Home » Games » Games para PC » Valve elogia política adotada pela Sony para jogos online

Valve elogia política adotada pela Sony para jogos online

8 anos atrás

dori_csgo_08.11

Quando a Valve anunciou que lançaria o Portal 2 para o Playstation 3 e ele permitiria que os jogadores do console pudessem jogar com quem estivesse no PC, eu sinceramente achei que uma boa quantia em dinheiro tivesse influenciado a decisão. Hoje tenho a sensação de que o motivo tenha sido mesmo a burocracia que a Microsoft impõe às produtoras, algo que foi comentado por Chet Faliszek, roteirista do jogo, ao ser questionado sobre a utilização de cross-platform.

Com a Sony - e fizemos isso com o Portal 2 - eles foram muito bons em trabalhar com essa coisa; eles estiveram realmente abertos a essa ideia. Eles pensam sobre isso como nós pensamos: somos jogadores, não pensamos na ‘plataforma’. É como , eu tenho todas as plataformas e irei jogar qualquer uma, apenas quero jogar e eles foram muito prestativos nesse sentido.

Faliszek aproveitou ainda para dar uma cutucada no Xbox 360 em relação ao Counter-Strike: Global Offensive, afirmando que enquanto o console terá sua própria comunidade, os jogadores de PS3, PC e Mac poderão jogar entre si, com um sistema de marcação de partidas levando em consideração a habilidade da pessoa, independente de ela estar jogando com teclado + mouse ou controle.

Na minha opinião o único motivo para a Microsoft impor tantas regras às empresas quando o assunto é o que elas disponibilizarão na Live, é para que a rede mantenha-se segura, mas mesmo assim, isso prejudica a imagem de alguns jogos e pior, impede que os jogadores os aproveitem como em outras plataformas.

[via CVG]

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários