Home » Fotografia » Que tal armazenar todas suas fotos em uma mídia quase eterna?

Que tal armazenar todas suas fotos em uma mídia quase eterna?

Esse pequeno disco de cristal promete armazenar todas as suas fotos por um tempo ilimitado.

4 anos atrás

criatal_memória_2

Sim, o fantasma do armazenamento e do backup rondam todos que trabalham com um grande fluxo de dados. Fotógrafos profissionais vivem com isso constantemente. Com o crescimento da resolução das câmeras e o grande tamanho do arquivo RAW estamos falando de vários gigabytes por mês (no meu caso em torno de 60 GB por semana). Já vimos que alguns HDs não são confiáveis e, mesmo os mais resistentes, possuem uma vida útil limitada. Muitos me falaram que a solução é o armazenamento na nuvem, mas moro no interiorzão de São Paulo e minha conexão de internet é de apenas 2 MB (imaginem quanto tempo vai demorar o backup de todo esse volume de informação). Por isso, por enquanto, armazenar na mídia física é  mais rápido e prático.

Porém, a mídia física não é confiável, sabemos disso. Mas, isso pode estar mudando. Pesquisadores da University of Southampton garantem que fizeram uma descoberta impressionante. Segundo o anúncio oficial, eles descobriram como gravar em um pequeno pedaço de vidro a quantidade de 360 TB de informações e que essa mídia possui vida útil de até 13,8 bilhões de anos quando armazenado em temperatura ambiente. Isso é possível utilizando um vidro nanoestruturado com processo de gravação em 5 dimensões (5-D) e escrito com laser femtossegundo. A tecnologia se chama 5D pelo fato dos dados serem escritos em 3 camadas, mas o tamanho e a orientação dos dados também é importante.

criatal_memória

A primeira experiência com a nova mídia foi em 2013 quando 300 kB de informação foram gravados com sucesso. Agora, nas últimas produções foram armazenados a Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH), Opticks de Newton, a Magna Carta (americana) e a Bíblia do Rei James. Se a tecnologia entregar o que promete então estes documentos vão sobreviver muito além da existência da raça humana.

Agora vem o ponto mais nerd da história. Os pesquisadores batizaram o produto (temporariamente) de Superman memory crystal, uma homenagem clara aos cristais kryptonianos mostrados nos filmes do Superman. O funcionamento das placas de vidro vão ser demonstrados hoje no SPIE — The International Society for Optical Engineering Conference que acontece em São Francisco. O próximo passo agora é encontrar parceiros na indústria que queiram investir na produção comercial da mídia.

criatal_memória_3

O uso prático disso? Praticamente ilimitado. Todos os acervos de museus, bibliotecas, fotografias, obras de arte podem ser guardados em uma mídia praticamente eterna. O legado da humanidade sobrevivendo a sua própria extinção.

Fonte: University of Southampton.

relacionados


Comentários