Home » Hardware e periféricos » Nokia 8 marca a volta da fabricante ao mercado de smartphones premium

Nokia 8 marca a volta da fabricante ao mercado de smartphones premium

Agora sim: a Nokia volta ao mercado dos smartphones de ponta com o Nokia 8, um dispositivo com características bem interessantes; aparelho tem boas chances de chegar ao Brasil.

2 anos atrás

nokia-8-001

A boa e velha Nokia (ou o que sobrou dela) está de volta. Depois de investir de forma tímida no mercado de smartphones intermediários (aproveitando inclusive para trazer o poderoso Nokia 3310 de volta do Valhalla) a finlandesa HMD Global Oy entra com os dois pés na categoria premium com o Nokia 8, que já havia vazado de tudo quanto é jeito mas agora foi anunciado oficialmente.

O design do Nokia 8 é muito similar do de seus irmãos mais modestos Nokia 6, 5 e 3. A HMD preferiu não abraçar a moda dos dispositivos sem bordas e ainda apresenta um smartphone Android com botões de navegação capacitivos e o Home físico (com leitor de impressões digitais), mas com um corpo de alumínio com acabamento espelhado e traseira levemente curva, o que lhe confere um aspecto bem elegante.

O display é um IPS LCD de 5,3 polegadas com resolução Quad HD (554 ppi) e proteção Gorilla Glass 5 da Corning, conferindo qualidade e resistência. E diferente de algumas fabricantes a Nokia manteve o conector P2 para fone de ouvido, algo que muito agradecem.

nokia-8-002

Por dentro o Nokia 8 é um smartphone de primeira linha: o SoC é o poderoso Snapdragon 835 da Qualcomm, um octa-core Kryo fabricado no processo de litografia de 10 nanômetros com quatro núcleos de 2,45 GHz, quatro de 1,9 GHz e GPU Adreno 540 (o mesmo chip das versões norte-americanas do Galaxy S8/S8+ e do futuro Note8), 4 ou 6 GB de RAM, 64 ou 128 GB de armazenamento interno (expansível via Micro-SD até 256 GB), sistema de som com certificação Dolby Atmos, Dual-SIM (bandeja híbrida infelizmente), Bluetooth 5.0, BLE, NFC, A-GPS, GLONASS, BDS, bateria não-removível de 3.090 mAh, conector USB-Type C 3.1 e Android 7.1.1 Nougat.

A pisada de bola fica por conta da certificação apenas IP54, que confere ao Nokia 8 proteção considerável contra poeira mas não total e resistência apenas a esguichos leves de água; logo cuidado ao manuseá-lo na chuva.

nokia-8-003

Há no entanto decisões de design interessantes. Primeiro, a parceria de longa data com a Zeiss confere ao dispositivo um conjunto principal duplo de 13 megapixels com as lentes da famosa companhia alemã e abertura f/2,0; sendo um sensor monocromático e outro colorido (ambos com pixels de 1,12 µm) para uma melhor captura de cores na hora de tirar fotos.

O conjunto conta com autofoco laser e detecção de fase, estabilizador óptimo de imagem, HDR, Flash LED Dual-Tone e capacidade de filmar em 4K a 30 fps; a câmera selfie também possui 13 MP e igualmente pode filmar em 2160p.

Segundo, o sistema de microfones do Nokia 8 utiliza a tecnologia OZO Audio presente em sua poderosa câmera Nokia OZO, o que permite segundo a HMD a captura de áudio em 360 graus. A companhia está promovendo o recurso através de uma campanha chamada #Bothie, que é a criação de vídeos utilizando ambas as câmeras ao mesmo tempo (similar ao que a LG propôs com o G6, aproveitando do formato 18:9 da tela que permitia dois frames quadrados mais esteticamente aceitáveis) e usá-lo em transmissões ao vivo para plataformas como YouTube, Facebook, Instagram e outros.


Nokia Mobile — Introducing the Nokia 8

Vamos ao que interessa: a HMD vai lançar a versão com 4 GB de RAM e 64 GB es espaço interno já em setembro na Europa, pelo preço sugerido de € 599. A informação oficial é de que os Estados Unidos não receberão o dispositivo mas a fabricante pretende trazê-lo para a América do Sul, então talvez o Brasil seja agraciado com o Nokia 8. Vamos torcer.

relacionados


Comentários