Home » Internet » Mais do que óbvio: o “Tinder da pancadaria” não existe

Mais do que óbvio: o “Tinder da pancadaria” não existe

Bem-feito: Rumblr, o app que supostamente funcionaria como o Tinder para reunir pessoas querendo trocar sopapos é falso, e enganou vários veículos de mídia

4 anos atrás

street-fighter-v

Luta de rua? Só nos videogames, por favor

Existe uma máxima na vida que diz “na dúvida, desconfie”. Veículos de imprensa, dos tradicionais aos online precisam de desconfiômetro na hora de avaliar certas notas, e mesmo assim acontece de pegadinhas bem elaboradas acabarem por tapear muita gente, dos mais incautos aos mais experientes.

Não foi o caso dessa vez: o Rumblr, suposto app que funcionaria como um Tinder para porradeiros tinha todos os indícios de ser falso, mas ainda assim muita gente caiu.

Na semana passada diversos veículos, tais como The Inquisitr, Daily News, The Independent, CBS, The Daily MailViceMetroThe Daily MirrorDigital SpyComplex, The Daily Star e outros publicaram notícias sobre o Rumblr, um curioso app que prometia funcionar como o Tinder mas para uma função bem específica: unir duas pessoas para cair na porrada. O serviço permitiria criar um perfil e analisar o de outras pessoas, e caso houvesse um “match” bastaria combinar um local para a luta.

rumblr

Estranho? Muito. A equipe responsável pelo Rumblr jurava de pés juntos que o aplicativo era sério, e prometeu que o lançaria nesta segunda-feira para smartphones. Vários sites caíram na conversa, e supreendentemente o Gizmodo (aquele site que acha que um dirigível é algo viável) discutiu que algo estava muito errado, apontando alguns probleminhas. Só o argumento de ilegalidade já é forte o suficiente.

Pois bem, confirmando o que alguns já suspeitavam o tal app não existe. O site utilizado para promover o Rumblr era meramente um viral, criado pelo desenvolvedor Jack Kim e o executivo de marketing Matt Henderson como forma de divulgar o lançamento de sua própria agência de criação e consultoria.


VideosJoseK — 13 pessoas enganadas!

Segundo contatos próximos aos responsáveis pelo Rumblr, ambos estão contentes por terem enrolado meio mundo com algo que não passaria pelo crivo de ninguém sério com cinco minutos de pesquisa. Vamos lá, um app que promove lutas ilegais entre desconhecidos? Além de ser algo completamente ilegal não havia a menor chance da Apple aprovar tal aplicativo no iOS, como os screenshots sugeriam.

O melhor é ver que a tal agência já nasceu com o filme queimado, não vai ser todo mundo que irá contratá-los após essa pegadinha. Quanto aos canais de mídia enrolados, só lamento. Que não passem vergonha da próxima vez.

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários