Home » Meio Bit » Software » Microsoft China copia cópia do Twitter

Microsoft China copia cópia do Twitter

9 anos atrás

Casos como a ferramenta que utilizava código GPL sem cumprir os termos da licença não contribuem em nada para a imagem da Microsoft, mas para pisar feio mesmo na bola, só terceirizando para o Oriente.

Foi o que aconteceu com a Microsoft China, que clonou, kibou, copiou, chupou, plagiou descaradamente o Plurk, serviço de microblogging mais popular da Ásia. A Gigante de Ledmond lançou sem muito estardalhaço sua versão de Twitter Genérico, o MSN Joku.

Imediatamente os usuários perceberam que havia uma leve semelhança entre o Joku e o Plurk. Julgue você mesmo:

A chupada do layout já seria ruim. Funcionalidades, pior. Só que quando o pessoal do Plurk estudou mais a fundo a ferramenta, examinando chamadas DHTML, código do cliente e o comportamento da aplicação botou a boca no trombone, dizendo que Joku é pra Jacu!

80% do código é idêntico.

A chupada foi tão vergonhosa que a Microsoft China retirou do ar o MSN Joku na hora. Segundo eles o desenvolvimento da aplicação foi contratado em uma empresa terceirizada. Eu acho até viável, já aconteceu algo semelhante comigo; empresa contratada para desenvolver uma aplicação orçou centenas de horas de desenvolvimento, mas entregou uma aplicação open source sem os créditos, apenas renomeando os títulos.

O que não acredito é que a Microsoft China não tenha ninguém auditando esse tipo de serviço. Não acredito que alguém da área de TI/Internet não tenha percebido a semelhança obscena entre os dois sites, e não tenha investigado para descobrir a kibada.

Em declaração a Microsoft Microsoft entra na confusão, confirma o roubo e acrescenta:

1 - O código foi produzido por uma terceirizada
2 - Há violação de contrato, pois a Microsoft exige cláusulas rígidas quanto a propriedade intelectual
3 - O serviço MSN Joku foi suspenso indefinidamente
4 - "Estamos muito desapontados, pedimos desculpas ao Plurk e os contactaremos diretamente para explicar tudo e resolver a situação"
5 - "Em vista do incidente, a Microsoft e nossa join venture MSN China irão reexaminar suas práticas quanto a código produzido por terceirizadas"

A Microsoft (matriz) pode ser acusada de muitas coisas, mas burros eles não são. Copiar o código de um site, sua funcionalidade e seu LAYOUT é de um amadorismo e impunidade que só poderia ter vindo da China. Afinal, o que é chupar um site para a cultura tecnológica que faz o HiPhone?

Algo me diz que Steve Ballmer não deve estar nada feliz...

Fonte: Sankaku Complex e TechCrunch

relacionados


Comentários