Home » Hardware » Primeiras impressões da workstation Dell Precision M5530 no uso profissional

Primeiras impressões da workstation Dell Precision M5530 no uso profissional

Gilson Lorenti conta como tem sido sua experiência com a workstation Dell da série Precision 5000 no seu estúdio, que produz cerca de 4 mil fotos por semana.

12/04/2019 às 11:14

Post publieditorial

Olá pessoas, tudo bem? Aqui é Gilson Lorenti, fotógrafo, falando das terras quentes de Presidente Prudente no interior de São Paulo, e é um indescritível prazer voltar ao MeioBit para um trabalho bem bacana.

Dell Precision 5000 – Foto: Gilson Lorenti

Quem acompanha o site sabe que fiquei 10 anos escrevendo sobre fotografia por essas bandas. Foi uma época muito bacana de minha vida, onde conheci várias pessoas e participei de vários eventos interessantes como representante do site. Um dos temas que mais abordei durante esse tempo foram os programas de edição de imagem. Conversamos sobre as várias versões do Photoshop e quase pegamos a versão beta do Lightroom que foi lançada em 2006, dois anos antes de eu começar a escrever no site.

Porém, com a evolução desses softwares de edição, um problema começou a perturbar os usuários dos programas. O poder de processamento necessário para que eles funcionem de maneira confortável cresceu absurdamente. Hoje, a maior reclamação dos usuários é a lentidão em máquinas com desempenho médio. Isso é um entrave para quem precisa processar um grande número de imagens por dia. Aqui na cidade, em nosso estúdio, produzimos uma média de 4 mil fotos semanalmente e, por conta desse fluxo enorme, tempo de edição e finalização consome a maior parte das horas dos profissionais envolvidos. Então é de grande importância computadores com alto desempenho para essa atividade.

Dell Precision 5000 – Foto: Gilson Lorenti

É nesse ponto que entra a Dell. A empresa me convidou para usar a workstation da Série Precision 5000 na minha rotina profissional. Esse equipamento faz parte de um portfólio de equipamentos de alta performance preparado para atender a demanda de profissionais que precisam de desempenho. Não estamos falando de um notebook comum, e sim de uma workstation. Ela é preparada para entregar alto desempenho e resolver os problemas que seu negócio possui ao necessitar de uma máquina poderosa.

Dell Precision 5000 – Foto: Gilson Lorenti

Esse Dell Precision M5530 2 em 1 que tenho em mãos nesse momento é uma máquina muito bonita. O design segue o que a Dell vem fazendo nos últimos anos com uma tampa de aço escovado. Uma coisa que notei ao abrir a máquina foi a diminuição das bordas na tela, o que faz uma tela de 15 polegadas caber no chassi de um computador de 14 polegadas. Essa característica faz da máquina a menor workstation de 15 polegadas do mundo.

Dell Precision 5000 – Foto: Gilson Lorenti

E dentro dela temos Processador Intel® Core™ i7-8706G (cache de 8 MB, até 4,1 GHz), 16 GB de memória RAM DDR4 a 2.400 MHz, Placa gráfica Radeon™ Pro WX Vega M GL com memória gráfica HBM2 de 4 GB e Tecnologia Thunderbolt 3, disponível pela porta USB 3.1 tipo-C. A tela é Touchscreen IGZO4 UltraSharp™ de 15,6" com resolução Full HD (1920 x 1080), antirreflexo, iluminação traseira por LED e visualização ampla.

Dell Precision 5000 – Foto: Gilson Lorenti

Uma máquina de respeito. Utilizei o Dell Precision M5530 em todas as minhas atividades cotidianas. Isso inclui edição de fotos em lote no Adobe Lightroom CC Classic, montagem de artes no Adobe Photoshop e no Corel Draw, gravação e edição de podcast no Adobe Audition CC e edição de vídeo com o Adobe Premiere CC. Todos esses programas são pesados e consumidores vorazes de memória.

Convido a todos a acompanharem essa saga e esperar pelo próximo post onde irei mostrar o resultado de todas essas experiências.

 

Este post é parte de uma campanha da Dell.

relacionados


Comentários