Home » Hardware e periféricos » Samsung quer reduzir diferença de preços entre SSDs e HDs até 2020

Samsung quer reduzir diferença de preços entre SSDs e HDs até 2020

Você em breve irá aderir ao SSD: a Samsung pretende equiparar preços de discos de 512 GB ao de um HD de 1 TB até 2020.

3 anos atrás

ssd-samsung-001

Nós aqui do MeioBit não cansamos de repetir: migrar do HD para o SSD é uma experiência religiosa, mas esta traz satisfação e benefícios imediatos. Nada, NADA supera a sensação de você instalar um SO do zero e ver a CPU bootar em menos de cinco segundos. Quando migrei meu antigo notebook para um HyperX de 120 GB da Kingston tive a certeza de que nunca mais usaria um Winchester como disco para sistema.

Tanto que aquele meu notebook fritou, mas o SSD hoje reside feliz em um Mac Mini Server Late 2012.

O grande problema ainda são os preços. Embora os valores estejam caindo ainda não dá para nos livrarmos dos discos rígidos (claro, porque o SSD é feito de gelatina) por completo, principalmente quando o assunto é backup. Hoje você pode adquirir um SSD de 120 GB por R$ 164,00 (preços de lojas no RJ), o que dá R$ 1,37 por GB. 240 GB? R$ 260,00, ou R$ 1,08 GB. Embora valha muito a pena gastar uns cobres em um disco de estado sólido, quando o assunto é armazenamento não dá para comparar com um HD de 1 TB por R$ 184,00, ou impressionantes R$ 0,184/GB.

Mesmo eu mantenho um Barracuda 2 TB de 3,5″; sabiamente comprado antes da enchente na Tailândia em 2011 por módicos R$ 220 na Santa Ifigênia. Tell me about perfect timing, já que imediatamente após o aguaceiro os valores dos discos dispararam, e levou MUITO tempo até voltarem a preços mais civilizados.

A Samsung sabe que os preços dos SSDs hoje são maiores do que o ideal em todo o mundo, e por mais que façamos e aconteçamos não dá para confiar na tecnologia de discos rígidos para sempre, já estamos forçando todos os limites.

samsung-hd-ssd-prices-2020

A gigante sul-coreana é a empresa que mais está fazendo por onde a fim de derrubar os preços dos SSDs em geral, nem que para isso ela precise queimar seus próprios produtos (aqui e aqui, com um mês de espaço entre lançamentos). De 2012 para cá a empresa consegui derrubar o valor do GB de US$ 1,17 para US$ 0,36 em média, mas ela deseja ir além.

A meta é equiparar o preço de um SSD de 512 GB ao de um HD de 1 TB até 2020, e derrubar o valor dos de 256 GB e abaixo disso ainda mais. E vale lembrar que a tecnologia V-NAND da Samsung, que permite atochar mais espaço de armazenamento em um mesmo espaço já nos trouxe produtos muito interessantes.

O objetivo é obviamente arrebentar de vender: a Samsung espera enviar para as lojas em 2018 cerca de 23 milhões de unidades, o que representaria um aumento de 236% nas vendas nos próximos dois anos. As vantagens do SSD são inúmeras: maior capacidade, mais velocidade, menor consumo de energia e mais silenciosos.

Caso a Samsung consiga de fato essa proeza todos nós sairemos ganhando. Os concorrentes serão obrigados a correr atrás e equilibrar os preços. E monstrengos voltados ao mercado corporativo ficarão cada vez mais acessíveis. Embora o HD não vá sumir de imediato, ele se tornará uma opção cada vez menos atraente.

Fonte: Overclock3D.

relacionados


Comentários