Home » Games » Acessórios » Depois do Windows 95, que tal o PSOne no seu pulso?

Depois do Windows 95, que tal o PSOne no seu pulso?

Desenvovedor de 19 anos consegue adaptar emulador do PSOne e roda game diretamente em um LG G Watch, a despeito da tela minúscula

5 anos atrás

lg-g-watch-psone

O que uma mente entediada, um pouco de espírito hacker e alguns smartwatches sobrando são capazes de realizar? Muita coisa, eu diria. Recentemente vimos Corbin Davenpor, um jovem de dezesseis anos que conseguiu atochar o Windows 95 num Samsung Gear Live, sendo que ele conseguiu rodar Minecraft, Doom, um emulador do Game Boy Color e até mesmo o primeiro Fallout no smartwatch. Confira seus vídeos.

Um outro desenvolvedor jovem, dessa vez um austríaco de dezenove anos chamado Stefan Kern (mais conhecido como EpicLPer) também anda fazendo das suas com reloginhos espertos. A última dele: conseguir rodar um emulador do primeiro PlayStation na diminuta tala.

Basicamente é o mesmo caso de rodar o Windows 95 no pulso: o hardware do LG G Watch supera em muito o do primeiro console da Sony: enquanto o videogame contava com um processador RISC de 33,9 MHz, 2 MB de RAM 1 MB de vídeo (e só com isso foi capaz de entregar games incríveis nos anos 90), o smartwatch possui SoC Snapdragon 400 single-core com clock de 1,2 GHz e GPU Adreno 305 rodando a 450 MHz, 512 MB de RAM e de bônus, 4 GB de espaço interno.

Kern conseguiu adaptar o emulador ePSXe, um dos mais populares do PSOne para rodar sobre o Android Wear sem problemas, já que o clock do reloginho está a anos-luz do console. Resolvidas as pendengas de software, o LG G Watch executa o game com perfeição, embora o problema maior seja o tamanho reduzido da tela, o que torna o ato de jogar via touch uma tarefa quase impossível.

Mai uma vez é um caso de que o ato de jogar títulos do PSOne num smartwatch não é nada mais do que uma curiosidade, não passa de um teste apenas para ver se dava para fazer. Ainda assim é muito legal ver o quanto a tecnologia avançou: em 20 anos um dos consoles mais vendidos da história pode ser "apreciado" - com muitas aspas - diretamente no seu pulso, desde que você tenha paciência para clicar em botões touch minúsculos.

Fonte: PG.

relacionados


Comentários