendo…

  • http://www.twitter.com/RaptorHawk Hawk

    Baita tiro no pé isso daí hein.

  • Leonardo Marsal

    Se na opinião dele a MS deveria pensar exclusivamente em software, então a compra da Nokia não teria feito sentido, certo!?

  • DesktopForever

    Acabar com o Bing (justo agora que é parte do Windows) e o Xbox, tiram a Microsoft do mercado doméstico.

    A Microsoft deve se tornar uma IBM nas mãos de Elop.

    Na boa, essa cara é louco!!!

    • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

      “Na boa, essa cara é louco!!!”

      Falaram a mesma coisa da Marissa Mayer, do Da Vinci, de Galileu e de muitos outros….

      Não estou dizendo que o Elop seja uma boa escolha, mas empresas pensam em lucros e não em afinidades e carisma por produtos.

      Veja o que ele fez na Nokia, aumentou os lucros em 50% com medidas drásticas. Veja que a frase chave é “AUMENTOU OS LUCROS EM 50%”

      Isso é o que interessa para os acionistas!

      • Douglas

        E onde está a Nokia hoje? o que ele fez foi “arrumar a noiva” um conceito bem velho em termos de fusões e aquisições. se busca um lucro de curto prazo, para vender a empresa por mais do que ela valia antes

      • DesktopForever

        Comparar Microsoft com Yahoo não faz o menor sentido.

        A Microsoft concorre com Google e Apple, que têm negócios muito mais amplos e fazem integração total de seus produtos.

        São negócios estratégicos que fortalecem o ecossistema.

        Por que o Google insiste no G+? Estratégia. Expectativa de sucesso no futuro e nunca dar folga para a concorrência.

        O Bing teve aumento de 47% no faturamento, com certeza já são resultado da integração com o Windows 8 e WP.

        O desenvolvimento do Xbox One custou muito dinheiro, 300 mil servidores para a Xbox Live não foram de graça, mas visam uma integração nunca antes vista em um console.

        Mesmo assim a empresa fechou o trimestre com recorde no faturamento e lucros.
        goo gl / RbSLWB

        Mas na visão do Elop, a Microsoft deve abandonar tudo e viver só de Office. O que faria da empresa uma presa fácil para os concorrentes.

        • abraaocaldas

          Justamente, comparar Microsoft com Yahoo é ruim, o problema que ele quer resultado logo, é a mesma coisa que vender tudo que você tem, vai ficar com grana no bolso, mas vai dormir onde no dia seguinte?

  • http://www.cienciapop.com.br/ Portal CiênciaPop

    “Já vender a divisão Xbox é questionável: com a empresa prestes a lançar o Xbox One, abrir mão dela seria muito precipitado e além do mais, que empresa a compraria?”

    a Valve? :-)

  • Lucas Timm

    O XBox eu não acho que ele venderia. Ele acaba fazendo muita grana girar.

    Agora, do restante, eu não discordo das possíveis atitudes dele. A Microsoft tem a síndrome de pato que muitas empresas tem: Vivem tentando abraçar o mundo com as pernas e acabam não fazendo nada direito.

    A IBM fez muito isso no passado, e só realmente se encontrou quando vendeu a divisão de pecês domésticos e se focou no que ela realmente sabe: Business. E business pra IBM é hardware E software, solução completa. Isso já faz 10 anos, e fez muito bem para ela.

    A Microsoft há anos está stuck no mercado desktop, que não vai desaparecer, mas tende a reduzir. Os pecês já são bons o bastante como são hoje e claramente não existe uma linha muito extensa para desenvolvimento. Com isso, arrasta-se também o Office no atual modelo que ele é hoje, e o Internet Explorer (que apesar de não ser um produto) também entra no pacote.

    Sendo seus dois produtos igualmente desgastados, e atirando pra tudo quanto é lado, é claro que não vai dar certo mesmo. Eu imagino que ele faria uma possível segmentação interessante:
    1) Doméstico (Windows, Skype, free apps e Xbox);
    2) Business (SQL… argh.. Server, Exchange, AD, Windows + Office e cia ltda)
    3) Mobile (Windows Phone e tables).
    4) Development e ecosystem (.NET, Visual Studio, etc)

    Seria ótimo ver os dispositivos Microsoft numa geração dessa, sem ter tablets querendo ser ultrabook, notebook querendo ser tablet, etc. O legado seria deixado pra trás. “Experiência única”? My ass.

  • Noneldo

    Bom, levando em conta que o XBox não traz muitos lucros para MS, a idéia do cara é 100% comercial, ignorando completamente a opinião do público.
    Só quero deixar bem claro que, o fato de eu dizer que o XBox não dá lucro não significa que ele seja ruim, por favor, não quero começar uma briga com meio site por dizer isso (e nem pelas próximas palavras), só queria apontar alguns fatos.

    Sim, o Xbox vendeu mais de 80 milhões de unidades em quase 9 anos, vendeu mais outros milhões (bilhões, provavelmente) em jogos, mas isso não foi o suficiente para torná-lo um sucesso (comercialmente falando). Para a MS, o maior lucro ainda é o Windows e o Office, que recentemente foram apontados por quase 100% dos lucros da MS, por isso a idéia do cara de investir em softwares e vender o XBox e o Bing, mesmo que aparentemente muito absurda, faz um certo sentido (comercialmente falando).

    Porém, toda via, entretando… se levarmos em consideração que o objetivo nº1 do XBox quando foi lançado (isso falando do primeiro XBox) que era impedir o monopólio da Sony nos consoles de mesa para jogos “hardcore”, o XBox tem se saído extremamente bem.

    (Momento Profeta do Acontecido) Se a Sony tivesse esse monopólio, provavelmente (com muita ênfase no “provavelmente”), o PS3 teria vendido tanto quanto ou até mais que o PS2, o Steam provavelmente estaria no PS3, e não teriamos a discução PC vs Console. O que provavelmente diminuiria e muito as vendas de PC, caindo as vendas do Windows, caindo o lucro da MS…

    Bom, se me perguntarem, eu acho que a idéia do cara de vender o XBox é realmente de retarda… não pelos motivos que as pessoas estão falando, mas sim, é uma idéia de retarda hahaha

    (Momento Fã Boy) Mas se a MS vendesse o XBox pelo menos a NIntendo poderia comprar de volta da Rareware =) ae teria mais Banjo Kazooies, mais Donkey Kongs daora, mais Conker’s Bad Fur Days, e outros…

    • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

      A Rareware já morreu pois boa parte dos talentos estão em outras desenvolvedoras: o que seria mais interessante é a Nintendo comprar as propriedades intelectuais que fizeram sucesso nos antigos consoles.

      • kenji

        E Conker retornaria em um jogo muito parecido com os betas, antes de Bad Fur Day. Só de pensar me deu calafrios.

        • Gradash

          Conkers se consagrou como o mais politicamente incorreto EVER, não pode mais voltar, ou deia na geladeira ou faz algo mais bizarro ainda. Prefiro a segunda opção.

        • Rodolfo da Silva Carvalho

          Conker no Nintendo 64 foi muito politicamente incorreto, e o remake para Xbox 360 teve bastante censura. Não dá para ter certeza do que aconteceria se esse personagem voltasse para a Nintendo.

      • Noneldo

        Morreu não, tio Laguna… deixa eu sonhar um pouco, dá licença!!!!

    • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

      Exatamente isso que eu acho. O Elop é um cara comercial e que visa LUCRO REAL e não trata as coisas por afinidade ou carisma por produtos. O negócio é lucrar! Isso que os acionistas esperam dele. Vide as decisões drásticas na Nokia, mas que resultaram em 50% de aumento nos lucros.

      • http://miudostrocados.wordpress.com Rodrigo Santiago

        E existe CEO que não visa ao lucro?

        • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

          Tem. Steve Jobs foi um cara que primava pela qualidade, pois ele sabia que o lucro seria a consequência e não a finalidade.

          • http://miudostrocados.wordpress.com Rodrigo Santiago

            Que bobagem, cara, ele primava pela qualidade pois sabia que poderia aumentar o valor final do produto, gerando mais lucro.

  • http://ceticismo.net/ Pryderi

    “Caso seja eleito CEO (…)”

    Algo me diz que não vai.

    • http://www.windows8brasil.com/ Luandersonn Airton Sousa Silva

      Agora, mais do que nunca, torcemos que não.

  • Tiago Medeiros

    “Vamos vender tudo e virar o ano com as contas em dia!”
    Que solução juvenil…

    • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

      É sério que você acha que ele chegou a ser CEO da Nokia e VP da Microsoft sendo um tapado com “soluções juvenis”?!

      • Tiago Medeiros

        É sério que você acha que grandes empresários nunca tomam decisões erradas?

        • http://www.shimatai.com.br Wagner Shimatai

          Não acho, mas também não acho que o conselho administrativo da Microsoft seja tolo e ingênuo.
          Acho difícil ele tomar decisões juvenis e mal pensadas, ainda mais com uma equipe de executivos como os presentes na Microsoft.

          Na boa, não acho o Elop uma boa escolha, mas a Microsoft deve ter motivos bons para indicar interesse por ele como CEO.

          Tem muitos números e KPI’s que nós (meros mortais) não temos acesso e dão base a decisão do conselho.

          • Tiago Medeiros

            Não disse que ele tolo ou ingênuo, mas sim que ele pode tomar decisões levando em consideração outros fatores bem distantes dos interesses dos acionistas e do público, para [aparentemente] se destacar dos outros concorrentes ao cargo. Juvenil.

            Isso pelo que dizem sobre o que ele quer fazer, sem levar em conta a equipe de executivos.

      • Marcelo Eiras

        A lista de CEOs estúpidos é enorme.

  • Bicows

    Na minha visão de mero espectador:

    Ok, ao que me parece, tudo isso a curto prazo, mas e a longo prazo?
    Vender o Bing td bem, mas a divisão Xbox já seria um tiro no pé, só ela teve alta de 9,4% e ainda crescendo e ganhando terreno do PlayStation, além dos medias centres estarem caindo no gosto dos consumidores.
    Sem contar que o mercado de PCs vem perdendo terreno a passos largos faz tempo.
    Não sei se manter o foco em software apenas vá dar certo, mas só se descobre tentando.

    Agora irônico seria a venda da divisão Xbox…. pra Sony.
    Afinal, ela é a maior interessada no Xbox, ou no fim dele.

  • Natan Facchin

    Opa, chegou o cavalo de tróia hahahaha
    Até concordo em vender o Bing, ninguém usa mesmo e não é muito bem.
    Juro que tentei usar.
    Agora a divisão Xbox é burrice.
    É uma chance da M$ sair da dependência do PC e ser relevante em outras áreas.

  • Davi Braga da Rocha

    Lendo isso só consigo pensar:
    Qual empresa está pagando o ELOP por baixo dos panos dessa vez? Usando ele como um Cavalo de Troia?
    Bing pode não ser o mais usado, mas é estratégico por alguns motivos:
    1 – Impedir o monopólio do Google
    2 – Quantidade de informações, como perfis de usuário, pesquisa, compra e etc. que o Bing agrega à MS. Hoje temos três players nesse segmento: Google, Facebook e Bing, matar o Bing seria uma burrice.
    Vender a divisão XBOX é uma estultice sem tamanhos, é o fator “Cool” da MS, o que faz ela ter fãs (e consequentemente gerar mais dinheiro). Durante anos a MS foi o “Top of Mind”, agora que está conseguindo se tornar o “Top of Heart” com o Xbox e Windows Phone vem o Elop e diz que quer vender tudo? Burrice sem tamanho.

    Ele está tendo apenas uma visão cretina de CEO a curto prazo. Isso pode ser bom pra ele e pros acionistas em um curto prazo, mas no longo prazo vai matar a empresa. Não estou dizendo que empresas não devam ter lucro, digo justamente o contrário: Devem pensar não apenas no balanço trimestral, mas em como sobreviver e de preferência como mandar no mercado a longo prazo. Isso é algo que o Elop não parece enxergar.

  • http://facebook.com/leo_koester Leo Koester

    Ter que voltar a usar Google é uma merd… Logo agora que me acostumei com o verbo Bingar…

  • Pingback: Steve Ballmer: conselho da Microsoft indiretamente apressou sua saída

  • Pingback: Alan Mulally e Satya Nadella são favoritos à cargo de CEO da Microsoft

  • Pingback: Microsoft registra aumento de 2,8% nos lucros no fim de 2013

  • Pingback: Acionistas da Microsoft querem que Nadella foque o mercado corporativo