Home » Games » Games para PC » Steam deixa de aceitar pagamentos em Bitcoin

Steam deixa de aceitar pagamentos em Bitcoin

Devido a flutuação atingida pelo Bitcoin nos últimos meses e as taxas altíssimas que eram cobradas por cada transação, a Valve anunciou ter decidido suspender os pagamentos feitos com a criptomoeda.

2 anos atrás

steam

Enquanto aqueles que investiram em Bitcoins no passado seguem rindo de orelha a orelha com a continua valorização da criptomoeda, ontem a Valve decidiu seguir pelo caminho contrário e anunciou ter deixado de aceitá-la como forma de pagamento.

De acordo com um comunicado emitido pela empresa, a alta instabilidade da moeda fez com que a tarifa de processamento dos pagamentos subisse muito. Assim, se quando eles começaram a aceitar Bitcoins (em 2016, através de uma parceria com a Bitpay) o usuário precisava pagar uma taxa de cerca de R$ 0,65 por cada compra, hoje ela não sai por menos de R$ 65. Isso faz com que o preço pago pelos jogos se torne alto demais e se o valor da moeda cair abruptamente, a situação ficará ainda pior.

Historicamente, o valor do Bitcoin sempre foi instável, mas ele nunca chegou a este alto ponto de instabilidade como foi visto nos últimos meses, perdendo em torno de 25% do seu valor em apenas alguns dias,” explicou a Valve. ”Isto criou um problema para nossos usuários que tentavam utilizar Bitcoins para comprar seus jogos. Ao finalizar sua compra no Steam, nossos usuários devem transferir o valor correspondente em Bitcoins ao valor do jogo e também o valor da tarifa de processamento cobrada pela rede Bitcoin. O valor do Bitcoin é garantido por um período de tempo determinado, portanto, se a compra não for completada durante este tempo, o valor de Bitcoins necessários para efetuar a compra pode mudar. O atual aumento na flutuação do valor da moeda chegou ao ponto de existir mudanças bastante significativas no valor total da compra.

Para piorar, a maneira encontrada pela Valve para contornar esta flutuação foi reembolsando o usuário ou solicitando fundos adicionais para cobrir a diferença no valor da criptomoeda. No entanto, em ambos os casos o usuário teria que pagar a tarifa de processamento, consecutivamente fazendo com que os consumidores só tivessem a perder. Ou seja, a tarifa de processamento praticado pela rede Bitcoin atingiu valores tão altos que tornou inviável oferecer tais reembolsos ou pagamentos adicionais.

Sendo assim, a empresa chegou a conclusão de que o melhor no momento era suspender esta forma de pagamento, mas eles afirmam que pode ser que um dia o Bitcoin volte a ser utilizado pela companhia.

Confesso não saber a quantidade de transações em Bitcoin que aconteciam no Steam, mas se a coisa realmente funcionava da maneira como a Valve descreve, não tenho dúvidas de que este método de pagamento se tornou inviável. Mas e você, alguma vez comprou algum jogo por lá usando suas moedinhas virtuais?

relacionados


Comentários