Home » Filmes e séries » Marvel e Fox estão fazendo as pazes?

Marvel e Fox estão fazendo as pazes?

Acordo entre Marvel e Fox vai resultar em séries de TV baseadas no universo dos X-Men, em troca os direitos sobre o Quarteto Fantástico voltariam para casa

4 anos atrás

hellfire-club

Clube do Inferno, em breve na sua TV

A Marvel se arrepende até hoje de ter negociado suas franquias no fim dos anos 1990, isso é fato. À beira da falência na época, não restava muito o que fazer para amenizar a crise em que o mercado editorial de quadrinhos se enfiou na época. A DC não era imune também, mas ela tinha um belo lastro por ter sido comprada pela Warner muito tempo antes.

A Marvel só foi parar nas mãos da Disney em 2009, e desde então sua dona tenta readquirir os direitos espalhados por aí. Alguns voltaram por falta de interesse, como o Demolidor, Justiceiro e Motoqueiro Fantasma; já outros se mostraram muito lucrativos a quem os controla hoje, como a Sony com o Homem-Aranha. Aí entrou um acordo de cavalheiros, em que os japoneses ainda continuarão lucrando com a personagem mas a produção daqui em diante ficará a cargo da Marvel Studios, sendo ele incluído no MCU.

Já a Fox não quer muita conversa. De posse dos X-Men e tudo relativo aos mutantes, além do Quarteto Fantástico (que só rendeu bomba atrás de bomba até o momento), até então o estúdio deixou claro que não pretendia negociar os direitos e nem ceder os personagens. Só que pelo visto as coisas estão começando a mudar.

O negócio é o seguinte: os direitos que a Fox detém junto aos personagens da Marvel cobrem apenas cinema, e os executivos querem porque querem produzir material para a TV. Só que quem manda nesse aspecto é a Marvel, e como nenhum dos lados queria ceder ficamos com esse cabo de guerra que parecia eterno. A coisa estava tão feia que o plano da Marvel para os quadrinhos de agora em diante, após o fim da saga Guerras Secretas era não só diminuir o foco nos mutantes e priorizar os Inumanos, como foi decidido que o Quarteto não existe mais: o Tocha foi para os Vingadores e atua junto com os Inumanos, o Coisa entrou para time dos Guardiões da Galáxia. Reed e Sue Richards? Sumiram.

fantastic-four

Quarteto no MCU? Seria excelente

Só que a Marvel foi esperta. A Fox, embora tenha insistido que vai produzir mais filmes sobre o Quarteto percebeu que não sabe o que fazer com a franquia, portanto os donos da bola teriam apresentado a seguinte oferta: “vamos ceder os direitos para vocês produzirem séries para a TV em parceria conosco utilizando a franquia X-Men, e em troca os direitos do Quarteto voltam para casa”. E aparentemente a Fox aceitou. O primeiro filme já estaria com data certa para estrear em 2020, junto com outros dois que ninguém sabe o que são.

O que vem a seguir: a parceria da Marvel com a Fox vai render a princípio duas séries: Hellfire (título provisório) será exibida no canal Fox, vai se passar nos anos 1960 e contará a história de um agente que se envolve com uma mulher com poderes, descobrindo que ela trabalha para uma organização supersecreta: o Clube do Inferno. E sim, a mulher em questão é Emma Frost.

january-jones-emma-frost

January Jones como Emma Frost, para quem esqueceu

Aparentemente a série vai abordar eventos ocorridos antes, durante e depois do filme X-Men: Primeira Classe, pois já vimos alguns dos membros do clube no filme, como a própria Frost e seu líder Sebastian Shaw (interpretado por Kevin Bacon), substituído depois por Magneto. O diretor dos filmes dos X-Men Bryan Singer e o cabeça da Marvel para a TV Jeph Loeb serão produtores executivos da série.

legion

Se Legion for tão boa quanto a série recente publicada em X-Men: Legacy, ela promete

Legion, que vai ser exibida no canal FX será sobre David Haller, um jovem disgnosticado com problemas mentais mas que descobre que as vozes que ouve em sua mente podem ser mais do que simples loucura. Nos quadrinhos Haller, o mutante psíquico Legião é filho do Professor Xavier, e não fosse por sua instabilidade (ele é esquizofrênico e sofre de TDI, com cada personalidade — algumas que ele criou, outras de mentes que ele absorveu acidentalmente durante sua vida — controlando um poder diferente) seria fácil um dos mais poderosos telepatas do planeta, superando até mesmo o próprio pai. O criador da série Fargo Noah Hawley vai produzir e escrever o roteiro.

E o que isso significa? Não só que a Marvel poderá finalmente mostrar como se faz um filme da primeira família da editora decente como a possibilidade de os mutantes aparecerem no MCU aumenta, ainda que a Fox continua não abrindo mão de produzir suas obras. Pode ser que venham coisas boas por aí.

Fontes: Variety e Den of Geek.

relacionados


Comentários