Home » Games » Indústria » Hideo Kojima pode enfim ter deixado a Konami

Hideo Kojima pode enfim ter deixado a Konami

Artigo publicado em jornal diz que Hideo Kojima deixou a Konami no dia 9 de outubro, mas empresa afirma que o game designer continua listado como seu funcionário.

4 anos atrás

hideo-kojima

Há alguns meses a indústria dos games foi sacudida com a especulação de que Hideo Kojima deixaria a Konami após o lançamento daquele que muitos consideram sua obra-prima, o Metal Gear Solid V: The Phantom Pain. A história envolvendo o game designer e a editora parecia tão incrível que algumas pessoas começaram a levantar a hipótese de que tudo não passava de uma jogada de marketing, mas pelo jeito a explicação para a rumor será mesmo a dura e sem graça realidade.

Conforme apurou um jornalista do The New Yorker, uma fonte anônima revelou que o último dia de Kojima na empresa foi em 9 de outubro, data em que inclusive aconteceu uma festa de despedida e o relato é de que apesar do encontro ter sido muito divertido, houve vários momentos bastante emocionantes e apesar de diversos funcionários de outros estúdio terem participado, o presidente da Konami, Hideki Hayakawa, não compareceu ao evento.

Ainda de acordo com a pessoa que falou com o jornal, Hideo Kojima teria uma cláusula em seu contrato que o impediria de começar a trabalhar em qualquer outro lugar até dezembro, o que pode ser a explicação para um anúncio oficial não ter sido feito.

Porém, ao ser procurado pelo site Tokyo Sports para comentar o rumor, um representante da Konami fez o que eles sabem fazer de melhor, que é negar a informação mas escolhendo sabiamente as palavras para deixar a dúvida no ar. Segundo ele, o game designer continua listado como funcionário da empresa e empenhado a terminar o desenvolvimento do MGS V. A pessoa então afirmou que no momento Kojima saiu de férias, algo normal após o desenvolvimento de um jogo tão grande e que não sabe do que se tratou a festa relatada pelo jornal.

No fundo tudo isso pode ser apenas uma cortina de fumaça para não prejudicar as vendas do título recém-lançado, com a suposta viagem de férias sendo a saída para ambas as partes ganharem tempo até o término do contrato, quando então a separação poderia ser oficializada.

De qualquer forma, o que muitos ainda devem estar se perguntando é: Kojima-san preferirá fundar seu próprio estúdio ou passará a responder à outra grande empresa?

relacionados


Comentários