Home » Indústria » Seriam os chips x86 da NVIDIA verdadeiros?

Seriam os chips x86 da NVIDIA verdadeiros?

11 anos atrás

A indústria de tecnologia, especificamente a de semicondutores e informática, vive de rumores. Rumores e esperanças. Sempre há um sistema operacional melhor, mais bonito e mais rápido... um chip revolucionário... baterias inovadoras...

De tempos em tempos, um desses rumores (um em um milhão) se torna realidade e todos os analistas gritam a plenos pulmões: "Eu te disse! Mas eu te disse!". Aconteceu quando a Apple divulgou que iria equipar os Macs com chips Lentium, digo, Pentium. Um rumor de... cinco anos?

A bola da vez parecem ser os chips x86 da Nvidia. Há alguns anos, por volta de 2005, o time de desenvolvimento dos Xeon resolveu abandonar a Intel e criar sua própria empresa: a Stexar. No ano seguinte, as coisas não iam muito bem e eles acabaram sendo "incorporados" pela Nvidia. Desde então, a cada trimeste se fala que a empresa vai lançar um processador compatível com as instruções x86.cyrix6x86polydiesmall

Infelizmente, o mundo não é mais o mesmo de 1974, quando um engenheiro conseguia sair da Intel, fundar sua própria empresa e fabricar um processador que, além de superior ao da antiga empregadora, ainda era compatível com o seu "set" de instruções. Para se fazer algo parecido, hoje em dia, são necessárias quatro coisas: bons engenheiros, dinheiro, tempo e uma licença. As três primeiras a NVIDIA tem...

Além da Intel e da AMD, a IBM e a National (segundo o Inquirer) têm licenças de fabricação de chips compatíveis com a arquitetura x86. A VIA, ao que tudo indica, tem apenas a licença do barramento (assim como a NVIDIA) e um acordo com a Intel que garante a fabricação dos C7 e Nano (mas este é um dado difícil de se obter e/ou confirmar).

De qualquer forma, a NVIDIA estaria disposta a incitar hordas de advogados sedentos de sangue (e dinheiro) para entrar no mercado de processadores? Seria algo interessante de ver... há tantas possibilidades, que a mais provável é de que a coisa seja mesmo só um boato (mas eu mesmo queimei a língua com os Lentiums da Apple).

Por exemplo: projetar o chip e produzir nas fábricas da IBM, como a Cyrix fazia. Aliás, talvez a NVIDIA esteja pensando na batalha judicial Cyrix/Intel, quando a primeira foi processada por violar as patentes dos chips 80486 e... ganhou (ou melhor, chegou a um acordo fora dos tribunais, o que foi praticamente a mesma coisa).

Também é possível que o tão especulado chip tenha um núcleo "capado", como alguns fabricantes chineses fazem com os MIPS. Explico: algumas partes, algumas instruções, não são cobertas por patentes. Na China, costuma-se implementar apenas estas instruções, deixando os chips "semi"-compatíveis... é estranho, mas se você pensar apenas em termos de GNU/Linux®... pode até ser viável (na China, é).

Outra possibilidade é a NVIDIA "chutar o pau da barraca", "botar fogo no circo", "mandar uma banana" para a Intel e, simplesmente, fabricar o tal chip. Sem licenças. Suicídio a longo prazo... mas é uma possibilidade.

Enfim, o rumor reapareceu. Faças suas apostas.

relacionados


Comentários